quarta-feira, 30 de novembro de 2016

O Judiciário numa Sinuca!!

E mais uma vez, um grupelho se sobrepõe à vontade soberana do povo! E o pior: do povo que o elegeu! É interessante como as coisas acontecem no Brasil: antes das eleições o povo é procurado a miúde, recebe ilustres visitas sem agendamento, tapinhas com sinais de consideração e respeito, etc. Até abraços e beijos o povo recebe aos montes, dos senhores candidatos. Após a eleição todos desaparecem e se isolam do povo. Quando não se isolam nos seus gabinetes, isolam-se por grades divisórias ou pela força da polícia que suas Excelências solta em cima de quem os elegeu! Mas merecemos! Ainda não aprendemos que "Todo Poder emana do povo e para o povo"! Continuamos morando em barracos, continuamos sem Saneamento Básico, mas colocamos nossos "representantes" no topo do conforto. Todo mundo da Lava Jato está muito chateado com as safadezas perpetradas pela Câmara dos Deputados endossadas pelo presidente o senado! Todo o Judiciário está magoado com a classe política que quer inverter a mais lógica das lógicas, que é o Juiz punir o comprovadamente criminoso. Nosso País é o único do mundo onde os Juízes e Promotores poderão ser processados, presos e demitidos por criminosos! E o paradoxo mais monstruoso que já vi! O Rodrigo Janot disse que essas medidas contra o judiciário "é uma marcha à ré..."! Concordo plenamente com ele! Afinal, em alguns momentos teve a mão do Procurador ajudando a engatar essa marcha! Também, quem deixou de agir com celeridade ou com a firmeza que algumas ações mereciam? Quem chamou a Suprema Corte de "acovardada" e disse que o País tinha um Procurador "ingrato"? O ponto positivo desse esculacho que a Câmara dos Deputados e Renan quiseram votar com urgência, mexeu com os brios de membros do Judiciário. Pelo menos com o brio daqueles que ainda não o perderam! É muito bom ver o Renan "Canalheiros" sacaneando com as togas decentes, porque só assim tomam uma decisão de julgá-lo com a celeridade que precisa, sob o risco de estarem, eles próprios, na cadeia, por iniciativa vitoriosa de pulhas como o presidente do Senado e seus asseclas. Suprimiram a figura do "reportante do bem", que é aquele que denuncia uma prática de corrupção e que teria direito a uma premiação. Entendo perfeitamente porque os Deputados correram a tirar essa figura do âmbito das Dez Medidas: como 99% deles são corruptos, o "reportante do bem" poderia ser principalmente suas esposas, quando de uma eventual briga pela partilha do butim ou outro motivo qualquer. Só me vem à mente a ex esposa do Celso Pita, ex prefeito de São Paulo e anomalia moral criada por Paulo Maluf. A mulher entregou tudo de bandeja. Por isso, acho que suas Excelências colocaram as barbas no devido molho! Vai que..., né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário