sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Paulo Francis: Profeta ou Jornalista?

Sempre que posso, assisto ao Jornal da Globo às sextas-feiras: nesse dia é apresentada a excelente Coluna do Nelson Mota! No seu comentário semanal, o compositor, escritor e também jornalista “Nelsinho”, como é carinhosamente tratado pelos amigos, nos presenteia com recordações de pessoas que foram realmente celebridades neste País de porcos. E o homenageado de hoje foi o Jornalista Paulo Francis. Lembro-me perfeitamente dele no Jornal da Globo, com sua maneira de falar única, com uma língua que faria inveja à navalha de barbeiro, mas, sobretudo, com muita cultura. Quando foi morar em Nova York, de lá, tornou-se correspondente do JG. O Nelson Mota mostrou trechos deles nos estúdios da Globo e era uma festa mesmo. O cara ainda era super divertido. Se eu não visse não acreditaria! Mas o melhor foi quando o Nelson Mota contou que há vinte anos a Petrobrás o processou nos Estados Unidos, após um comentário feito por ele na Tv, onde falava do absurdo da nomeação de um certo Diretor, manobra que ele considerava como um “cheque em branco” para a dilapidação do patrimônio da Empresa. O colunista ainda indagou: “Já pensaram o Paulo Francis vivendo no Brasil da Lava Jato? Não seria justo, principalmente para o Francis”, concluiu! E não seria mesmo!! Se o cara ficou indignado com aquela nomeação há vinte anos atrás, imaginem o que sentiria agora!! O Nelson Mota encerra seu comentário perguntando: “Será que o Paulo Francis era um Profeta ou era muito bem informado”? É claro que o Mota sabe muito bem que o Paulo Francis era, além de Jornalista genial, muitíssimo bem informado sim!! Parabéns ao Nelson Mota pela homenagem e parabéns ao Paulo Francis que foi um profissional “sem prêa”, como dizemos por aqui!

Resultado de imagem para Fotos do Paulo Francis
O grande jornalista Paulo Francis!

Resultado de imagem para Fotos do Paulo Francis
Paulo Francis, Lucas Mendes e Nelson Mota à sua esquerda. Não reconheço o seu colega da direita!

Nenhum comentário:

Postar um comentário