quarta-feira, 30 de março de 2016

Uma salva de palmas para a mediocridade!!!

Não tem jeito mesmo! Assistimos, quer dizer, assistiram ao jogo de sexta contra o Uruguay e viram uma seleção pra lá de medíocre? Abre 2 x 0 no primeiro tempo e no segundo, surfando na incompetência de alguns jogadores e na máscara de outros, vimos o que poderia ser um resultado muito bom, virar pesadelo. Já falei mil vezes que o Neymar só sabe jogar na seleção se o resultado for favorável em muitos gols de vantagem! Aí aparecem as jogadas de efeito, os dribles e passes fantásticos, enfim, um certo espetáculo. Agora, nem com o resultado favorável o time consegue se apresentar bem: fez 2 x 0 na sexta e deixou empatar, quase perdendo o jogo. O esquema tático e a cabeça, esses foram perdidos logo no início do segundo tempo, após o primeiro gol uruguayo. Ontem, o pecado cometido pelo Brasil foi repetido pelo Paraguay. Não consigo ficar contente com time medíocre: após fazer 2 x 0 no Brasil, o time recuou para sua grande área, o que acabou resultando no empate da seleção brasileira, tão medíocre quanto o Paraguay de ontem. Enfim, o resultado foi mais que justo para o que apresentaram. Outro ponto importante no jogo de ontem, no intervalo, foi o comentário do Casagrande, dando conta de que é sim uma honra o jogador ser chamado para a seleção do seu País! A camisa tem de ser tradada com o máximo respeito dentro e fora do campo. Ele fez uma alusão ao Neymar que, após o jogo da sexta, suspenso para o jogo de ontem por cartão amarelo, mostrou-se totalmente alheio ao time ou à classificação embaixo da tabela e simplesmente saiu para as baladas e curtições, como se nada o incomodasse. O comentarista cobrou a atitude de outros tempos onde, suspenso ou machucado, o jogador se fazia presente com a comitiva, dando a certeza de que estava preocupado e que queria "dar uma força", como dizemos hoje em dia. O Neymar e nenhum outro fará isso pela seleção. O esquema ridículo montado pelos treinadores do nosso time, é pra que todos joguem em função da grande estrela. Assisti o segundo tempo ontem e afirmo: se a defesa se recompuser, não precisamos de nenhum Neymar. Uma pergunta: por que será que no Barcelona ele joga pra caramba? O time do Barça joga em função dele? Não! O time do Barcelona tem gente muito mais importante e muito mais craque que o "xerifinho" brasileiro! Aí, como ninguém tem a determinação da comissão técnica de "servir ao Neymar", ele sai pra buscar jogo. E se dá bem. Até porque vemos o Messi, por exemplo, ser caçado em campo, tomar porrada, sair "catando ficha" na maioria das vezes, mas não desiste da jogada e invariavelmente faz o gol! Não existe um esquema para "servir ao Messi", como na patética seleção brasileira. De resto, adoraria que o Brasil ficasse fora de uma copa. Ou dessa copa, mais especificamente. Seria um choque enorme mas necessário pra que se repensasse o Futebol Brasileiro. A História nos mostra que às vezes, é preciso chegar ao fundo do poço pra emergir com força total. Só alguns exemplos: Harley-Davidson, Indyan Motorcicles, etc. etc., e tantas outras. Como times, temos o exemplo do próprio Barcelona que vem se preparando desde o Johan Cruiff, assim como a atual seleção da Alemanha que nos presenteou com a verdadeira conta do mentiroso! De resto, não adianta dizerem que sou contra o Brasil. Pelo contrário, gostaria de ter de volta o entusiasmo de 1970, 1974, 1982, etc. É difícil mas não impossível!

Nenhum comentário:

Postar um comentário