quinta-feira, 30 de junho de 2016

Eu não entendo:

O ser humano, portanto racional, é o único animal que mata pelo simples prazer de matar! Fato! Os outros, tidos como irracionais(??) só atacam para se alimentarem ou se defenderem, quando se sentem ameaçados. Pois bem: há quanto tempo os radicais do EI vêm cometendo as piores atrocidades contra vítimas indefesas? O mundo todo se indigna mas parece que ao mesmo tempo da indignação, acontece o desencadear de um processo de letargia nas autoridades mundiais. A Bélgica recentemente sofreu com a violência desse grupo terrorista, depois a França e agora, Istambul, Turquia. Em outros cantos do planeta fotos e vídeos de meninas sendo queimadas vivas fazem os bandidos do EI terem orgasmos. Não entendo por que o mundo não se uniu e ainda não destruiu esses bandidos! Ficam na guerrinha diplomática do que acham certo ou errado, enquanto os terroristas recrutam seguidores pelo mundo todo, inclusive do Brasil. Parece que a permanência ou não da Inglaterra na Comunidade Européia é mais importante. Parece que o combate aos "sem-pátria", que buscam uma oportunidade de vida nessa mesma Comunidade Européia por terem sido expulsos dos seus Países pelos assassinos do EI também não merecem atenção! Parece que nos limitamos a combater "a consequência" e não "a causa", quando o assunto é Estado Islâmico! No Brasil, estamos agindo, a meu ver, como a Comunidade Européia, combatendo a consequência e não a causa de tantos desmandos e de tanta roubalheira. Claro que no nosso caso as consequências têm de ser combatidas, mas principalmente a causa! Todos ficamos indignados nas redes sociais, lugar confortável, com internet mais ou menos, lanchinho, etc, etc, com as decisões do Supremo, em relação a alguns figurões da nossa República. Ora, se a causa da nossa indignação é o comportamento dos ministros daquela Corte, por que não apeá-los dos seus cargos? Eu, analfabeto funcional, não sei como fazer exatamente. Mas certamente que nesse País existem pessoas com conhecimento suficiente para barrarem sentenças consideradas esdrúxulas, assinadas por Ministros considerados alinhados com o PT! Acho um absurdo a Suprema Corte ser nomeada por Presidente da República! É o maior descaramento! Esses caras não virarão as costas aos seus benfeitores! Não mesmo! Então, se a Causa da desordem jurídica é o Supremo, com seu apoio à impunidade dos graúdos, que se mude a forma de nomeação dos seus Ministros como primeiro ato, e depois, com conhecimento das Leis que se afastem esses Ministros que as redes sociais e o Brasil repudiam! Tenho minha opinião de que Toffoli, Lewandowski, Marco Aurélio Melo, Zavascki, Fachini etc, etc., jamais dirão "NÃO" a quem os nomeou. O Procurador Geral da República, também! Esses cargos deveriam ser preenchidos por votação entre a classe de Magistrados e Procuradores. Mas aí o Toffoli, por exemplo, não poderia se candidatar: sequer passou num concurso para Juiz..., mas é Ministro do Supremo, por nomeação!!

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Quanto custa R$1,25?

Bem; aqui em Mairi, com R$1,25 você leva pra casa quatro pães franceses, de 50 gramas e sobram R$0,5. Se você ainda não tem filhos ou é solteiro, é o suficiente para tomar o café da manhã com uma certa "fartura"! Um pensador de porta de boteco aqui de Mairi, num rasgo de inspiração, perguntou-me certa vez: "Orlando, quanto vale R$1,00"? Respondi-lhe "ora, vale hum R$1,00..."!! "Engano seu", falou-me meu amigo filósofo: "Vale uma fortuna, seu besta! Tenha filhos em casa, com fome, esperando o pão ou a farinha e meta a mão no bolso: se você achar R$1,00 vai sentir o alívio de quem tem R$1.000.000,00! Agora, não ache nem uma moedinha e você verá o quanto realmente vale R$1,00"!! Por um instante passou "aquele filme" na mente e tive que admitir que meu amigo estava absolutamente certo: R$1,00 pode valer um milhão...! Pois bem; assistindo ao Jornal Nacional hoje, ouvi a matéria sobre a prisão do ex Ministro de Lula e Dilma, Paulo Bernardo. Dentre as maracutaias arquitetadas pelo ex Ministro do Planejamento de Lula, estava uma roubalheira nos empréstimos consignados. Sabemos que milhares de financeiras e bancos, a partir do governo Lula, tiveram autorização para contratarem os Empréstimos Consignados juntos aos funcionários públicos, que são alguns milhões! "O negócio da China", visto que o risco para o banco ou financeira era zero, porque a mensalidade era descontada no contracheque do servidor. Para o servidor, interessante porque as taxas de juros eram bem mais baixas que as de outras modalidades como CDC, por exemplo. Uma ideia perfeita!! Satisfaria às duas partes: de um lado, os ladrões e do outro, as vítimas que efetivamente trabalham. Mas como fariam para roubar nos "consignados"? Simples: o "Mestre" Paulo Bernardo e sua cambada passaram a cobrar por mês, na prestação de cada financiamento, R$1,25! Ora, isso é uma mixaria, você pode pensar. E é, se pensarmos apenas em um mês e apenas num único Funcionário Público. Agora, num País onde todo mundo recorre a algum tipo de ajuda financeira, a contratação de empréstimos consignados acabou virando uma febre. Eu mesmo me atirei "de roupa e tudo" neles! Agora vem a resposta do meu amigo, filósofo de porta de boteco de Mairi: se multiplicarmos R$1,25 pelo número de empréstimos concedidos e ainda se considerarmos que esses prazos podem ir até 92 meses, dá pra alcançar a fortuna mensal que desliza para os bolsos dos bandidos? Um diretor da Unafisco declarou hoje, no JN, que o Ministério do Planejamento contratou uma empresa de Software para cobrar a mensalidade de cada sindicalizado, não vindo mais descontada no contracheque mas através dessa tal empresa. Nesse molde, a empresa contratada pelo Paulo Bernardo, cobrava R$0,98 centavos por cada lançamento. Isso foi de 2010 até 2015 quando foi feito o flagrante da roubalheira. Só a Unafisco, segundo seu diretor, tem em torno de dez mil associados! O Serpro, serviço federal que faz esse tipo de serviço, depois do afastamento da tal empresa, passou a cobrar R$0,13 pelo mesmo trabalho! Perceberam agora que aquele outro ditado popular, de palavras simples e sem pretensões de virar provérbio chinês, "de grão em grão a galinha enche o papo", é absolutamente verdadeiro? No caso do Brasil, de centavo em centavo, Paulo Bernardo, ex Ministro de Lula e Dilma encheu tanto o papo que o fez, por sua vez, ajudar a encher a carceragem da Polícia Federal.
E lhe pergunto novamente: quanto custa R$1,25?

Quadrilhas Juninas na Contra-mão!

Parece não ter jeito mesmo: começo achar que é um caso perdido! Ontem foi o tradicional e bacana "Forró da Lapinha", que tem como ponto alto o Concurso de Quadrilhas. O ponto já não está tão alto assim, lamentavelmente. Fui com Amélia e D. Nininha dar um rolé pela cidade e, claro, ver o forró. A primeira quadrilha a se apresentar foi a do Abelardão, com o Forró do Té, uma justa homenagem a um dos caras que mantiveram a quadrilha de pé, depois da saída de sua criadora, a Professora Irany. Já no início, Professor Marcelo Santos leu uma homenagem ao Té, assassinado há alguns anos, e clamou, como toda sociedade mairiense, por mais segurança, chamando a atenção das autoridades competentes para o descaso nessa área com nossa cidade. Perfeito! Belo recado! Aí começa a dança com a música do Milton Nascimento, Canção da América, homenageando o Té. Daí partiu-se para o forró mesmo. Sincronia quase perfeita nas coreografias, comandos engraçados como o que os "Cavalheiros" vão xavecar a Dama e depois o inverso. Muito divertido. Estamos falando de Tradição e Cultura. Rola então a Valsa, com o clássico "Primavera", de Vivaldi e logo depois um belo Tango Argentino! Beleza! Isso é Cultura! Daí a pouco, a trilha sonora entra pelo Funk Carioca, Pagode da Bahia (É o "Tchuco" no "Tchaco" é o "Tchaco" no "Tchuco...")! Aí vi tudo igual ao ano passado: o Modismo tomando o lugar da Cultura! Se quadrilha junina é uma manifestação cultural e se a valsa e o Tango também o são, então, por que no lugar do ordinário pagode baiano, funk carioca, Banda Vingadoras com a tal Metralhadora, que são modismos, não fizeram nenhuma menção à música Caipira de Raiz que é um grande patrimônio cultural do Brasil? Não vi nenhuma quadrilha se lembrar desse "pequeno detalhe" em nenhum ano! Mas o modismo tem de estar presente! O pior é que a gente vê uma copiando a outra! Devem imaginar: "Se eles dançaram isso, nós também vamos mostrar que fazemos melhor"! E vira uma mistura com sabor muito ruim. Depois do Abelardão, um grupo de crianças se apresentou. Nessa hora, por conta da coluna lenhada, estava sentado no carro, atrás do palco. Qual a música para as crianças? Um Funk Carioca da pior qualidade, uns caras cantando num linguajar que parecia dialeto e a coreografia: meu Deus!! Fico me perguntando se não está na hora do Conselho Tutelar, Ministério Público, enfim, autoridades competentes entrarem em ação para coibirem esse tipo de "ensinamento" às crianças! A tal dança do funk nada mais é do que a representação de uma mulher fazendo sexo de forma mais "acachorrada" possível! É a versão brasileira e piorada e esculhambada do Kama Sutra! As reais Prostitutas, que têm uma vida difícil pra caramba, certamente teriam vergonha de dançar da forma que crianças e "moças de bem" hoje fazem! Depois os pais vão reclamar quando seus filhos de 10 anos mandarem as pessoas tomarem no ** e as meninas, na mesma idade, começarem a fazer sexo! Vem a Quadrilha Arrocha o Nó, de Angico, com uma animação ímpar: Faz uma belíssima abertura, envereda pelo Samba de Roda do Recôncavo Baiano e depois..."Pega a metralhadora trá trá trá trá trá..."! O sincronismo da coreografia beirava a perfeição! A moça que a comanda é muito dinâmica e anima muito. Mas não é com modismos que manteremos a Cultura! Não é com Funk Cario, Anitta e outras merdas mais que faremos nossos filhos manterem viva nas suas mentes as tradições juninas e caboclas! Na apresentação das crianças ainda teve um detalhe: no final da música, um dos "cantores" saúda um DJ "não sei quem" e diz que o cara "é o Rei da Putaria"!! Quero parabenizar aos Professores e Marcadores das Quadrilhas pela burra insistência em desvirtuar a Cultura Junina, preferindo ocupar a maior parte do seu tempo com os modismos idiotas! Vocês estão conseguindo, juntamente com o Poder Público brasileiro, jogar nossa Cultura no lixo! Parabéns também a quem teve a desastrosa ideia de incentivar uma apresentação infantil com uma música digna de um lixão! Ainda bem que não me convidam para jurado nessas ocasiões: seria nota 0 de ponta a ponta! A quadrilha do Tutui eu não vi. Saí antes. Mas, pelo que pude ver semana passada na Praça da Bíblia, está tudo igual "no céu do Sêo Cabral"! Esqueci de levar a câmera fotográfica. Nem o celular levei. Obrigado meu Deus por esse lapso de amnésia. Se tivesse feito registro fotográfico, essa postagem estaria cheia de palavrões! Melhor não. Afinal, vai um licor aí? Será que também "mudaram" na receita do Licor? Ainda não provei este ano mas duvido não!!

quinta-feira, 23 de junho de 2016

As "Ovelhas Negras" da Polícia Militar!

A gente assiste ao noticiário e não raro fica indignado! Hoje, vendo o Brasil Tv, passou uma matéria dando conta de que um jovem fora atingido por um tiro no pescoço, numa abordagem policial, no interior de São Paulo. As câmeras de vigilância de uma oficina mostraram claramente a desastrosa abordagem. Primeiro, um policial manda o carro com os jovens parar. Obedecem e, na parte traseira direita do carro aparece outro PM que, ao ver o colega fazendo a abordagem, há uns dez metros do carro já tira a arma do coldre, encosta na porta do carona onde estava o jovem e atira. Ninguém teve nem tempo de dizer "boa noite"! Ainda obrigaram uma ambulância do SAMU, que ia atender outra ocorrência, parar e dar socorro à vítima. Segundo um Delegado da Polícia Civil, os PMs atropelaram tudo: não esperaram a chegada de um Delegado, não registraram a ocorrência, mexeram demais na cena do crime, levando até o carro onde estava a vítima para uma "lavadinha básica" no próprio Batalhão!! Eu estou dizendo tudo isso porque a Comandante da PM de Ourinhos, local do ocorrido, em entrevista afirmou que o disparo pode ter sido acidentalmente! Não cola! Vocês certamente verão as imagens e entenderão que não foi acidente. Até porque em abordagens, os policiais colocam seus dedos indicadores esticados junto ao compartimento do gatilho da arma e nunca descansando sobre este! Esse é o treinamento que recebem e isso é procedimento básico do básico: o dedo que puxa o gatilho não pode descansar sobre ele, justamente para se evitar disparos acidentais. Por outro lado, até o policial que parou o carro e que estava sozinho, em momento algum tirou do coldre sua arma. E as imagens mostram claramente o disparo e o susto que o primeiro PM tomou, afastando-se do veículo. Nós sabemos que as polícias trabalham sob forte estresse, o tempo todo sendo cobrados pela população, pelos seus comandantes, que trabalham de forma absolutamente insegura, por causa de pessoas como uma senhora num evento organizado pelo Ministério Público Federal, falar para um Militar ao seu lado, que o policial só deveria disparar DEPOIS DE ALVEJADO!! Bom, mas se o policial for mortalmente alvejado, reagirá como? Do Além? Sabemos de todas as dificuldades que os policiais passam. Agora, cometer erros primários, bagunçar a cena da ocorrência, passar por cima dos trâmites legais e ainda lavar o carro onde uma vítima de uma abordagem desastrosa morreu e no próprio pátio do Batalhão, é inadmissível. Policiais são uma Família sim. E como toda Família, também estão propensos a terem suas Ovelhas Negras, infelizmente. 

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Cadê o feijão que estava aqui?

Calma! Não me proponho, nesse post, fazer uma análise profunda sobre o desabastecimento do feijão no Brasil! Não sou Economista nem Diretor da BM&F! Mas tem algumas coisas que são perfeitamente claras ao nosso entendimento, mesmo que pequeno. A Conab - Companhia Nacional de Abastecimento, foi criada para que o Governo Federal, lá atrás, começasse a implementar a política de Preços Mínimos. O que isso quer dizer? Simples: o Governo Federal estabelece, com base no mercado, um preço mínimo para, por exemplo, a saca de feijão de 50 kgs. A finalidade dessa política era, primeiro, regular os estoques. Como assim? Simples: o Governo compra seu feijão e estoca. Vai que na safra seguinte há uma grande queda...! Daí o Governo libera para o mercado interno seus estoques, evitando assim o desabastecimento e a importação do produto, deixando-o com um preço aceitável. Isso é muito bom, né? Só que non: quando trabalhei na Carteira Agrícola do Banco do Brasil, Agência de Mairi (BA), o Governo Federal comprava do produtor a saca de feijão, nosso (caro) exemplo de hoje, por um preço bem menor do que aquele pago pela nefasta figura do Atravessador! Ora, qual produtor venderia seu feijão ao Governo Federal por R$50,00 a saca de 50 kgs se o atravessador pagava R$70,00 por exemplo? E a Política de Preços Mínimos do Governo Federal objetivava, também, combater o atravessador: aquele cara que não produz um grão, compra tudo, estoca e provoca o desabastecimento para impor seu preço sempre nas alturas. Saí do Banco do Brasil e não vi a Política de Preços Mínimos do Governo Federal merecer realmente ser respeitada. A certeza disso está até hoje aí: a figura do Atravessador circula livremente pelo País. Aí vem o Governo Dilma e, a título de "ajuda humanitária" doa para Cuba 625 toneladas do nosso feijão! E ainda pagamos o frete do navio que levou a "doação"! (Veja abaixo, artigo extraído do site www.folhacentrosul.com.br):
Enquanto isso, famílias  brasileira sequer conseguem comer direito no Brasil em crise. É ou não um descalabro
E ainda o povo brasileiro pagará o frete....
***Um leilão de contratação de frete para remoção de 625 toneladas de feijão para atender ao Programa de Doação Humanitária de Alimentos do Brasil à República de Cuba foi realizado na manhã desta quinta-feira (01/10). O produto será enviado em sacas de 50 quilos, de acordo com informações da Conab.

Mais do que sacanagem com o brasileiro, foi sacanagem com os cubanos. Certamente eles não verão um grão desse feijão. Foi assim com o Porto de Muriel que, logo após ser entregue foi vendido aos Estados Unidos e Rússia, através de leilão. Quando teremos o retorno ou o pagamento do que foi investido, a título de empréstimo, para a modernização daquele porto? Olha o quanto a PresidentA se preocupou com seu País: sequer consultou os estoques da Conab ou esperou para ver se haveria super safra ou quebra na colheita! Só uma continha: Se a PresidentA doasse esse feijão para os brasileiros, caberiam 3,125 kgs para cada pessoa. E aí, não "quebraria uma" legal? Enquanto isso, tenho que aguentar o chororô do arroz reclamando da ausência do seu inseparável parceiro de milênios, no meu prato. Até passa a fome...!!

terça-feira, 21 de junho de 2016

Rio 2016: mais um símbolo abatido!!

O primeiro símbolo brasileiro abatido pela gana de políticos corruptos em roubarem o erário público foi a Ética: violentaram-na, aviltaram-na de todas as maneiras e formas, em troca de um punhado de dólares! Até uma construção simples para veículos absolutamente leves, teve roubalheira: a tal Ciclovia Tim Maia. Aliás, gozadores de plantão descobriram que o trecho desabou quando a Dilma foi dar umas "pedaladinhas" básicas por lá! Não duvido, mas falta a confirmação. Outro símbolo brasileiro que foi roubado descaradamente pelas "otoridades" olímpicas, principalmente do Rio de Janeiro, foi a nossa Esperança! Até pensávamos e torcíamos para que, com tantas investigações em curso por causa da roubalheira da Copa 2014, esse evento olímpico fosse dar sinais de que os bandidos haviam entendido a mensagem de alguns segmentos da Justiça brasileira. Qual nada!! A crença na impunidade continua campeando todos os segmentos do País. Junto com a Esperança foi-se também um dos maiores símbolos que temos: a Vergonha! Desnudaram-na e a prostituíram de tal forma que até Países da Oceania produziram vídeos sacaneando conosco. E nossa Vergonha cai por terra quando temos de admitir que o vídeo, por mais duro que seja, é real. Muito real. Se não bastasse a gastança para um "pau com fogo na ponta", como disse um humorista, percorresse um País quebrado até a alma, idiotas inventam de levar essa maldita tocha para um campo de treinamento do Exército Brasileiro na Amazônia, e, como perfeitos imbecis - autoridades do Comitê (des)organizador dos jogos e outras autoridades não menos idiotas do Exército, fazem a exposição de um animal silvestre, símbolo da Amazônia, portanto do Brasil, num furdunço promovido por sem-noções, que, além de uma brutal deselegância com a apresentação do animal, SILVESTRE e acorrentado para o mundo todo, não tiveram a habilidade de devolver o animal ao seu espaço ou ao espaço a ele destinado. Solução: atiram e matam o animal que não pediu pra ver porra de tocha nenhuma, não pediu pra ser acorrentado e nem pediu pra ser exibido pra idiotas. Se Juma gostasse de ser exibido não nasceria nas matas mais fechadas. Nasceria numa maternidade de luxo, como os hospitais frequentados pela nata da política brasileira! Quero dar os Parabéns ao Governo Federal, ao Governador do Rio de Janeiro que conseguiu decretar estado de calamidade pública às vésperas dos tais jogos, ao Prefeito esnobe Eduardo Paes e, por último, ao Exército Brasileiro, de Manaus, que, em nome da proteção da integridade física da "equipe", atirou e matou o Símbolo que momentos antes era mostrado como um troféu! Agora o Comandante da unidade militar pode tirar o couro do Juma ou cortar-lhe a cabeça para exibir esse "troféu" na parede da sua casa, como fazem os caçadores ingleses! Parabéns a todos vocês! Em matéria de abater e aviltar nossos Símbolos vocês são nota 10!!

segunda-feira, 20 de junho de 2016

"Grandes empresas, grandes bandidos"!!

Há muito tempo que eu ouço a máxima: "Por trás de uma grande fortuna, sempre há um grande crime"!! Bingo! Na mosca! Grandes empresas, principalmente construtoras, têm interesses de negociar, principalmente com servidores públicos corruptos, para assim se perpetuarem no topo das empresas com grandes obras no País e no exterior. E se conseguirem "uma ponte", como parece que a Odebrecht conseguiu "construir" com o Poder Público, aí a coisa fica fácil, como denuncia O Antagonista, num artigo de hoje. Veja abaixo:

20 de Junho de 2016

A Odebrecht precisa ser extinta

Por Mario Sabino
A esta altura, não há dúvida razoável: a Odebrecht é uma organização criminosa disfarçada de empresa. Como tal, tem de ser totalmente desmantelada. A Odebrecht precisa ser extinta.
Está errado dizer que ela mantinha um departamento de propina. O correto é afirmar que era composta por um núcleo de corrupção cercado de departamentos que lhe serviam de fachada para roubar dinheiro público. Tanto é que a transferência para esse núcleo significava uma promoção para os funcionários.
A Odebrecht lavava o dinheiro de contratos hiperfaturados com a construção de obras mais ou menos capengas, a depender da visibilidade que elas lhe proporcionavam para a obtenção de mais contratos hiperfaturados. A fim de manter o esquema funcionando, a organização viabilizava financeiramente a eleição de políticos comprometidos com ele. Mais: a Odebrecht chegou a contratar um ex-presidente da República como lobista, para garantir um fluxo ainda maior de dinheiro público para o seu caixa, por meio de empréstimos a juros subsidiados pelos contribuintes.
Até a ascensão de Marcelo, a Odebrecht atuava como as outras empresas que há anos participam do assalto aos cofres da União, dos estados e municípios. O novo presidente da organização, no entanto, aperfeiçoou e ampliou a roubança, criando o departamento de propina que se transformou no coração de toda a estrutura.
Ele não parou por aí. A Odebrecht comprou um banco no exterior para otimizar a distribuição de dinheiro sujo aos seus cúmplices. Isso vai muito além da infiltração mafiosa no sistema financeiro europeu. É como se a máfia italiana houvesse ela própria adquirido um banco para fazer as suas transações espúrias. Marcelo Odebrecht é um gênio do crime.
Não há acordo de leniência possível com essa organização criminosa. A extinção da Odebrecht é necessária para depurar o capitalismo brasileiro e também a política do país. Ponto final.
Voltei: Então, se toda organização criminosa tem de ser desbaratada e seus membros presos, então, que se comece a caçada aos bandidos da maior empreiteira do País. Mas, quais bandidos irão caçá-los: os congressistas? O "Puxadinho" da "Casa Grande"? "Só que non"!!

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Brasil 7 x 1?

Esperei hoje o dia todo, ouvindo um aqui, outro ali, sobre a "grandiosa" partida de ontem, da nossa Seleção Canarinho, a seleção Pentacampeã do mundo, e que deve ter levado o Galvão Bueno, em alguns momentos, a ter orgasmos múltiplos nas suas transmissões. É mais um que ajuda a enterrar o nosso futebol. Todo mundo aproveita pra colocar a culpa no Dunga. Não concordo. A pergunta certa seria: Dunga tem realmente autonomia pra convocar e escalar a Seleção? Não tem! A pior desgraça do nosso futebol está atrás de microfones e câmeras de algumas Tvs e dentro da CBF. Tem um ou outro cartola das federações estaduais mas são porcos pequenos. A pior desgraça que aconteceu ao nosso futebol foi aceitar patrocínio para a seleção brasileira. Quando o time não tinha patrocinador, lá nos tempos dos militares, lembram?, dava pra comparar? Todo mundo sabe, por exemplo, que o Ronaldinho "Fenômeno" do Galvão, quando entrou em campo na Copa da França e tomamos três do Zidane, os colegas disseram que ele tivera convulsões no hotel e no vestiário, mas o que foi mesmo foi "convulsão" de amor. Relatos contam que ele havia flagrado sua namorada aos beijos com um repórter de outra Tv. Mas a tal Nike, patrocinadora do "Fenômeno", exigiu sua escalação. E todos lembramos de como ele entrou em campo: literalmente puxado pelos companheiros. O papel do Galvão é endeusar esses jogadores pra colocá-los no topo da valorização. Não sei se é verdade mas contam que o Ronaldinho, quando foi transferido para o exterior, deu de presente ao Galvão, uma Ferrari!! Pois é: o locutor colocou o cara no topo e nada mais justo que ser recompensado. E que recompensa!! Pesa também, sobre os ombros do treinador Wanderlei Luxemburgo, acusações de que ele escolhia quem escalar para valorizar o passe e assim ganhar também "uma ponta"! Muitos fazem assim. Por essas e outras é que estamos humilhados desde a Copa que sediamos. Não é o Dunga o responsável pela desastrosa trajetória da Seleção. O mesmo treinador que ganhou uma Copa do Mundo, tomou, em outra Copa, dentro de casa, 7 x 1!! A estupidez do Galvão Bueno no jogo contra o Haiti, levou o locutor a afirmar que o Haiti estava se sentindo "honrado em jogar contra o Brasil"! Disse também que o Juiz da partida estava "se sentindo honrado em apitar um jogo da Seleção Brasileira"! Quem assistiu aquele jogo ouviu muito bem! Sete a um no Haiti, ora, voltamos ao topo! Somos imbatíveis..., até encontrar o Peru. "Ah! O gol foi ilegal. Foi de mão! Juiz roubou o Brasil..."!! Pois bem: foi só um gol que o Peru fez de mão. Mas, cadê os 7 que fizera no Haiti? Tá bom: pelo menos três teriam de fazer. Afinal, quantas partidas o Peru já ganhou do Brasil? O problema amigo, é que todas as seleções têm hoje, uma base fixa de pelo menos 7 ou 8 jogadores. E o Brasil, qual o time base? Nenhum! Apenas 2 ou 3 jogadores fizeram mais de 4 partidas juntos. O resto era só experiência. Experiências por força de patrocinadores, preocupados em valorizar seus atletas para venderem cada vez mais caros e o País que representam, que se dane. Por isso, adoraria que a Seleção Brasileira ficasse fora da próxima Copa do Mundo. Aí você me pergunta: "Você é contra o Brasil"? Claro que não! Sou tão a favor que torço para esse tropeço pra ver se os poderosos percebem o mal que fazem ao nosso Futebol. Mas, estão tão cegos pela cobiça que nunca enxergarão. Vai ser duro assistir, de camarote, a queda vertiginosa da nossa Seleção. Se não acordarem, chegará o dia em que veremos o placar Haiti 7 x 1 no Brasil. Duvidam?

Aleluia!!! Alguém concorda comigo!

Acompanho sempre os artigos de O Antagonista, e desta vez, escreveram exatamente o que eu escrevo, quando o assunto é Brasil Político! Eu sempre mostro o quão descarados nós somos, o quão sem vergonha é o brasileiro! Esse mesmo brasileiro que se indigna com dólar na cueca ou em sacolas, sendo transportado de um lado para outro, mas que não se indigna na hora de tentar "molhar a mão" do guarda, quando é flagrado, por exemplo, parado em fila dupla. Essa é só uma das muitas situações que os cidadãos "honestos" se metem e, pelo jeitinho safado do brasileiro, tentam sair. Se roubo 10 bilhões de uma empresa pública qualquer, ou se subtraio  do seu almoxarifado uma resma de papel A4, também não é roubo? Ou será que sou honesto até uma resma? Se levar todo o estoque, aí sim eu sou ladrão? Uma coisa é certa: o PT teve uma imensurável capacidade de "inventar" coisas para subtrair o dinheiro público, dando um toque de nobreza no final! O "Ciência sem Fronteiras", por exemplo, soa como um "até que enfim!!" o Brasil acordou e passará a valorizar seus Cientistas. Qual nada! Vejam o que diz e comprova o site O Antagonista:

13 de Junho de 2016
Sem-vergonhice sem fronteiras
Por Mario Sabino
Eu não entendo nada de ciência e tecnologia, mas sei que as universidades, os laboratórios e centros de pesquisa do Brasil estão a anos-luz de distância daqueles dos países avançados.
Eu não entendo nada de ciência e tecnologia, mas sei que são fatores determinantes para o desenvolvimento de uma nação.
Eu não entendo nada de ciência e tecnologia, mas sei que é um inferno encontrar um bom instalador de ar-condicionado por aqui.
Foi com certa curiosidade, portanto, que li a notícia da Folha segundo a qual apenas 3,7% dos participantes do programa federal Ciência Sem Fronteiras foram estudar nas melhores universidades do mundo -- aquelas que realmente fariam diferença para a formação dos beneficiados e, portanto, para o avanço científico e tecnológico nacional. A massacrante maioria aproveitou o intercâmbio com dinheiro público apenas para “ter uma experiência lá fora”. E o “lá fora”, não raro, foi Portugal -- essa ilha de excelência na Europa Ocidental.
É claro que o programa inventado pelo PT era demagógico, um trem da alegria destinado principalmente a uma porção de gente sem requisitos acadêmicos para estudar seriamente no exterior. O meu ponto não é esse. O meu ponto é justamente a quantidade de gente disposta a pegar qualquer trem da alegria no Brasil, desde que pago com dinheiro público, sem a preocupação de dar retorno ao país.
Não há diferença moral entre o estudante que pegou bolsa do governo para fazer curso de nanotecnologia na Universidade de Coimbra e o político que vai ao estrangeiro às nossas expensas, a pretexto de discutir alianças estratégicas, e passa o dia circulando em lojas de grife de Nova York, Londres, Paris ou Roma.
Somos um país de salafrários, essa é a verdade, e os trens da alegria nos espelham, não importa o nome que se dê a eles. A taxa de honestidade brasileira talvez seja mesmo de míseros 3,7%.
Vou ter de continuar procurando um bom instalador de ar-condicionado.




sábado, 11 de junho de 2016

Estou sendo assaltado pelo Itaú!!

O Poder Econômico nesse País de governantes ladrões e de Justiça de eficiência duvidosa, as instituições financeiras deitam e rolam em cima da população! Há quase um mês fiz uma reclamação no site www.reclameaqui.com.br, sobre uma cobrança abusiva por parte do Itaú. Recorria esse expediente porque as tentativas de resolver via Central de Atendimento, falharam. Acho que contratar o Luciano Huck para fazer a propaganda do Banco foi uma jogada de mestre: como o Banco faz propaganda enganosa, portanto mentirosa, o Luciano, com o nariz de Pinóquio foi perfeito! Parabéns!! Pois bem: aí vai a reclamação que registrei em maio:

Dados da Reclamação


Nº da Reclamação: 18673349
Data da Reclmação: 19/05/2016 05:38
Titulo: Quebra de acordo
texto: Há 16 meses fiz um acordo com o itaucard para liquidar um débito. Foi acordado 24 parcelas de R$41,41. Na fatura de nº 14, constatei a cobrança da anuidade, no valor de R$28,12. Ora, se o cartão está bloqueado, por que a cobrança da anuidade e justamente após a 14ª parcela? Fiz contatos seguidos com a Central, enrolaram-me até que dia 06/05, após pagar fatura no valor de R$143,58, justamente para evitar problemas, questionei novamente a Central que, em definitivo, segundo a analista Raquel (protocolo 469588859, de 13/05), me informou que a cobrança da anuidade continuaria porque eu havia solicitado uma segunda via do cartão. Nesses 14 meses do acordo, com o cartão bloqueado, como poderia ter solicitado uma segunda via? Ademais, se efetivamente tivesse feito tal solicitação, o justo seria pagar pela confecção do novo cartão! Já paguei 3 anuidades de um total de 8 e estou me sentindo além de lesado, assediado financeiramente pelo Itau. Apesar da última fatura no valor total de R$143,58 com vencimento em 02/05 ter sido paga integralmente, recebi comunicação da Serasa Expirian com a ameaça de negativação do meu nome.

Voltei: A resposta veio dando conta de que estavam analisando e que entrariam em contato por SMS, E-mail ou telefone. Até hoje aguardo. Como a fatura vence dia 02 de cada mês, no dia 07/06 informei que não havia recebido ainda a fatura com vencimento em 02 de junho! Imediatamente foi disponibilizada a 2ª via, com a presteza de sempre, quando o assunto é o banco receber. Vejam o quão desonestos eles são, justamente por protelarem uma decisão, fazendo com que, no meu caso, eu continue pagando os valores não reconhecidos até o final. Enviam a fatura após o vencimento por saberem que cobrarão mais juros de mora! Quem quiser achar outra coisa, tudo bem! Pra mim o Banco Itaú está literalmente me roubando. Acho que terei de seguir para o matadouro, de cabeça baixa e resignado. Mas fica o meu protesto. Abaixo, vejam a celeridade para cobrarem e a lentidão para responderem a um questionamento:

Dados da Mensagem


Assunto: Atendimento Itaucard
Mensagem:
Olá Orlando, 

Segue em anexo a fatura do mês de junho, referente a anuidade cobrada abrimos uma solicitação e estamos aguardando a resposta.

Ficamos à disposição em nossos canais de atendimento

Atenciosamente
Raphael
Atendimento Itaucard

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Existe independência entre os Três Poderes?

Posso parecer redundante, repetitivo, ignorante, enfim, escolha à vontade o rótulo! Mas não posso me furtar de fazer algumas conjecturas que acho muito pertinentes. Desde os bons tempos quando a Escola Pública era de qualidade que ouvíamos a ladaínha da independência dos Três Poderes da República. Eu, pelo menos, aceitei isso como verdade absoluta, até começar a criar gosto pela leitura, fuçar revistas e jornais e agora, com a velocidade da informação com a internet, essa "verdade" sagrada cai por terra. O financiamento privado de campanha política é um aleijão. Mas você pode pensar: "Mas como, se na maior economia do mundo os candidatos arrecadam de todas as formas"? Pois bem: estamos falando de um País construído por ladrões e bandidos da pior espécie (os Degredados de Portugal) e do País que se formou por seus méritos! Aqui, conhecemos a história nefasta dos políticos que legislam, claro, em favor de quem lhes financia as campanhas. Ou será que existe alguém tão crédulo de que as empresas que financiam campanhas de Prefeitos, Governadores, Presidentes, Senadores, Deputados Federais e Estaduais e até mesmo Vereadores, não pedem nada em troca? Do mesmo modo, Juízes, Desembargadores e Ministros do STJ e STF, que teoricamente deveriam ter total independência, são nomeados pelo Executivo! Alguém acha que em algum momento não se dirá um "muito obrigado"? Será que, apesar de se apresentarem como homens de "reputação ilibada", semblantes sérios e que até amedrontam aos menos informados como eu, não rola uma decisão que beneficiará quem os indicou? Não acredito, sinceramente, na tal "cegueira" da Justiça! Não me convence esse formato que aí está. Houve quem defendesse a escolha do Procurador Geral da República, Desembargadores do STJ e Ministros do STF, por meio de votação nacional, promovida pela OAB, CNJ, etc. Aí eu acreditaria na independência dos Três Poderes! Como podemos imaginar que haverá imparcialidade do Ministro do STF que julgará um processo aberto contra quem o indicou ao cargo? Não dá! Por mais que eu me esforce, não encontro lógica em esperar que os Ministros dessa Corte condenem quem os indicou! É muito pra minha cabeça ainda fechada. Vemos nas redes sociais os apelos ao Ministro Teori, ao Ministro Lewandowski, etc., etc., no sentido de decidirem logo sobre esse ou aquele processo que se arrasta há algum tempo, enquanto outras decisões desses mesmos Ministros são contestadas! Se eu fosse Ministro do STF, proporia ao Congresso Nacional a criação de uma Pec ou sei lá que mecanismo, no sentido de que as mais altas Cortes do País tivessem seus membros eleitos pelo voto dos seus pares. Aliás, Joaquim Barbosa chegou a acenar nessa direção. Portanto, enquanto o modelo for esse, de nomeação pelo Executivo, não teremos absoluta confiança nas decisões tomadas pelo Procurador Geral da República, Desembargadores do STJ e Ministros do STF. Sempre ficará a dúvida de que alguém foi indevidamente beneficiado! Isso é ruim para a confiança no processo democrático. Pelo menos eu penso assim! 

quarta-feira, 8 de junho de 2016

"Brasil, um País de todos..." os ladrões!!!

Fico puto e indignado às vezes, me perguntando até quando vamos ficar deitados "em berço esplêndido", sem reagirmos à roubalheira generalizada, de forma dura! É fenomenal a capacidade que o Estado tem de roubar o cidadão, notadamente os mais necessitados. Há quatro anos atrás fui fazer a renovação da minha CNH no SAC em Jacobina. A moça me perguntou se eu exercia atividade remunerada e, claro, respondi que sim, por ser Motorista Oficial do Estado da Bahia! Tomei no "piiiiiiiiiiiiiiii" por ser honesto; "são mais R$95,00 do Psicoteste"! Perguntei-lhe o porquê daquele valor e ela me respondeu que justamente por eu ser assalariado como motorista teria de pagar. Nova pergunta lhe fiz dando conta de quem é Motorista Profissional passa por reciclagens e treinamentos com certa constância, etc. Foi quando lhe mostrei o absurdo da cobrança de mais esse valor: "se ficarmos na porta do SAC, em uma hora quantos veículos com placa vermelha passarão e quantos com placa cinza (particular) também passarão"? Ela concordou que a placa cinza seria enorme maioria. Pois bem; "então qualquer psicopata que souber dirigir não será avaliado num Psicoteste justamente por não exercer Atividade Remunerada"? Ela teve de concordar comigo! O assalariado que já ganha o que ganha ao volante, que sacrifica sua vida e sua família para levar o progresso, o passageiro importante, a comida para a mesa do brasileiro etc., é penalizado! É ou não uma tremenda sacanagem? Pois bem: esse mês de junho preciso renovar minha CNH. Liguei para o Detran e recebi as informações detalhadas:
- Laudo ...................................R$-132,00
- Exame Médico......................R$-120,00
- Psicoteste (de novo!!)...........R$-160,00
- Exame Toxicológico???....... R$-300,00
    Total      ...............................R$-712,00!!

Quase oitocentos reais apenas para renovar uma CNH!! E o Salário mínimo é de R$880,00 que o Governo do Estado AINDA não atualizou! Ou seja, estou recebendo menos do que por lei deveria. Outro exemplo da roubalheira: nos Estados Unidos, a Driver License ou Carteira de Habilitação, custa U$S-35,00 (trinta e cinco dólares) que, cotado por cima à base de R$4,00 dá R$150,00 (Centro e cinquenta reais!) Agora vamos ver o salário mínimo  de lá: U$$-1.526,00 ou o equivalente a R$-4.863,00 para uma jornada de 40 horas semanais. Façam as contas e vejam se não dá vontade de virar bandido e se juntar aos congressistas brasileiros!? Esse Exame Toxicológico feito apenas na renovação da CNH, normalmente de 5 em 5 anos, não vai de forma alguma combater o uso de entorpecentes! É mais um conchavo com donos de laboratórios e funcionários corruptos. Esse exame cumpriria sua finalidade se as Polícias Rodoviárias Federal e Estadual e a Militar dispusessem de aparelhos para fazê-lo "in loco", numa blitz ou nas guaritas das rodovias. aí sim! Ora, se eu sou caminhoneiro e gosto de "botar um baseado" e minha CNH está para vencer, para o uso, desintoxico e chegarei "limpinho" no laboratório! Simples assim! Depois, tiro o atraso à bordo do possante, fumando um "morrão" enrolado num jornal! Não tenho mais esperança de que a decência e a Justiça voltem a essa País. Estamos sendo diuturnamente roubados e aceitamos passivamente. Covardes é o que somos!

terça-feira, 7 de junho de 2016

Segurança Pública debatida em Mairi.

Tive o prazer de participar, ontem, de uma reunião promovida pela CDL-Mairi, onde o tema principal era a questão da segurança pública em nosso município. Foram convidadas as autoridades policiais inclusive, mas por motivos de força maior não puderam participar. Foi uma pena porque eles sim, com suas experiências, poderiam dar sugestões viáveis, práticas e mais baratas que pudessem amenizar o clima tenso vivido por todos nós ultimamente. A condução dos trabalhos foi feita pelo Presidente da CDL local, Petrúcio Bandeira, que permitiu a exposição de opiniões de vereadores e membros da sociedade civil. O vereador Roque da Luz, após alguns presentes falarem sobre a necessidade da criação da Guarda Municipal, entregou cópia de um Projeto de Lei que está na Câmara de Vereadores desde 2011, justamente propondo a criação dessa Guarda. Nem precisa falar que os ânimos se exaltaram com as acusações feitas pelo vereador Roque e com a defesa da Câmara feita pelo vereador Rogério, Presidente da Casa. Aliás, essa polarização entre os dois vereadores só tem trazido prejuízos à sociedade mairiense. Não sei porque eles ainda não perceberam isso. Ou, se perceberam e continuam a fazê-lo, são perversos. A coisa toda é levada para o lado pessoal. Houve sugestões de vídeo-monitoramento, a exemplo de Conceição do Coité que usa esse recurso há muito tempo. Seria bom! Um dos maiores absurdos pontuado pela proprietária de um supermercado assaltado recentemente, às 14 horas, em pleno dia de sábado, feira movimentadíssima na cidade, e, quando procuraram a polícia, o efetivo da cidade estava em Várzea da Roça, cidade vizinha. Sequer pode registrar o Boletim de Ocorrência, por falta de plantonista na Delegacia da cidade. Pense num absurdo, acontece em Mairi! O detalhe é que a feira livre de Várzea da Roça é na segunda-feira. Como tudo acontece aqui, várias pessoas relataram que os assaltantes, numa moto velha, tiveram de empurrá-la no meio da feira para pegar "no tranco" ou "no tombo", como dizemos aqui. Um cidadão sugeriu a substituição da viatura (ford ranger) nos dias de feira, por motos. A PM tem essas motos. A mobilidade é absurdamente maior do que de um carro. Foi uma sugestão perfeita! Capim Grosso tem policiais fazendo patrulhamento com motos. Por fim, o Prefeito Raimundo Dentista explicou o que de fato estava buscando para a segurança pública do município e deu carta branca para a tramitação do Projeto de Lei que cria a Guarda Municipal. Ao final da reunião, foi criada uma comissão que discutirá mais calmamente a criação do Conselho Municipal da Segurança Pública. Enfim, o primeiro passo foi dado. Algumas fotos da reunião:


Empresários locais e com a camisa vermelha, Sr Jurandir, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras  Rurais  de Mairi.


Da Esq. para Direita: Anésio, funci. BB e Presidente da AABB, vereadores Alan e Pororó.

De chapéu, Sr. João Martins, ao centro, Sr. Petrúcio Bandeira, Pres. da CDL e o vereador Rogério, Presidente da Câmara de Vereadores.




Sr. Rogério com alguns empresários.


Alguns empresários e pessoas da comunidade.

Mais empresários.

Da direita para esquerda: Sr. Jean, representante do TRE e o vereador Alan. Detalhe da foto: eu estou nela, representado pela bolsa da máquina fotográfica, entre o Sr, Jean e Sr. Alan! kkkkkk

Vereadores Alan e Roque da Luz, Anésio, do BB, vereador Pororó e Sr. Agnaldo, empresário do ramo de auto peças.



Sr. Petrúcio Bandeira, Sr. João Martins, Sra. Dulce, Secretária de Administração e Dr. Raimundo Dentista, Prefeito Municipal.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Caramba!!! Fui "estuprado" II

Quando da postagem com o mesmo título, dando conta da discriminação que sofri por ter cortado o cabelo no estilo "Moicano", para avaliar como realmente se sente uma pessoa discriminada, fiquei devendo as fotos. Aí estão:

O começo da experiência!

Sem acreditar no que estava vendo!!

Comemorando com meu parceiro de sinuca!


Será que era eu mesmo? kkkkkkkk


Uau!!! Bad Boy da zorra, vú? kkkkkkkkkkkk

Meu amigo me sacaneando.

Aqui, "the day after", após a resultado.




Na moral, ficou legal, não? kkkkk
Aqui, o resultado final do "trabalho" da noite anterior!















O Firmamento ganha mais uma Estrela!

Depois de aproximadamente 90 anos  irradiando Luz e Amor aqui na Terra, mais exatamente em Mairi, D. Estelita foi ocupar seu merecido lugar de destaque no Firmamento. Aqui, aproveitamos o máximo da sua convivência: desde a esposa maravilhosa, à Mãe extremamente dedicada, até a mais famosa "pasteleira" da cidade, pelo menos pra mim! Lembro-me muito bem de quando Maneca, seu esposo, tinha um bar na Praça J J Seabra e ela colocava seus maravilhosos pastéis à venda, por volta das 10 horas da manhã, aos sábados. Eu, com 16/17 anos, após "fazer a feira" com minha mãe, ganhava uns trocados e corria pro "Bar de Maneca". Lá, aprendia com Eugênio, seu filho, a jogar sinuca, não sem antes degustar uns três maravilhosos pastéis! Saudades realmente. D. Estelita, com estatura mediana, cuidava de tudo e de todos como se gigante fosse: incansável, compreensiva e dedicada. Mas chega a hora de pararmos. Afinal, temos de Evoluir e a sua passagem por aqui certamente fez com que ela subisse alguns degraus no seu processo evolutivo. Não a perdemos! Não perdemos o seu amor, a sua determinação, a sua sabedoria! Apenas deixamos de conviver com essas suas qualidades temporariamente. Agora é a vez dela brilhar no Firmamento, juntamente com outras "Estelitas" que, no significado puro da palavra, é o diminutivo de Estrela. Mas essa forma de escrever Estelita, não tem nada de diminutivo mas sim de monumental carinho. Seus pais foram de uma sabedoria ímpar ao darem nome tão apropriado à sua filha! Deviam saber, claro, quão intenso seria seu brilho na Terra. Só temos a agradecer por tudo que D. Estelita nos deu a todos: amigos, parentes, marido, filhos e netos! Com toda generosidade, abriu as suas mãos e nos deu em abundância Amor, Carinho e acima de tudo, Luz! Muita Luz que iluminou e continuará iluminando os passos de sua família. Para nós, amigos, vamos encontrar mais uma "estelita", pequena no tamanho mas grandiosa no brilho que irradiará do Firmamento para nossa alegria. Noites estreladas virão. Se quisermos vê-la novamente, basta que levantemos nossos olhos pro Céu! Que o Senhor Deus, na sua infinita Bondade, permita que os Irmãos iluminados a conduzam à sua Luz Divina! D. Estelita, continue brilhando muito. Precisamos muito da sua Luz nesse momento!

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Caramba!!! Fui estuprado!

Eu queria escrever sobre a moça que teoricamente foi estuprada por vários homens. Aliás, homens não: criminosos! Mesmo que o estupro não tenha sido exatamente um estupro, conforme apontam os laudos. Bom; mas isso não vem ao caso! Como, então, escrever sobre um assunto que você não domina? Tive uma idéia: terça-feira, à noite, chamei minha esposa e fomos até um cabeleireiro. A idéia era cortar o cabelo tipo "moicano", muito na moda ultimamente. Ela não sabia!! Chegamos no rapaz, pedi o corte e, pra minha surpresa, a minha própria esposa foi a primeira pessoa a "jogar pedra" e mim. Era noite e pensei: "amanhã, quando eu sair na rua, as pessoas vão aceitar"!! Qual nada! Todas as pessoas, por mais amigas de infância  que fossem, só porque eu cortei o cabelo como "moicano", ninguém aceitou! Consegui provar a mim mesmo que o homem ou a mulher só vale o que tem, de preferência, muita grana!! Como  se sentiu a moça estuprada? Aliás, no Piauí uma moca foi realmente estuprada e morreu! Não vi ninguém dos "direitos humanos" fazendo passeata em sua defesa! Será que é preciso 40 homens comerem uma  mulher pra gerar comoção? Porra, parece que sim!! Eu só cortei o cabelo moicano  e  fui violentado no meu direito de escolher, por exemplo, o corte do meu cabelo! Como será que se sentem as pessoas que se mostram diferentes? O pior é você descobrir que o preconceito está mais perto o que você imagina! Depois vou postar fotos!