quinta-feira, 27 de abril de 2017

Os "Assaltos" ao BB de Mairi!!

Na madrugada de domingo para segunda-feira última, por volta das 2 horas da manhã a agência do Banco do Brasil da minha cidade foi "estourada"! Bandidos fortemente armados, inclusive com explosivos, tocaram o terror na rodovia que liga Mairi a Baixa Grande, aproveitando-se da micareta que estava acontecendo naquela cidade e o efetivo policial lá estaria para garantir a segurança da festa. Pois bem: num ponto crítico da rodovia, bem perto de Mairi, no local conhecido como "A Curva do Sebo", nome dado graças ao grande número de tombamento principalmente de caminhões, os assaltantes pararam a van da Saúde que leva pacientes para Salvador e sai daqui à 1:00 hora da manhã! Não precisa descrever o terror que os pacientes sofreram. Atravessaram o veículo bem na curva e colocaram alguns na camionete usada por eles para que servissem de "escudo humano", caso precisassem! Ainda tiveram o cuidado de providenciar "miguelitos", aqueles artefatos que já foram exclusividade da Polícia que, jogados na pista, os veículos furam os pneus. E vários veículos foram danificados, justamente quando voltavam da tal festa. Em Mairi, explodiram a agência com tamanha violência e carga que algumas casas da vizinhança tiveram suas vidraças quebradas! Feito isso, conseguiram apanhar o dinheiro e, felizmente, sem nenhuma vítima ferida, deixaram a cidade. Como Mairi é também conhecida pelo número de pessoas fofoqueiras, tanto que há uma gozação com aquela propaganda do Posto Ipiranga, muitos, apesar do adiantado da hora, correram ao local. Foi aí que aconteceu o segundo assalto: muitas pessoas, vendo que havia muito dinheiro em um outro cofre não notado pelos primeiros bandidos, trataram de apanhar o máximo que podiam. Eu graças a Deus sequer ouvi a explosão. Mas informações dão conta de que não foi um dinheiro jogado na rua, como normalmente fazem quando fogem para atraírem pessoas. Não! Até pela hora não havia, além dos reféns, ninguém na rua! Os "espertos" acharam que as câmeras de vigilância estavam danificadas. Foi aí que se deram mal. Eu sempre coloco nas minhas postagens que não temos moral para chamar políticos e empresários réus na Lava Jato ou em qualquer outra investigação, de corruptos e ladrões! Somos iguais em gênero, número e grau! Não deixamos passar uma oportunidade de levar vantagem de alguma forma, mesmo que essa forma seja ROUBO puro e simples. Qual a diferença entre quem explodiu e roubou rapidamente e quem, saindo das sombras da noite, completa o "serviço"? A única diferença que vejo, se é que tem uma, é a explosão! Não dá pra acreditar em pessoas que vão às ruas gritar "Fora não sei quem", "Abaixo a corrupção...", etc., e na primeira oportunidade vira ladrão, não por corromper alguém, mas por fazer o serviço diretamente e sem intermediários! Enfim, desolado, encerro dizendo "esse é o meu País"!! Como gostaria de amá-lo sem deixá-lo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário