segunda-feira, 28 de novembro de 2016

As "viúvas" do "Comandante en Chefe"!

Fico meio decepcionado com algumas falas de autoridades políticas brasileiras, quando se referem a Fidel Castro. Estou falando de políticos de direita porque, os "vermelhos", esses sim, são as crias daquela criatura hedionda. Tá rolando um vídeo nas redes sociais onde o Senador Aécio Neves faz rasgados elogios ao ditador cubano e, simultaneamente, na mesma tela, há o depoimento de um escritor cubano que viveu na pele toda a repressão do regime da ilha. Vi também o FHC dar um pitaco mas sem se derramar em elogios ao futuro Assistente de "Marcolino", o Cão mais velho do inferno. Agora, de lascar mesmo foi o que disse o Serra, no mesmo vídeo: "...tenho orgulho de viver no mesmo tempo que um herói..."!!! Essa doeu! Tá certo que o cara é um Diplomata e como tal deve agir. Acontece que há uma enorme distância entre diplomacia e estupidez! Como Diplomata, seria previsível um elogio sobre seu legado na Saúde e na Educação. Sem estardalhaços porque, zerar o analfabetismo é mais que louvável. Mas, zerar o analfabetismo com a única finalidade de doutrinar as pessoas chega a ser criminoso! Uma jogadora de Vôlei do Brasil disse que numa dessas olimpíadas, saía com as cubanas para fazer compras e que até pasta de dentes era preciso elas esconderem para  entrar em Cuba!! É um "avanço" e tanto! Internet em Havana? Tem! Tem sim! Pontos de Wi Fi gratuitos? Tem! Tem sim! Só tem um pequeno "porém": o cidadão só tem acesso aos sites permitidos pelo governo! Portanto, o Serra, o Aécio, o Chico Alencar e o Humberto Costa, que tanto amam o Ditador e suas maravilhosas "conquistas para os cubanos", poderiam mudar de vez pra lá! Eu se considerar um lugar como O Paraíso, não pensarei duas vezes!! Já foi tarde! Espero que Cuba possa se livrar do restante desse lixo que ficou. Que seu povo tenha finalmente liberdade. Vou até o Fantástico de ontem pra comentar um lance que vi: a entrevista com o ex Ministro da Cultura. Achei o cara centrado, decente. Numa hora ele fala que o funcionário público tem de ser "leal e não cúmplice"! Perfeito! O problema é encontrar no universo de puxa sacos alguém que seja leal mas não compactue com as peraltices de seus chefes. Acho que por ser decente, pediu pra sair. Fez bem! Na coletiva de ontem, o Temer disse estar procurando alguém com capacidade de articular a política e que tenha uma reputação limpa. Tá difícil achar. Nem o próprio Temer tem a reputação que ele busca. O cargo, se mantidos esses critérios, ficará eternamente vago!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário