sábado, 13 de agosto de 2016

Hino Nacional: De volta ao começo!!

E voltamos ao Hino Nacional brasileiro que ontem, finalmente, executaram como antigamente, o que deixou todo mundo mais aliviado. Era um absurdo o que fora feito com os torcedores e, principalmente, os atletas. Todas as atenções do mundo estão voltadas para o Brasil que graças ao Comitê organizador dos jogos, recebeu mais críticas do que elogios. Não precisávamos expor nossos atletas da forma que foram expostos. Lembro-me que a seleção masculina de outrora era criticada porque os jogadores, na sua imensa maioria, não sabiam cantar o Hino Nacional. Naqueles tempos, a leitura era o que menos importava: bastava ser craque com a bola nos pés. Hoje a coisa mudou: os jogadores dão entrevistas, aparecem em programas de Tv e resenhas esportivas. Naquela época, o máximo que conseguiam, com raras exceções, era dizer que "é um jogo difícil, mas a gente tá preparado para vencer o adversário"! Hoje falam algumas línguas, têm o corpo tatuado, cabelo "na moda" e chuteiras multicoloridas! Saudades do tempo em que as chuteiras eram pretas..., e os resultados vinham! Vamos esperar que esses detalhes possam ser superados, até porque a chance de mostrar para o mundo que temos capacidade organizacional se foi. Não foi um fiasco essa Olimpíada porque, certamente, Deus é brasileiro. Tão brasileiro que, apesar das meninas da Seleção Feminina jogarem bem e não marcarem no tempo normal nem na prorrogação, a Marta e a seleção foram salvas pelas bárbaras defesas da Bárbara! Fico imaginando o que aconteceria se o Brasil ficasse fora das semifinais, justamente porque a melhor do mundo perdera um pênalti! Sabemos que só perde gol quem tenta fazê-lo. Mas é quase impensável imaginarmos a Marta ou o Neymar perderem um pênalti. Mas, como Deus é brasileiro, esticou o braço da grande goleira Bárbara e nos safamos. Agora é esperar o que vem pela frente. Espero que não soframos tanto quanto ontem!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário