sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Estou com medo. Muito medo!!!

Os últimos acontecimentos estão deixando a gente com muita preocupação. Quando criança, vivi o chamado "golpe de Estado" em 64. Por falta de informação, só tínhamos o rádio, eram disseminadas leviandades a torto e a direito, dando conta que comunista era o diabo e que os militares eram os salvadores da pátria. A bocas pequenas, diziam que o anticristo eram os militares, etc. Éramos bombardeados com informações nem sempre confiáveis. E o medo imperava. Hoje, em pleno século XXI, volto a sentir medo. Não pela falta de informação de 64, mas pelo excesso de informação disponível em tempo real. Mira só: em 64, os Militares combatiam esses "revolucionários" que estão hoje no poder. Com a acensão dos vermelhos ao poder, parece que a coisa se inverteu: hoje, são os Militares que parecem subjugados por uma facção criminosa que, além de arrebentar o País em todos os sentidos, também dominou, a meu ver, as Forças Armadas. Comecei a acreditar nisso quando o Jacques Wagner se tornou Ministro da Defesa. Fiquei a imaginar se haveria humilhação maior que ter de "bater continência" para um sujeito que outrora fora caçado juntamente com seus companheiros, e agora, do alto da sua renomada incompetência, virou o "chefe" das Três Armas! O fechamento desse ciclo está trazendo desesperança e angústia a todos os brasileiros. O meu medo tem fundamento sim, porque com a saída de Jacques Wagner quem assumiu foi um "comunista" dito original. O Aldo Rebelo, do PCdoB! É sinistro. E o esquerdopata já chegou achando que pode intimidar ou anular o poder das Forças Armadas. E começou exonerando o Comandante Militar do Sul, pelo simples fato de o Militar ter feito críticas verdadeiras, é bem verdade, ao PT. Vejam um trecho do artigo da Folha Centro Sul, escrito pelo jornalista Joahnes Silvério: (para ler a matéria completa, acesse www.folhacentrosul.com.br).

Ministro Comunista de Dilma, Aldo Rebelo, 'expulsa' comandante do Sul por criticar o governo

De: Joahnes Silvério>>>
O Sul não vai tolerar isso por muito tempo, o Sul vai se levantar e varrer da face da Terra esse vírus vermelhopata.
'Exonerar', mudar de posto, é o mesmo que calar, e expurgar. E de fato, 'expulsaram' o Comandante do posto determinando que 'feche a boca' em outra cadeira humilhante e insignificante'.
Além de ser uma baita humilhação para as Forças Armadas, ter um comunista como Ministro da Defesa, o Comandante Militar do Sul, Antônio Mourão, foi exonerado do cargo por falar a verdade, ao dizer que os políticos do governo parecem não ter cérebro, e que são grandes vendedores de ilusões, que deveriam ser banidos etc'.
O resultado disso? O Comunista Aldo Rebelo, um sujeito que sequer trabalhou na vida, um político profissional, um ser que se jogar uma Carteira de Trabalho é capaz de sair correndo, assim como a maioria dos bêbados, nóias e demais militantes da CUT, MST e PQP, exonerou o comandante.
Acontece que o comuna Rebelo mexeu com as pessoas de fibra do Sul que apoiam o Comandante e a todos que estão na luta por um Brasil melhor.
Agora, é questão de tempo até o pau comer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário