quarta-feira, 30 de março de 2016

Uma salva de palmas para a mediocridade!!!

Não tem jeito mesmo! Assistimos, quer dizer, assistiram ao jogo de sexta contra o Uruguay e viram uma seleção pra lá de medíocre? Abre 2 x 0 no primeiro tempo e no segundo, surfando na incompetência de alguns jogadores e na máscara de outros, vimos o que poderia ser um resultado muito bom, virar pesadelo. Já falei mil vezes que o Neymar só sabe jogar na seleção se o resultado for favorável em muitos gols de vantagem! Aí aparecem as jogadas de efeito, os dribles e passes fantásticos, enfim, um certo espetáculo. Agora, nem com o resultado favorável o time consegue se apresentar bem: fez 2 x 0 na sexta e deixou empatar, quase perdendo o jogo. O esquema tático e a cabeça, esses foram perdidos logo no início do segundo tempo, após o primeiro gol uruguayo. Ontem, o pecado cometido pelo Brasil foi repetido pelo Paraguay. Não consigo ficar contente com time medíocre: após fazer 2 x 0 no Brasil, o time recuou para sua grande área, o que acabou resultando no empate da seleção brasileira, tão medíocre quanto o Paraguay de ontem. Enfim, o resultado foi mais que justo para o que apresentaram. Outro ponto importante no jogo de ontem, no intervalo, foi o comentário do Casagrande, dando conta de que é sim uma honra o jogador ser chamado para a seleção do seu País! A camisa tem de ser tradada com o máximo respeito dentro e fora do campo. Ele fez uma alusão ao Neymar que, após o jogo da sexta, suspenso para o jogo de ontem por cartão amarelo, mostrou-se totalmente alheio ao time ou à classificação embaixo da tabela e simplesmente saiu para as baladas e curtições, como se nada o incomodasse. O comentarista cobrou a atitude de outros tempos onde, suspenso ou machucado, o jogador se fazia presente com a comitiva, dando a certeza de que estava preocupado e que queria "dar uma força", como dizemos hoje em dia. O Neymar e nenhum outro fará isso pela seleção. O esquema ridículo montado pelos treinadores do nosso time, é pra que todos joguem em função da grande estrela. Assisti o segundo tempo ontem e afirmo: se a defesa se recompuser, não precisamos de nenhum Neymar. Uma pergunta: por que será que no Barcelona ele joga pra caramba? O time do Barça joga em função dele? Não! O time do Barcelona tem gente muito mais importante e muito mais craque que o "xerifinho" brasileiro! Aí, como ninguém tem a determinação da comissão técnica de "servir ao Neymar", ele sai pra buscar jogo. E se dá bem. Até porque vemos o Messi, por exemplo, ser caçado em campo, tomar porrada, sair "catando ficha" na maioria das vezes, mas não desiste da jogada e invariavelmente faz o gol! Não existe um esquema para "servir ao Messi", como na patética seleção brasileira. De resto, adoraria que o Brasil ficasse fora de uma copa. Ou dessa copa, mais especificamente. Seria um choque enorme mas necessário pra que se repensasse o Futebol Brasileiro. A História nos mostra que às vezes, é preciso chegar ao fundo do poço pra emergir com força total. Só alguns exemplos: Harley-Davidson, Indyan Motorcicles, etc. etc., e tantas outras. Como times, temos o exemplo do próprio Barcelona que vem se preparando desde o Johan Cruiff, assim como a atual seleção da Alemanha que nos presenteou com a verdadeira conta do mentiroso! De resto, não adianta dizerem que sou contra o Brasil. Pelo contrário, gostaria de ter de volta o entusiasmo de 1970, 1974, 1982, etc. É difícil mas não impossível!

terça-feira, 22 de março de 2016

A pressa nos derruba!

Estamos vivendo ultimamente um clima de caça às bruxas sem precedentes. Até o nosso dia a dia doméstico parece ter mudado, por causa da influência dos últimos acontecimentos. Agora, por qualquer coisa, gritamos "Fora... Fora...! Ladrão! Corrupto! Esquerdopata! Direita Fascista...!", etc. Não paramos para fazer uma análise mesmo que superficial dos fatos e de suas consequências. Isso pode nos levar, se não à cadeia por difamação, a um constrangimento enorme. Não existe nada pior do que você agir de modo precipitado quando ouve uma "notícia" e, no afã de propagá-la ou de combatê-la, sair por aí gritando palavras de ordem ou promovendo a desavença entre as pessoas. Estamos vendo isso todos os dias no Brasil. De um lado, os defensores da punição exemplar para os membros do PT e aliados! Do outro lado, os governistas lançando mão de artifícios condenáveis, com a intenção de confundir e ludibriar as pessoas, justamente por saberem que a coisa está polarizada de tal forma, que se alguém disser que "Jesus Cristo acabou de chegar ao Brasil", vão se reunir "os contras" para, em passeata, gritarem "Fora traidor! Fora fascista! Fora Coxinha", e outras coisas mais. Ninguém está preocupado minimamente com a análise dos fatos. Noticiaram, começam as brigas. O mais engraçado é que nenhum, mas NENHUM partido mesmo, pode jogar pedras no PT. Seria bom e espero que assim seja, que a Lava-Jato fizesse uma faxina rigorosa em todos os partidos e em todas as administrações, principalmente Estaduais e Federal, para poder "passar o Brasil a limpo", como diz o Boris Casoy. Porém, tenho uma pergunta: se todos os corruptos da situação e da oposição forem punidos, quem ou quais frentes se apresentariam como opção de voto? Hoje, exatamente hoje, 22/03/2016, quem pode se apresentar como boa opção para governo da Bahia, por exemplo? E no âmbito Federal, quem poderia assumir a Presidência da República com firmeza e lisura? Qual o nome que poderia ser uma boa opção? Não temos, em nenhum dos dois casos, infelizmente. Por isso, antes de sair por aí destilando veneno ou atiçando a fogueira da discórdia, lembre-se de, primeiro, averiguar até onde a notícia é verdadeira. Um bom exemplo dessa precipitação maldosa, foi a falação da retirada ontem dos toldos da Feira-Livre de Mairi, pela empresa que é proprietária. Por onde se passava, o comentário feito por algumas "viúvas" do antecessor, era de que o Prefeito não tinha pago o aluguel dos toldos e a empresa os recolheu. Sequer confirmaram a notícia ou buscaram esclarecer. A ideia do quanto pior melhor, parece habitar diuturnamente a cabeça de algumas pessoas. Hoje pela manhã, novos toldos estavam sendo instalados na área, visto que, com o término da vigência do contrato, outra empresa ganhou essa nova licitação. Gostaria de ver e vou tentar encontrar, algumas das pessoas que mais comentavam em tom de chacota a retirada dos toldos. É preciso cautela na vida, porque existem coisas que não retornam: A palavra dita e a pedra atirada, por exemplo. 

segunda-feira, 21 de março de 2016

A "Carta" que virou "bilhete"!!

Não é de hoje que ouvimos a história de que jornal tal é totalmente de esquerda - lembram do Pasquim? -, que aquela revista é uma publicação "chapa branca", que tal jornalista recebe agrados do governo para produzir matérias favoráveis ao Executivo, etc. Dentre as revistas famosas do Brasil, uma tem certo destaque há muito tempo. Volta e meia me via entre pessoas que, de vez em quando, citavam como ponto balizador da correta interpretação de alguns fatos, a revista Carta Capital. Vários intelectuais, em suas entrevistas, faziam questão de citar a publicação, como sendo o suprassumo da coerência política brasileira. Confesso que muitas vezes fiquei curioso a respeito da tal revista. Gosto de ler, sou assinante de algumas publicações, leio também revista e jornais velhos porque, se aquela matéria não me foi apresentada quando da sua divulgação/publicação, pra mim é nova. Informação não tem data ou idade. Pois bem; nunca consegui ter nas mãos um exemplar da Carta Capital, tão louvada pela intelectualidade brasileira. Primeiro, sempre desconfiei dos "intelectuais boina Che"! São extremamente repetitivos não  admitem contra argumento. Daí eu procurar manter distância dessa galera. Sou "analfa" e não quero constranger "sábio" nenhum. Acho que foi pura sorte ou alguém me protegeu. O fato é que nunca li uma revista Carta Capital. Pois bem; por conta dos últimos acontecimentos, descobrimos o nome do verdadeiro Editor da revista: Sr. Luis Inácio Lula da Silva!! Pode parecer piada mas, um cara que se orgulhou em dizer que nunca lera um livro é quem dá as cartas na Carta, com trocadilho e tudo! E fico pensando: por que a galera do PT chama a Veja, Globo, etc., de "imprensa golpista"!! Ou seja: "produzir" notícias com a clara intenção de confundir ou engabelar o povo, através de uma revista absolutamente atrelada aos interesses do PT, pode!! Se alguém discorda, é golpe! Não sei até onde isso vai, mas o que tenho certeza nesse momento é que, casa vez mais, o partido que foi quase unanimidade nacional, juntamente com seu chefe, hoje anda pra trás, recorrendo aos "moleques de recado" como o Mino Carta, que permitiu que sua revista alcançasse o ápice do sucesso transformando-se num mero "bilhete" mal escrito, o que de fato poderia ser uma grande publicação nacional. Oportunidades perdidas normalmente não retornam! Uma pena!

quinta-feira, 17 de março de 2016

O poder do Poder!

Há mais ou menos 13 anos atrás, subia a rampa do Palácio do Planalto, a figura que mais se identificava com os anseios da sociedade brasileira. Uma figura que passou doze anos se candidatando à Presidência da República do Brasil e que, em todas as suas campanhas, mostrava o quão desprezíveis eram seus adversários, por não fazerem as reformas que o País precisava para, efetivamente, se destacar no cenário mundial, o quanto eram desprezíveis seus adversários por tratarem "a coisa pública" como sendo sua propriedade particular e, também, por trazerem o povo sob o "domínio fascista" e das "elites"! Em todas as campanhas, o candidato Lula falava com o povo como um pai nordestino que vê na luta árdua, a única forma de ascensão possível a uma vida digna. Essa luta consistia, basicamente, em colocar no Poder Central um legítimo representante da classe trabalhadora. Tanto que em 2002, sob a regência do marqueteiro baiano Duda Mendonça, com a campanha milionária onde ratos apareciam roendo a bandeira do Brasil e o chavão "ou nós acabamos com eles ou eles acabam com o Brasil", numa alusão à roubalheira que, segundo o candidato Lula, acontecia no governo do tucano Fernando Henrique Cardoso! Venceu! E venceu com uma margem expressiva, juntamente com grande número de Senadores e Deputados Federais. Pensei, após a vitória, que meu voto tinha valido à pena! Já no dia da posse, ao vê-lo se dirigir "perigosamente" em direção à multidão que o ovacionava, apertei o coração, chorando emocionado e, ao mesmo tempo, pedindo a Deus que o protegesse. Afinal, o "11 de setembro" estava tão recente!! Veio o primeiro grande escândalo e o povo não acreditava que o Presidente estivesse sabendo de nada! "Era tudo culpa dos seus comandados", também pensei. Muito esperto, a leitura que o Lula fez é de que poderia sim esconder-se atrás do mantra "eu não sabia de nada". E assim procedeu por muito tempo. Mensaleiros foram denunciados e presos mas o Presidente Lula havia saído fortalecido do grotesco episódio. Foi a partir daí que o Poder subiu-lhe à cabeça, achando que poderia fazer tudo e que era inatingível. Também, com uma aceitação de mais de oitenta por cento, até eu me acharia um deus: a crise imobiliária que afetou os Estados Unidos e com consequências amargas para o resto do mundo, passou a ser "uma marolinha" na interpretação do "Estadista da Silva"; o mote de campanha da reeleição do Obama "Yes, we can", passou também a servir de deboche quando o seu segundo mandato, segundo pesquisas, estava mais que garantido, etc. Esbravejou de toda maneira, arrotando riqueza, perdoando dívidas de ditadores nanicos com o Brasil, deu de presente uma refinaria da Petrobrás ao índio de araque Evo Morales, quando esse aprendiz de ditador nacionalizou a refinaria, o que se soube depois que foi tudo de caso pensado, comprou outra refinaria nos Estados Unidos por um valor cinco vezes mais do que o real, etc. Sua certeza de ser deus e inatingível era tão grande que berrou aos quatro cantos que, com seu prestígio, elegeria até "um poste" para seu sucessor. E conseguiu: elegeu "o poste" Dilma, que como sabemos, tem menos luz própria que um poste real com lâmpada velha. As coisas foram se complicando porque Lula e seus companheiros efetivaram a criação de uma verdadeira facção criminosa, com o intuito puro e simples de sangrar as grandes estatais, chantagear grandes empreiteiras, empresários, bancos, etc., para lhes tirar dinheiro para enriquecimento próprio e para financiar seu projeto de governo de mais de 50 anos, segundo historiadores. Aí, com a entrada em cena do marqueteiro, também baiano, (que vergonha!!) João Santana e sua sócia e esposa nas campanhas de Dilma, começamos a ver quem era a figura que estava por trás do Partido dos Trabalhadores. O Lula começou a não mais temer nada: desafiou o Congresso Nacional, o Judiciário e o povo, dando conta de que nada nem ninguém conseguiria desfazer a marca de "pai dos pobres" como ficou ou fez questão de ficar conhecido! Sua megalomania ficou tão grande que até filme contando sua história ele mandou fazer e nós pagamos tudo. Pena que o filme nao vai ter "segunda parte"!!Transformou-se num tirano da pior espécie e num covarde da mais alta magnitude: sempre que um companheiro seu era pego, imediatamente o desafortunado era desbancado do seu rol de amizades. Até o seu maior comparsa, José Dirceu, indignou-se com a virada de costas que o parceiro lhe deu. O resto da história dessa figura pública, todos conhecemos; o que começou como "orgulho nacional" transformou-se na figura mais execrável que a politica brasileira já produziu. Fico triste. Sobretudo porque também fui levado a crer que os caras seriam a salvação da classe trabalhadora e do Brasil. Fico triste porque, além de ter errado mesmo que por engodo, ajudei, com meu voto, a levar o Brasil à atual situação de penúria e descrédito em que se encontra. Mas, como tem aquele ditado "O orgulho é uma escada que leva o sujeito pro alto, depois afasta-se para rir-se da queda", o Lula caiu. E caiu com a desonra que ele próprio plantou. Caiu porque ninguém está acima da Lei, nem ninguém pode produzir tanto mal e ficar impune. As forças do Bem sempre dão um jeito de barrar os delírios de psicopatas como o Luis Inácio Lula da Silva. Pra isso, colocam em seu caminho pessoas como os Procuradores Federais, Os Juízes Federais como Sérgio Moro e tantos outros Magistrados honrados, Polícia Federal e, principalmente, o povo!! O povo hoje têm consciência do seu poder. Afinal, "Todo poder emana do povo e para o povo"!! O tirano, o "jararaca", o semi deus e o aloprado, está sentindo os efeitos colaterais de quem queria o Poder a qualquer preço. Esqueceu-se, porém, do poder que o Poder tem de modificar pessoas despreparadas. Aí, como bem disse o ditado popular citado acima, a "escada" saiu de fininho e o tombo foi feio. Certamente que virão mais consequências danosas por causa dessa inesperada "queda"! Encerro esse post desejando a você, Lula, um excelente "Dia do Foda-se", criado por você mesmo, quando aceitou um ministério para fugir da Lava-Jato. Essa é uma lição que serve de exemplo para todos nós em qualquer circunstância. 

quarta-feira, 16 de março de 2016

"Ordem e Progresso"?

Tive de voltar ao meu cantinho de desabafo: não poderia me furtar, como Brasileiro que sou, de emitir minha opinião sobre os últimos acontecimentos, que tanto ridicularizaram o Brasil lá fora. Claro que por conseguinte, os ridicularizados somos nós, os brasileiros que pagamos impostos absurdos, para vermos um governo que, também absurdamente, mete a mão no dinheiro arrecadado. Não se fala de pequenos "delitos", ou "mal feitos": são bilhões desviados dos cofres da Nação, para manter o Poder de um grupo que tem a intenção de ficar muito mais de 50 anos no comando do País, praticando toda sorte de achaque a Empreiteiras, bancos, grandes empresários, etc., com a finalidade de se locupletarem. Esse é o projeto de governo dessa facção. Alguém postou numa rede social que se o PT fosse realmente o Partido dos Trabalhadores, deveria ter acabado com os auxílios financeiros e colocar todos os dependentes do atual Bolsa Família no mercado de trabalho! E está certo! Que partido de trabalhador é esse que promove a miséria do povo brasileiro, tornando grande parte dessa gente dependente da migalha que todo mês depositam na Caixa Econômica? Qual futuro terá essa família que, não raro,  nega-se a fazer um trabalho qualquer porque "eu tenho meu Bolsa Família"? Qual o real sustento que esse benefício traz? Sempre achei que a ajuda social é necessária, mas não definitiva! Apesar de muitos não gostarem e não me importo nem um pouco, a ajuda social dada pelos Militares era de suma importância para as famílias: no Nordeste com estiagem, eram feitas Frentes de Trabalho onde o chefe da família ia trabalhar na construção de estradas, açudes, barragens, etc., até a chegada das chuvas. Daí, todos voltavam à sua lida normal, produzido o sustento seu e de sua Região!! Isso sim era AJUDA! O que ocorre hoje é ASSISTENCIALISMO!! Lembro-me de um trecho de um vídeo onde estavam numa sala o Lula, José Dirceu e outros comparsas antes da primeira eleição do Lula, e o Dirceu fazendo as contas: "São mais de 50 milhões de famílias beneficiadas (com o Bolsa Família)! É eleição na certa"! E o fato se concretizou. É assim que agem esses caras. Não importa o País: o que importa é o grupelho se dar bem, de preferência gozando as benesses do Poder por muito tempo. Por outro lado, pergunto-me: como deve se sentir um Ministro do Supremo Tribunal Federal ou um membro do Conselho Nacional de Justiça, quando aparece uma charge como a do "Charlie Hebdo", onde o Lula é mostrado apalpando a bunda da mulher que simboliza a Justiça, numa clara alusão à prostituta que ela, a Justiça, se tornou e ainda com a legenda: "Confirmado: O Supremo Brasileiro é uma Merda"! Não viram ainda? Aí está a imagem que foi capa daquele jornal:

A que ponto chegamos!!!
O que diriam os grandes Juristas do passado ao se depararem com uma situação dessas? E os grandes atuais, que sabemos são poucos, mas que certamente estão indignados com a "independência" dos Três Poderes? Como posso indicar/aprovar um juiz que, de forma acertada porque tenho maioria no Congresso Nacional, será ele a me julgar se necessário for? Como podemos acreditar numa oposição que, quando a Dilma anunciou ou apresentou o Ministro Fachin para o Supremo, o Aécio, em vez de se fazer presente para sabatiná-lo no Congresso Nacional, como líder do partido de "oposição", preferiu embarcar para Nova York para comparecer ao aniversário do FHC? Qual compromisso tem uma oposição dessas? Dou parabéns ao Delcídio por listar todos os políticos de todos os partidos que estão encrencados com a corrupção. Se houver um pingo de decência na nossa Justiça, que se apure tudo. Sinceramente, não quero concordar com o jornal francês e ter de escrever "Je suis Charlie Hebdo" daqui a algum tempo!!