terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O Brasil dos paradoxos!!

Estamos vivendo já há algum tempo, situações inquietantes tanto do lado financeiro, político e moral. As inquietações financeiras vão desde o desmascaramento dos lobos até os conchavos entre Poderes da União para protegerem esses lobos. O lado político é o mais inquietante, o que mais envergonha. Não haveria tanta inquietação financeira se não houvessem os políticos do quilates das nossas "Excelências" que, em conluio com funcionários previamente plantados nas grandes estatais e sob as bênçãos de um Judiciário vergonhoso, sugam todo suor dos trabalhadores brasileiros. Também não haveria tanta inquietação política se tantos políticos não estivessem com seus pescoços na forca. E por último, não haveria tanta inquietação moral se, por obra do destino, os três Poderes que tanto se protegeram num conluio imundo, não estivessem em gritante conflito. Um achando que teve sua competência usurpada, outro achando que sua soberania está sendo desrespeitada, etc., etc. Mas que respeito merece um Poder da República que dá mostras tão claras do quanto é subserviente, covarde mesmo? Mas, essa suposta covardia alardeada pelo ex presidente Lula, não seria por garantir interesses próprios, como vimos quando da proposta de aumento para o Judiciário que foi tão rapidamente aprovada e com índices que humilham qualquer brasileiro decente? O Brasil é assim: O Executivo só executa ações para, literalmente, matar o povo sem nenhuma assistência básica de qualidade e fazendo com que trabalhem até que, extenuados qual cavalos que puxam carroças, caiam numa fila do hospital que, sequer, tem material básico para curativos e ali morram! O Legislativo sabe realmente legislar! Mas em causa própria! São céleres quando o assunto é aumentar Fundo Partidário, Salários, verbas tais e tais, etc. E aprovam um projeto (de benefício próprio) em menos de 2 minutos, como vimos há algum tempo atrás. Eficiência pura! O Judiciário..., bem: aí é um caso à parte. Falando mais especificamente do Supremo, alguns dos seus Ministros têm sofrido duras críticas por grande parte da sociedade brasileira, por jornalistas e até mesmo de togados, pelas suas claras preferências. Sem nenhuma hipocrisia, afirmo que, fazendo a trajetória que eles fizeram e da forma como fizeram eu não poderia agir diferente. Todos falam, inclusive eu já reclamei também, mas, com isenção, eu afirmo que se eu tivesse sido Advogado do PT em São Bernardo do Campo e tivesse seguido com o partido quando esse chegou ao Poder, eu teria agido da mesma forma que o Dias Tofolli e o Lewandowski, dentre outros, agiram para beneficiar de alguma forma, o Presidente Lula, a Dilma e toda a alta cúpula do PT. Isso é fato. Se qualquer um de nós, cidadãos de bem, tivéssemos recebido as oportunidades que esses senhores receberam, no final não viraríamos as costas aos nossos benfeitores! Não viraríamos mesmo! Está errado? Claro!! E como está! Mas, a culpa é dos Ministros simpatizantes de quem os indicou? Sabemos que esse modelo vem de muito tempo. Não foi criação do PT. O grande erro, esse sim, é os membros das altas Cortes serem INDICADOS pelo chefe do Legislativo! Aí é que está o aleijão, aí é que a está a grande jogada (dos facínoras) para se beneficiarem eternamente de uma possível gratidão. "Não se cospe no prato que comeu", ou "Não se vira as costas a quem lhe ajudou"! Pois é: esse formato é que é perverso e dá margem para que chefes do Executivo, bobos que não são, deitem e rolem e tripudiem sobre os possíveis clamores da Nação. Além disso, ainda contam com o Foro Privilegiado! Sempre questiono aquela babaquice de que "os Três Poderes são independentes entre si"! São uma ova! E fazem questão de se dependerem mutuamente em escabrosos conluios! Diga-me: por que votamos? Votamos para que o nosso Vereador fiscalize a aplicação do dinheiro do município, sugira ações de melhorias para a população, busque apoio de Deputados Estaduais e Federais, para os quais trabalhou, no sentido de direcionar verbas para nosso município. Certo? Errado! Pelo Menos em Mairi não vemos nada disso! E pra Prefeito? Bom;esse é o Gestor. Ele recebe e administra o dinheiro, busca solucionar os problemas do município, busca parcerias com empresas, tenta criar um polo industrial por minúsculo que seja. Certo? Errado! Novamente, em Mairi não acontece assim. Pra Governador, pra Deputado Estadual, Federal, Senador, Presidente, não adianta nos matarmos, ficarmos inimigos de amigos por causa desses caras. O Resultado está aí: após a "redemocratização" do País, quando uma classe trabalhadora teve reajuste salarial, quando teve, acima da inflação? Qual o Governador ou o Presidente que diminuiu a carga tributária do trabalhador, ou acenou com a diminuição do seu tempo de trabalho para a aposentadoria por ter descoberto uma fórmula correta e honesta para beneficiá-lo? Qual trabalhador (honesto!!) recebe o salário mínimo justo e há décadas defendido pelo DIEESE que, hoje, seria em torno de R$4 mil reais? Aliás, o DIEESE só existiu enquanto sua vertente política era de oposição! Sumiu há 14 anos! Funcionários da Receita Federal mostraram por A + B que o rombo da Previdência é a maior mentira. Ontem, na Câmara dos Deputados, uma Vossa Excelência denunciou que as tais DRU, que retiram 25% da Seguridade Social vão para que os Senadores brinquem de Deus, e é outro fator que faz o prejuízo crescer! Hoje, um vídeo feito por uma associação dos aposentados mostrava o absurdo  do Governo Federal em conceder isenção tributária e perdão de dívidas para com o INSS de grandes empresas! Como eu perdoo dívidas se estou quebrado? Tudo isso é invencionice. Há denúncias também que a história da Dívida Pública é um Caixa 2 que não se imagina! Essa investigação deverá começar já já. Pra terminar, não quero que pensem que estou defendendo o Regime Militar. Não estou. Mas uma coisa não se pode negar: fui funcionário do Banco do Brasil durante parte daquele período, nossa data-base era setembro. Sempre tivemos reais aumentos acima da inflação! Em nenhum dos meus doze anos de trabalho recebi igual ou inferior ao total da inflação anual. Por isso, quem quiser bater palmas pro Temer que o faça mas não espere que a população que está sendo assaltada o tempo todo vai ficar quieta. Tudo tem um limite. Ah! E no Regime Militar eu nem podia escolher tantas Vossas Excelências como hoje!

Nenhum comentário:

Postar um comentário