sexta-feira, 13 de novembro de 2015

A "viuvez" política de Mairi!!

Estava vendo o blog do companheiro Agmar Rios e vi uma postagem do Vereador Alan, enumerando um rosário de problemas enfrentados pelo município, por culpa pura e simples do "plagiador de gestões", Raimundo Dentista. Que bom que o nobre vereador está atento e é bom de cobrança. É assim que tem de ser: está errado? Cobrança! Mas parece que o vereador Alan acredita que brasileiro é estúpido demais, que não tem memória, esquece tudo muito rápido, etc. Não é bem assim. Só pra lembrar ao vereador que no post falou que falta remédio nos postos, ele deve saber que o partido dele, que para apoiar Dilma nas pedaladas e segurar o processo de Impeachment, agiu como uma estonteante prostituta, vendendo-se por 5 (cinco) Ministérios, inclusive o da Saúde, responsável pelos repasses aos estados e municípios para aplicarem na nessa área. A própria presidente foi quem cortou alguns bilhões da Saúde e Educação. O vereador, por acreditar que em Mairi ele pode fazer como faz em Aroeira, tratando-nos como um "curral", acha que não buscamos informações ou que aceitamos a pieguice praticada na Câmara de Vereadores, pra mim, se vereador fosse, um motivo de vergonha! Nada se produz naquela Casa a não ser alguns discursos inflamados de alguns vereadores, não raro xingando uns aos outros, inclusive com vergonhosas palavras. Nossa Câmara de Vereadores, Sr. Alan, chamada de "Casa do Povo", não tem a dignidade de uma choupana ao pé da serra! Seria bom se todos os Gestores fossem auditados ao final de cada ano financeiro. Certamente, "malfeitos" como os que fizeram o ex gestor ficar inelegível não aconteceriam tão amiúde. Ser investigado não é ser condenado, como presume o seu post. Aguarde o desfecho pelo menos. Jogar o cidadão que lhe deu um voto contra outros é perverso e desonesto. Certamente que o Senhor, pela índole que tem, não faz parte do grupo dos desonestos. Mas comentários com insinuações de evidências não comprovadas, soam como tal. A Avenida ACM está toda esburacada. Também acho uma vergonha que aquele problema não tenha sido solucionado! Mas V. Excia. se esquece que aquela erosão junto à sede do Mairi Junior's aconteceu na gestão do Sr. Antonio Capeta. Talvez o senhor não se lembre, claro, é uma pessoa muito ocupada, mas foi Capeta quem pediu ajuda a Geddel quando aqui esteve, e a resposta, segundo alguns dos seus próprios correligionários que estiveram com o Ministro naquele dia, foi uma piadinha  do próprio Geddel, batizando a erosão como sendo "o buraco de Capeta", ao que todos, bajuladamente, sorriram e aplaudiram. Essa conversa não foi no palanque. Foi em "off"! Enquanto vocês, hoje oposição, não tiverem um diálogo sério e sem o sentimento de viuvez que parece ter tomado conta dos peemedebistas de Mairi, não cresceremos, não nos desenvolveremos. Pegue como exemplo, Baixa Grande, hoje com um posto do INSS, que poderia estar em Mairi! Alás, seu partido é tão progressista que Waldir Pires ofereceu o posto do INSS que hoje está em Mundo Novo, a 17ª Diretoria Regional de Saúde - Dires, também em Mundo Novo, o Batalhão da Polícia Militar que hoje está em Itaberaba, e os caciques do PMDB de Mairi, capitaneados pelo Sr. Eufrázio Brás dos Santos e Deraldo Cedraz, dispensaram as ofertas, sob a alegação de que Mairi não precisava de nada disso não! O senhor tem conhecimento disso? Tenha as suas pretensões políticas, faça valer suas ideias, mostre sobretudo COMO FAZER, mas não fique do conforto da sua poltrona cobrando uma coisa que você não conseguiu e não está conseguindo pagar. Volto a repetir: ou vocês deixam de lado essa fórmula rançosa de administrar, dizendo agora que Raimundo Dentista utiliza a fórmula carlista, numa postura de eternos viúvos porque o cara saiu do PMDB ou seus bisnetos crescerão vendo essa mesma ladainha ordinária de toda sexta-feira na Câmara de Vereadores de Mairi, pra mim, uma casa de espetáculos de péssimo gosto. Pense nisso.
Um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário