domingo, 25 de junho de 2017

A desgraça de Fábio Assunção!

Repercutiu muito as cenas gravadas por populares quando da prisão do ator Fábio Assunção, em Pernambuco, no último fim de semana, onde o artista fora divulgar um documentário. Visivelmente fora de si, o ator foi acusado de provocar tumulto numa festa e a Polícia foi chamada. A partir daí, todos nós vimos as cenas deprimentes protagonizadas não pelo ator, mas por pessoas que certamente já o aplaudiram. Parece que o ser humano tem uma "tara" enorme por ser espezinhado, humilhado, desprezado. Quando o cantor canadense Justino Bibiê cuspiu na cara das fãs no Rio, todas tiveram como que um orgasmo instantâneo, tal o êxtase em que ficaram! O Fábio Assunção certamente já provocou sensações assim nas fãs, não com desprezo e cusparadas, mas pela sua "bunitesa" e elegância mesmo. Mas, ao mesmo tempo que "estamos em êxtase" pelo sucesso daquela celebridade, nossa outra metade, a que normalmente é predominante no nosso caráter, está vigilante a qualquer deslize, qualquer "mole" pra cair de pau e jogarmos pra fora toda nossa inveja, todo nosso ressentimento tão bem disfarçado por vezes. Um cirurgião certa vez disse que "é mais fácil e saudável sorrir do que franzir a testa. Pra sorrir, você precisa contrair apenas quatro músculos do rosto. Pra franzir a testa você precisa contrair DEZESSEIS"! Então, por que rimos tão pouco e franzimos a testa tão muito? Por que atiramos pedras se somos uma carcaça de vidro? A "ordinariedade" do ser humano está em enxergar, ampliado, nos outros suas principais "qualidades"! Além de absolutamente hipócritas, somos covardes conosco mesmos! Quem nunca bebeu um pouco além da conta? Quem nunca se exaltou desnecessariamente? Quem nunca teve uma ressaca? E existem dois tipos de ressaca: a Física e a Moral. A ressaca física é questão de horas, no meu caso, dias, para curar. Esses efeitos terríveis, o mal estar interminável só você sente. Mas, e a ressaca Moral? Bem; essa você não precisa ter bebido nada nem fumado nada e nem cheirado nada! Ela acontece sempre que você comete uma imbecilidade da qual fica remoendo vergonha por um bom tempo, se não por toda vida. O Fábio Assunção certamente sentirá as duas ressacas. A atenuante, se é que podemos dizer assim, é que a sua ressaca Moral terá uma justificativa porque ele estava fora de sua normalidade. Mas, e a ressaca Moral que seus agressores lúcidos, outrora travestidos de ardorosos fãs, sentirão um dia? Será que esses mesmos vampiros não têm na família alguém que já tenha "representado" um papel igual? Ou até mesmo alguns dos que "tiveram orgasmos múltiplos" de mesquinharia e inveja, ao apontar a arma disfarçada de Smartphone para mostrar ao mundo as dores de uma pessoa que, por força de uma doença, caiu em ridículo? A menos que alguém queira dizer que vício  não é doença, aí precisamos voltar à alfabetização. Fica um alerta: se você vir alguém cair em desgraça, podendo, ajude-o em vez de se sentir "de alma lavada" como se diz por aí. Afinal, hoje a desgraça foi do outro. Mas, e amanha?

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Quando começamos a perder a vergonha?

Agora, 2:46 hs da madruga, noite de São João, entre ficar deitado, acordado e ouvindo "breganejo" e levantar para escrever sobre nossa situação de País moralmente falido, preferi tomar um cafezinho, como estão lendo. Pois bem: a minissérie "Os Dias Eram Assim", mostrou, até agora, os abusos cometidos supostamente pelo Regime Militar. Quando digo "supostamente", é porque, até agora, todas as perseguições sofridas pelos personagens foram perpetradas por um empresário inescrupuloso e um Delegado de Polícia idem. Não vi ainda e confesso que não assisto a todos os capítulos, uma ordem direta do Alto Comando Militar. Para tentar entender melhor a situação, gostaria de traçar um paralelo entre Ditadura e Regime Militar. O Brasil, que estava começando a descambar pro lado do Comunismo, após a morte de Getúlio, foi freado pelos Militares que em boa hora não permitiram e assumiram o comando da nau desgovernada. É exatamente o que a minissérie mostra, pelo menos até agora: queriam os "milicos", como eram tratados os Generais, reprimir, sufocar ou obrigar a saída do País de comunistas de araque, apesar dos Renatos e Alices que se encontraram àquela época. Os Militares assumiram o Brasil justamente porque anteviam as intenções dos Comunistas, hoje nossos a governantes. Era esse lixo que os Militares queriam combater mas que os "intelectuais de um real", alinhados com o pensamento de nada fazer e tudo ter, apoiavam e apoiam até hoje! É fantástico você, cantor com carreira sólida e faturamento altíssimo a cada show, pegar dinheiro do Governo, para "divulgar" a turnê e nada oferecer em troca! É ótimo você ter uma namorada e ela pegar 800 mil do Governo e você mais de 1 milhão e depois tomarem um avião em primeira classe para curtir um café nas chiques calçadas de Paris! Só que esse dinheiro não é do Governo! E MEU!! Governo não tem dinheiro! A Revista Veja mostrou uma lista dos 10 projetos mais bizarros financiados pelo Governo através da Lei Rouanet, que teve sua essência totalmente estuprada por essas ratazanas que os Militares queriam fora do País! Eu lhe pergunto, se você é pai ou mãe: você concorda que seu filho de 7 anos escolha se vai querer ser Homem ou Mulher e que sua escolha tenha força de Lei? Você concorda com aquele Deputado Federal que voltou a defender aquela aberração de que "criança não nasce macho ou fêmea"? E ainda criam Cartilha ensinando como a criança transar, sendo "menino com menino" ou "menina com menina"? Essas aberrações, finalmente, foram recolhidas pelo MEC! Essa questão de educação religiosa e orientação sexual tem de partir da Família! Esse é o núcleo certo para tais ensinamentos. À Escola cabe tão somente preparar intelectual e profissionalmente o futuro Cidadão! Se o jovem, com personalidade formada se sentir absolutamente "fora d'água" com seu gênero Masculino ou Feminino, aí sim a família e a sociedade tem de aceitar e respeitar. Mas foi uma escolha consciente e não imposta, como querem os degenerados que nos governam! Alguém que nasceu na década de 1950 lembra das músicas que rolavam durante o Regime Militar? E as novelas e filmes? Será que seu filho podia assistir televisão à tarde? As músicas, novelas e filmes passavam por censura prévia para analisar qual faixa etária poderia assisti-los, preservando os direitos morais da Família. Quanto à Tv às tardes, seus filhos podiam assistir sim, porque não haviam as cenas de sexo explícito que hoje enchem as 24 horas do nosso lar, se permitirmos. Sem contar os programas que ensinam "como ser rebelde e mau"! Existem os contrários ao Regime Militar. Claro! Sairão das suas zonas de conforto, terão de trabalhar e, se artistas forem, terão de produzir Arte em qualquer área. Ou será que cantar em plena praça e até dentro dos lares "Ela ama meu pau/Ela ama meu pau...", pérola de um grupo de pagode baiano que faz o maior sucesso(!!!), seria liberado? O que dizer dos tais MC's? Onde o Comunismo, na sua essência, deu certo? Na Rússia? Na Alemanha? Na China? Na Venezuela? Em Cuba? Na Coréia do Norte? Bem; a Rússia ainda é "Socialista" mas com as pernas escancaradas ao Capitalismo, como a China. A Alemanha derrubou até o muro pra não se lembrar da desgraça que viveu. Os esquerdopatas brasileiros acham que a Venezuela é a maior economia do mundo e o IDH do País faz inveja à Nova Zelândia, Suécia, Noruega, etc.! E também adora Cuba. Mas preferem passear em Paris, voar de Primeira Classe e levar à tira-colo um novíssimo e dourado
i-Phone. Não entendo! Por último, a Coréia do Norte é um exemplo de quão voltado para o povo o regime é: todos os canhões, tanques, fuzis, navios de guerra, lança mísseis, aviões e o Ser Supremo, Kim Jong-un! Tudo isso é literalmente voltado para o cidadão norte coreano. O americano devolvido em coma aos seus familiares foi preso e torturado durante anos apenas por ter retirado um cartaz do Partido de uma parede! Isso é que é regime, isso é que é País pra se morar! Portanto, perdemos a vergonha da cara quando começamos, lá atrás, praticando pequenos delitos achando que era "coisa de criança" e essas "brincadeiras" foram moldando nosso caráter. Perdemos a vergonha na cara quando, aos 18 anos recebemos "algum incentivo" para votar em alguém! Perdemos a vergonha na cara quando aceitamos que um Presidente tenha sua chapa salva porque um moleque de anel no dedo e toga nos ombros achou que era proibido punir "por excesso de provas"! Perdemos a vergonha na cara quando aceitamos que um Presidente receba um empresário "no escurinho do Jaburu", como disse a Veja, para tratar de roubalheira em seu benefício próprio. Perderemos de vez o resto, se ainda tiver algum, de vergonha na cara se nas próximas eleições reelegermos alguém que aí está. O Temer, com suas malas semanais de 500 mil, buscava para si e seus asseclas a bagatela de 650 milhões de reais durante os 25 anos que o "acordo de cavalheiros" iria viger! Quando falo "perdemos a vergonha..", refiro-me a nós, cidadãos comuns que levantamos bandeiras e até brigamos para elegermos nossos representantes. Mas no Brasil, os representantes do povo, após as eleições, assume o posto de Carrasco. E, como não temos mais vergonha na cara mesmo, aceitamos! 

Resultado de imagem para foto de lula no camburão
Esse cidadão foi "perseguido político"! Você já viu algum preso fumando na viatura? Ele era sim um canalha que entregava os colegas ao DOPS, à época dirigido por Romeu Tuma. Acendia uma vela para Deus e outra para o diabo. Sempre foi canalha. E conseguiu enganar ao Brasil quase que inteiro por muitos anos. Lixo como esse é que os Militares queriam descartar. Infelizmente não o fizeram. 

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Quem vencerá: a Cultura ou o Modismo?

Sempre que passeio por esse assunto me dá um frio na barriga. Estou vendo a todo instante a Cultura do povo Brasileiro sendo atropelada pelo rolo compressor do "modismo" travestido de Arte! Foi-se o tempo em que nossos grandes cantores e compositores eram disputados a tapas pelas gravadoras. Hoje, todos eles, com raríssimas exceções, têm de fazer produção independente se quiserem ver um disco seu nas ruas. E digo "nas ruas" porque em 99% (noventa e nove por cento) das rádios eles não vão se ouvir! Quando os grandes empresários japoneses compraram todos (acho) os grandes Estúdios de Hollywood e suas gravadoras, a coisa degringolou de vez: os desenhos animados produzidos hoje, são arremedos horríveis de personagens que tanto nos entretiveram: garotos com olhos descomunais, caras horríveis que, em vez de divertir a criançada, assusta! Quanto às gravadoras, sucumbiram ao poderio econômico da Sony Music. No Brasil é quem detêm o monopólio, juntamente com a Som Livre. Esta última, da Globo, se supera quando o quesito é "produzir lixo" em forma de música: reparem nas chamadas para essa galera do tal "sertanejo universitário", "arrocha" e "forró(??)", os efeitos de palco são iguais para todos. Mudam apenas as iniciais dos nomes de cada um! Alguém explicou que a Som Livre tem um produtor musical para quase todos esses "artistas"! Vejam um exemplo claro de como o "modismo" está asfixiando a Cultura: ontem no Fantástico, quem abriu o quadro dedicado às festas juninas foram a Alcione e o Wesley Safadão. Pois bem: a música escolhida foi "Só quero um xodó", da Anastácia e Dominguinhos. O "Safadão" começou a música NO TOM DELE e, no refrão, a Alcione, com todo o seu potencial e cabedal musical, fez-lhe uma brilhante segunda voz! Perfeito! Aí a banda faz um "floreio" e muda o tom para a voz da Marrom. Na hora do refrão, esperei o "Safadão" devolver a "segunda" à Alcione. Qual o quê! Limitou-se a tentar achar o tom e, no finalzinho, desceu uma oitava para terminarem, os dois, cantando! Entenderam agora a diferença entre Cultura e Modismo? O quê que esses Prefeitos nordestinos querem contratando "sertanejo universitário", "arrocha" e outras baboseiras mais, para os festejos de São João? Ontem, em Campina Grande, a principal atração no palco grande foi o...PABLO!! Não resisti e puto da vida, em frente à televisão, comecei a cantar numa forma de protesto: "Eu me lasquei-iiiiiiiiiiiiiii...Eu me arrombei-iiiiiiiiiiiiiiiiii"!! Puta que me pariu! Não dá pra aceitar. Não sou contra quem curte essa galera. O problema é que nos empurram goela abaixo essa rapaziada o ano todo! Por que no São João temos de ouvi-los? A Elba Ramalho, por falar verdades absolutas, está sendo sacaneada nas redes sociais. Agora, quem está rebatendo os argumentos da Elba e quem a está xingando? Os imbecis que não sabem a diferença de um "LÁ  para um lá"!! Aí, pra complicar, vem um prefeito oportunista e resolve "ouvir os anseios da população" e traz o "circo" para o povo. Mas esse mesmo cretino esquece que, trazendo o "circo" o povo vai continuar sendo platéia e ele o grande "palhaço", com mil desculpas a esses gênios e heróis que sabem, verdadeiramente, fazer Cultura e Arte com seus talentos de Verdadeiros Palhaços, com "P" maiúsculo, deferência que não posso dar a mequetrefes e aproveitadores de palanques eleitoreiros! 
Uma pergunta: na tradicional Festa do Peão de Barretos – São Paulo, você já viu algum forrozeiro tocando? Nem eu!!

Quem apeará o Temer(oso) do Poder?

O cara já provou que tem o "santo forte"! Ou, se seu santo não for forte, a quadrilha que gravita no seu entorno, é! E bote forte nisso! A despeito da enxurrada de provas, a despeito dos anseios de todo povo brasileiro, e, pasmem, até os petistas queriam a cassação do Temer, até porque sua (do PT) "ídala" e "Presidanta" já havia se dado mal. Não! Para os "moleques de anéis no dedo e de Toga nos ombros", isso não é motivo para cassar ninguém! Ademais, quando um já foi penalizado tão recentemente, devem ter pensado os quatro "corvos" do TSE. Ora, se tão recentemente um presidente foi destituído do cargo por crimes comprovadamente cometidos, seu sucessor, por crimes maiores e piores, comprovados, não poderia também ser expulso do Planalto Central e da vida política brasileira? Não dá pra entender essa lógica do Gilmar Mendes quando disse mais ou menos que "não se pode cassar um presidente todos os dias porque o País se arruinaria..."! E como ficou o Brasil após a vergonhosa e desastrosa sessão do TSE na última sexta-feira? Tornamo-nos uma Holanda? Tornamo-nos, com o seu voto de Minerva, uma Suécia? Não! Fomos empurrados de forma absoluta para a fossa de dejetos! O Ministro Herman Benjamin advertia que "não teremos outra chance igual a esta" de salvar o Brasil e fazer com que as Instituições recobrem sua credibilidade. E, infelizmente, venceu o conluio espúrio que existe entre membros dos Três Poderes! Todos já sabemos que as tais malas de R$500 mil semanais eram para garantir a "aposentadoria" do Presidente e do seu assecla. Pois bem: ontem, no Fantástico, divulgaram que o esquema duraria exatos 25 anos! O Rocha Loures, certamente desfrutaria de boa parte dessa "aposentadoria", visto que é bem mais novo do que seu chefe. Já o insaciável "chupa-dólares", certamente queria garantir vida mansa para sua (bela) esposa e seu "nobre" herdeiro! Aí, veio-me a ideia de fazer uns cálculos preliminares. Vejamos como fica e quanto nos custaria apenas essa ação desses dois bandidos:

1 ano tem 52 semanas. Logo, 52 x 25 = 1.300 semanas.
Aí temos: 1.300 x 500.000 = 650.000.000,00!!
SEISCENTOS E CINQUENTA MILHÕES DE REAIS para apenas dois canalhas dessa republiqueta de bananas! 
Uma pergunta: se apenas uma empresa pagaria R$500 mil semanais por 25 anos, qual seria o lucro dessa empresa com a intervenção desses canalhas em favor dessa? Não sou contra auferir lucros pequenos, médios ou grandes. Agora, de que forma esses lucros foram produzidos é o que interessa! Alguém já disse certa vez que "Por trás de grandes fortunas tem sempre um grande crime"! Alguma dúvida? Vejam as fortunas da família Odebrecht, Léo Pinheiro, da OAS, o fazendeiro Bumlai, etc. etc. Ah! Ia-me esquecendo do "mago" dos negócios: O Lulinha!! Depois disso, só mesmo desejando a você um boa noite e uma boa semana!

sábado, 10 de junho de 2017

Brasil: um verdadeiro "Ménage àTrois"!!

É...! Tá difícil!! Esperei passar o "calor dos acontecimentos" pra digerir ou tentar digerir melhor o que aconteceu ontem no TSE. Lembram que há tempos atrás, aqui mesmo no blog, eu coloquei em dúvida a lisura do Gilmar Mendes em relação à cassação da chapa Dilma/Temer? É fatal: quando você vir um cara que julgará aquele outro cara, aceitando convites para passeio internacional, coloque suas barbas de molho. O que mais me impressionou ontem na hora do seu voto de minerva, é que foi o próprio Gilmar Mendes na era Lula/Dilma bradou aos quatro cantos que o Brasil estava "vivendo uma verdadeira CLEPTOCRACIA..."! Aí eu pensei: esse é o cara que, como presidente do TSE, vai "passar o Brasil a limpo"! Não foi isso que ele fez ontem. O Relator do processo de cassação da chapa Dilma/Temer, Ministro Herman Benjamin, chamava a atenção no seu voto para a chance única que aquela Corte estava tendo de se firmar como verdadeiro esteio da Justiça Eleitoral. Ele falou que o "Brasil jamais terá outra oportunidade como essa..."! E ele estava certíssimo: nunca mais o País será passado a limpo porque venceram os vendilhões da Pátria, os ladrões e corruptos. Como venceram os cafetões e capitães do mato travestidos de Ministros de alguma Corte, como o Gilmar Mendes. É o que eu falo sempre: não pode haver independência entre os Poderes, se o chefe de um destes é quem nomeia a alta cúpula de outro! Será que alguém esperava que os dois ministros do TSE, indicados por Temer, fossem votar contra seu "Senhor"? Será que alguém esperava que o Gilmar Mendes fosse votar cotra seu "amigo do peito"? Por não gostar do Lula e da Dilma, o Presidente do TSE vociferou várias vezes que o Brasil havia se tornado uma "cleptocracia", uma vez que os dois ex presidentes haviam chafurdado no lamaçal da corrupção. Muito bem: e o que fez o seu "amiguinho" senão confirmar sua famosa expressão de falsa indignação? Parece que ele aprendeu com o saudoso ACM que "para os amigos, tudo! Para os inimigos, os rigores da Lei"! Foi isso que aconteceu ontem no TSE. Depois do julgamento encerrado, fico a me perguntar se todo trabalho cansativo, perigoso e brilhante da Força Tarefa da Lava Jato não terá sido em vão! Sim, porque depois da esculhambação promovida por três "capangas" e um "capitão do mato" a serviço de um canalha palaciano, as investidas da Lava Jato no sentido de julgar prender os ladrões desse País vão, infelizmente, enfraquecer. Com a decisão de ontem, o Sr. Gilmar Mendes, em outras palavras, disse: "negada, pode fazer caixa 2, 3, 4..., pode sangrar qualquer Estatal, pode receber "ajuda" de qualquer grande empresa, pode fazer qualquer tipo de "suruba" que nós, Ministros das mais altas Cortes do País, estaremos sempre de prontidão para vos perdoar"! Essa promiscuidade, essa "suruba federal" que estamos vendo há algum tempo, deixa qualquer cidadão que tenha um pingo de respeito pela Ética e bons costumes, com a terrível sensação de impotência e de que não adianta lutar. Sempre fui contra vandalismos nas passeatas de reivindicações ou quaisquer outra manifestações. Mas, convenhamos, dá uma vontade louca de virar bandido e arrebentar com tudo e com todos que, sob a proteção de uma Toga imunda e da pompa de um plenário bem decorado de uma alta Corte, praticam o pior de todos os vandalismos: a expressa autorização para que governantes cometam toda espécia de crime porque a impunidade é certa! É triste. Para nosso azar fomos colonizados por portugueses. Bem poderíamos ter sido "achados" por franceses. Pelo menos, trocaríamos a feia palavra "suruba", tão praticada  pelos Três (ordinários) Poderes  diuturnamente, pela elegante expressão "Ménage à Trois"! Não seria bem mais chique?

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Leniência: Finjo que cobro e você finge que paga

O Brasil é realmente o País da impunidade. E essa "qualidade" leva pessoas físicas e jurídicas a praticarem toda sorte de sonegação e roubalheira fiscal. A lógica é: pelo castigo que porventura venha a ser aplicado, vale muito a pena correr o risco. O Ministério Público Federal e a J&S vêm há não sei quanto tempo costurando um acordo de leniência, que é uma espécie de "delação premiada" só que para Empresas. Pois bem: quantos bilhões de reais a JBS levou do BNDES a título de empréstimo? Aproximadamente R$10 bilhões! Quanto levou da Caixa Econômica Federal? Segundo o acordo de leniência, a empresa vai devolver R$500 milhões para esse banco. Pois bem: com a pessoa física, a "delação premiada", dependendo do que o indiciado tenha a revelar, faz a pena ser reduzida drasticamente podendo, em alguns casos, ter seus crimes perdoados. Com as empresas, essa colaboração com a Justiça faz com que as mesmas possam continuar recebendo os incentivos fiscais e contrair novos empréstimos junto aos bancos públicos. Pois bem: O MPF e a J&S dos "irmãos Metra...", quero dizer, Batista, selaram o acordo de devolução de R$10,3 bilhões num prazo de 20 anos, corrigidos pela inflação. Pra mim, isso é um acordo de "paciência"! Segundo alguns especialistas declararam nos telejornais ontem, ao final do prazo do acordo, o Brasil vai receber em torno de R$25 bilhões porque terá a correção pelo índice da inflação, que esperamos se mantenha baixa. Quando os Batista pegaram empréstimos, levaram a grana quase ou toda de uma vez só! E em se tratando dos maiores produtores de proteína animal do Planeta, R$10 bilhões são uma ninharia. Principalmente diluídos em 20 longos anos! Esse é um recebimento ilusório para os cofres públicos! Quando trabalhei no extinto Desenbanco, hoje Desenbahia, havia um grande empresário baiano que apanhava um de empréstimo R$5 milhões por um determinado prazo. Ao vencer aquele empréstimo, fazia outro de R$10 mi, pagava os R$5 mi anteriores e "guardava o troco". Ao vencer os R$10 mi do segundo empréstimo, voltava ao banco e era aberta nova linha de crédito para esse "magnata" e ele então tomava mais R$20 mi. Mesmo processo: pagava os R$10 mi vencidos e, novamente, "guardava o troco"! Segundo funcionários, esse grande empresário baiano nunca pagou um centavo ao banco até morrer! É assim que funciona! Agora veja como acontece com o cidadão comum: minha fatura do cartã de crédito do Banco do Brasil era "débito em conta". Pois bem: cancelei essa opção para poder parcelar o pagamento. Sendo "débito em conta" a fatura não vem com código de barras. Solicitei bem antes do vencimento o envio de uma segunda via ou, pelo menos, o código de barras para pagamento. A atenção que o banco deu foi responder que eu poderia pagar "em qualquer banco, nas lotéricas, nos terminais de auto atendimento ou no internet banking"!! E olha que ainda expliquei que não poderia ir à agência porque a mesma estava fechada para reforma, devido ao roubo sofrido com a utilização de explosivos. O que recebo agora? Uma cartinha quase perfumada dando conta que minha dívida, ao contrário da dívida dos irmãos Batista, foi "lá pra cima". Mas, como o Banco do Brasil é "Bom para todos" (menos prá mim, eu acho!), convidou-me a renegociar a dívida, não sem antes jogar 1/3 de juros em cima do montante principal. Tudo bem: pelo menos esse mês recebi a fatura com o código de barras! Mas no Brasil é assim: equipes da Receita Federal passam noites e noites analisando sua Declaração do Imposto de Renda, na tentativa de identificar se você deixou de mencionar aquele recibo do Dentista para te colocarem na "malha fina", para provarem ao mundo o quão eficientes são para cobrarem de contribuinte comum. Mas essa mesma eficiente equipe não conseguiu identificar a bagatela de US$600 milhões de dólares que o chefe mandou ilegalmente para fora do País. Pois é: um recibo de R$300,00 (trezentos reais) ou outro valor qualquer é imediatamente identificado se não lançado. O ex Ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao qual a Receita Federal é subordinada, conseguiu mandar pro exterior essa pequena fortuna sem que o "Leão" percebesse! Essa é a diferença da aplicação das leis no Brasil: se você tem trânsito junto ao Governo, você se dará bem sempre. A coisa é tão surreal, no que diz respeito ao acordo firmado pelos "metralhas" da J&S e o MPF que o próprio delator, Joesley Batista, mostrou numa gravação com o Presidente Temer, que havia combinado um "agrado semanal" de R$500 mil reais durante coincidentes 20 anos!! A Polícia Federal e o Ministério Público estão investigando o vampiro que tem, ao que parece, uma enorme sede de ...Reais!! Notaram a dimensão da coisa? SEMANAL!! O político não tem toda culpa pela roubalheira no Brasil. A Justiça sim! Vejamos: se não fosse essa relação promíscua entre Legislativo, Executivo e Judiciário, se houvesse realmente independência entre os Três Poderes, certamente a coisa não seria tão escancarada. Se a Justiça punisse exemplarmente o primeiro corrupto e corruptor, um freio seria acionado com certeza. Mas, o que esperar de uma Justiça onde juiz de calça curta (de comarcas insignificantes), Desembargadores de um Tribunal de Justiça (veja escândalo na Bahia) e Ministros de Tribunais superiores são acusados de vender descaradamente sentenças? Então, o político, que já traz no seu DNA a gana de roubar, não vê empecilho algum! Enquanto isso, vamos ver nossas casas com a energia e a água "cortadas" porque tivemos algum problema e não pudemos honrar os R$70 reais dos recibo daquele mês! Fazer o quê né? Nosso sobrenome não tem "Batista"!! Ainda bem!