quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Por que os Militares?

Sei que é um tema polêmico, um verdadeiro barril de pólvora. Mas, como o nome desse blog deixa claro, é apenas Meu Ponto de Vista. Nada mais que isso. Vamos lá: O que os Militares e o Governo do PTfizeram (de bom e de ruim):
MILITARES: A censura indiscriminada;
Governo do PT: Tenta censurar a Internet, redes sociais e amordaçar a imprensa, como os Militares fizeram:
MILITARES: O cerceamento do direito de ir e vir: o cidadão era constantemente molestado sob a "bandeira" da investigação, onde todos pareciam Comunistas.
O GOVERNO DO PT: Se alguém discorda da ótica do atual governo, sofre as mesmas perseguições sociais, onde, sem escrúpulo nenhum os dossiês começam a tomar forma, com o único intuito de aniquilar a voz dissonante, como aconteceu com Roberto Gurgel, Romeu Tuma Júnior, etc., e mais recentemente, com denúncias a torto e a direito contra Marina Silva, Eduardo Campos (antes da morte deste) e Aécio Neves. Praticar o terrorismo como o perpetrado contra o prédio da Editora Abril deixa o PT mais reacionário do que os Militares. Todos sabem que o ato partiu de militantes do partido;
MILITARES: Muitos foram os brasileiros perseguidos e torturados. Lá em Getúlio Vargas, a Olga Benário foi covardemente entregue, grávida,  aos nazistas. São atos abomináveis mas que a História se encarregou de cobrar as responsabilidades;
O GOVERNO DO PT:  Não torturou ninguém fisicamente, pelo menos não tenho essa informação, mas o terrorismo praticado nas redes sociais contra seus desafetos, é qualquer coisa animalesca. O Ministro Joaquim Barbosa que o diga!
Certamente, alguns "revolucionários" têm mais motivos que poderiam ser acrescentados. Tudo bem, não tenho a pretensão de ser historiador.
A proteção da Família:
MILITARES:
Com a censura prévia da programação das Tvs, as famílias podiam assistir aos programas de televisão indicados para cada horário, tendo a certeza que  a moral e os bons costumes estavam preservados. As crianças jamais veriam uma transa escancarada no "Vale a Pena Ver de Novo", no meio da tarde, num verdadeiro atentado à inocência, como acontece hoje. Qualquer pessoa que tenha um mínimo de discernimento, sabe que hoje há um verdadeiro culto à libertinagem, inclusive com a aquiescência dos pais. Aliás, pais esses que não tiveram a convivência com os valores daqueles tempos;
O GOVERNO DO PT: Não é da sua responsabilidade o "randez vous" que virou a cultura brasileira.
Com o advento da abertura política, alinhavada e posta em prática no Governo Militar, criou-se a expectativa de total liberdade. Em sempre falei que o brasileiro ainda não estava preparado para tanta liberdade! Não deu outra: jornalistas nanicos começaram a escrever lixos, os grandes compositores e poetas sumiram, os oportunistas das letras de duplo sentido pipocaram pelos quatro cantos do País e hoje temos o que temos. Volto a insistir nesse ponto: o governo do PT não teve participação na esculhambação que o País se tornou. Apenas se beneficiou dela. Devem ter pensado "já que não querem nada sério, vamos fazer com que todos os alunos sejam aprovados, mesmo que não saibam ler e escrever"!! Essa enorme parcela de culpa eu credito ao atual governo.
AS MÚSICAS ORDINÁRIAS:
O Regime Militar foi tão bom, por paradoxal que possa parecer, que estimulou grandes compositores e poetas a ir fundo na inteligência para comporem peças maravilhosas, que inclusive passavam, não raras vezes, desapercebidas pelos censores do Governo. Não há dúvida que foi uma época por demais produtiva. Lembram-se de quantas músicas, quantos movimentos surgiram nesse período? O que temos hoje? Saiam pela noite de Salvador nos dias atuais e vejam uma apresentação dos "pagodeiros" da Bahia, onde a tônica das letras(??) é a agressão e a depreciação das mulheres, com pérolas como "rala a tcheca no chão", "chupa minha pica..."!!! E o mais engraçado é que, o maior publico pagante é FEMININO!! Bom, questão de (mau) gosto!
Civismo:
O que acontece hoje nas escolas? Quais valores são apresentados aos alunos? Está no noticiário de hoje (05/11/2014) que três crianças de no máximo 10 anos, presentearam a Professora com biscoito envenenado!! Quem tem mais de cinquenta anos e não se lembra da postura que assumíamos perante um Professor, principalmente nas datas cívicas onde caprichávamos no uniforme, às vezes obrigados, é claro, mas não podíamos nos furtar de participar, por exemplo, do desfile do Sete de Setembro!! Éramos obrigados a participar de sabatinas de matemática, para que demonstrássemos que realmente aprendemos. E a Professora tinha o mais absoluto respaldo dos pais para nos colocarem de castigo. Pelo que sei, ninguém daquela época cresceu revoltado com seus professores nem seus pais;
Escola Pública:
Era EXCELENTE!! Não existiam as escolas particulares como hoje. No máximo, em cada capital havia uma ou outra escola que realmente era de excelente qualidade. Os Professores ensinavam com gosto, não pelo salário que deveria ser pequeno, mas pela valorização pessoal e profundo respeito que recebiam dos alunos, da comunidade e dos governantes;
ESCÂNDALOS: 
A seriedade no trato com a coisa pública é uma marca do militarismo. Ainda hoje, no governo do PT, o Exército Brasileiro conclui algumas obras e faz devolução de verbas não gastas. Detalhe: as obras são muito bem feitas;
GOVERNO DO PT:
Aí está a grande diferença dos dois governos: se pegarmos o período em que os militares ficaram no poder, teremos algumas poucas situações em que alguma coisa ficou sob suspeição. Ok: a imprensa quase não tinha acesso às informações. Mas, se fosse algo rotineiro, o tempo certamente teria revelado algum mal maior praticado pela turma da farda. Agora, o que dizer dos últimos doze anos?
Se olharmos bem, pipocou um grande escândalo a cada ano de governo! É revoltante que um Chefe de Estado passe tanto tempo comandando uma equipe e depois que essa equipe se revela da pior espécie, o chefe insista no mantra "eu não sabia de nada, companheiros"!! É chamar a população de burra e estúpida. E nisso o Governo do PT tem a mais absoluta razão, infelizmente. Não vou me alongar mas, para clarear um pouco mais, certamente que se os Militares assumissem o comando do Brasil hoje, a História não se repetiria. Naquela época a informação era quase nenhuma e o Brasil, com exceção de Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, era isolado de toda e qualquer informação. Hoje, nesse exato momento, tem um americano nos vendo e nós a ele, se assim o quisermos. Portanto, o medo da volta dos Militares não é pensando na volta das torturas físicas. Até porque excessos os dois lados cometeram! O que tortura os simpatizantes do PT é a possibilidade de serem apeados do Poder e terem de prestar contas dos seus atos. Se bem que pelo andar da carruagem, essa "prestação de contas" acontecerá muito breve, com ou sem Militares. A História dirá!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário