quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Pobres de Mairi perdem 120 casas!!!

Fiquei sabendo de uma história da minha cidade que me deixou mais amargurado do que nunca: a confirmação que a maciça classe política brasileira não está nem aí para os miseráveis que os elegem, lamentavelmente. Até porque, alguns desses políticos estão hoje realmente na Classe Média, graças a esse contingente de pessoas desprovidas de senso crítico. E nem isso  esses caras agradecem! Alguns dos "nobres" vereadores de Mairi votaram, recentemente, contra a construção de 120 (cento e vinte) casas populares para serem distribuídas com esses mesmos eleitores que engordam as suas contas bancárias, justamente por terem-nos feito seus representantes(??)!! Bem feito!! Agora entendo perfeitamente como deve ser um candidato que só visa o seu próprio bem estar! Será que esses senhores, se assim podemos considerá-los, acham que votaram contra o Prefeito? É claro que essa informação será passada posteriormente de forma distorcida, justamente para engabelarem os não esclarecidos e assim posarem de "oposição"!! Oposição a quem mesmo? Esses vereadores, se tivessem um pouco mais de vergonha na cara, admitiriam que votaram contra o povo, inclusive seus eleitores!! Se tivessem um pouco de vergonha na cara, fariam proposições para aprimorar o projeto, visto que são 120 famílias a serem beneficiadas. Não!! Preferem posar de oposição e simplesmente votar contra tudo que o Executivo apresenta. A quem os senhores estão prejudicando? Ao Prefeito? Ao Vereador que se propôs a doar o terreno? Não meus caros! Eles têm suas casas, seus confortos!! E quem receberia uma dessas unidades o que tem? Certamente os senhores não sabem porque nos casebres provavelmente não pisam os pés! Limitam-se a fazer "pequenos favores" que serão regiamente cobrados nas eleições! Mereciam, se fosse um País esclarecido, ser banidos da política! São os fomentadores da miséria, para dela tirarem proveito! Aves de rapina que um dia serão abatidas pelo voto consciente. Meu repúdio a "Vossas Excelências", pois que são excelência na perversidade, no descaso com quem os elegeu! Abutres!!

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

...E a arrogância caiu por terra!!!

Os resultados dessas eleições - 1º Turno - serviram para fazermos algumas considerações. Houve quem renovou o mandato com louvor, outros que sequer tiveram um número considerado de votos e outros que, com a certeza da reeleição graças ao seu "curral", amargaram a maior rejeição popular! Quem teve uma votação expressiva em 2010,  e aí me incluo como seu eleitor, foi o Deputado Federal Amaury Teixeira, de Jacobina. Pegando carona num trabalho maravilhoso desenvolvido pela SESAB, o então Diretor Geral daquele órgão se viu a poucos "metros" do estrelato político. O Programa Saúde em Movimento foi a catapulta para a realização dessa possibilidade. Com habilidade e comedida arrogância, o hoje felizmente ex Deputado Federal Amaury Teixeira foi conquistando o eleitorado. Não se pode negar o enorme benefício que o Saúde em Movimento trouxe para todo Estado. Como também não se pode negar o lobby que esses caras fizeram. Recentemente Jorge Solla se elegeu Deputado Fecderal, usando a máquina pública. Não tenho constrangimentos em afirmar que se eu estivesse no lugar deles provavelmente iria querer que o povo reconhecesse meu "trabalho"! O grande barato é que logo após assumir a cadeira de Deputado Fecderal o Amaury sumiu. E não estou falando que ele devesse estar todo fim-de-semana em Jacobina!! Sumiu principalmente dos amigos. Hoje, no carro que trabalho, ouvi um comentário dando conta que um ex colega de faculdade do Amaury, formado com ele, que trabalhou com ele, estava triste com o amigo. Nunca mais havia recebido um telefonema do ilustre e, quando ligava para dar uma sugestão de projeto, por exemplo, a ligação nunca chegava até o amigo. A frustração do colega é imaginar que o não atendimento das ligações poderia ser uma precaução contra "pedidos"!! O que eu acho é que o Deputado Federal que eu votei em 2010, estava mais preocupado em rosnar pelos corredores do Congresso Nacional em defesa dos seus pares, do que buscar resolver os problemas da macrorregião que o elegeu. Ainda tentou ocupar a Prefeitura de Jacobina, sem êxito. Deveria, a partir dali, fazer uma auto análise para buscar entender o motivo da rejeição. Mas, como todo arrogante, estufou o peito e voltou ao Planalto Central para, agora, como um verdadeiro ator canastrão, buscar as velhas costas sofridas pelo descaso da classe, para depositar míseros tapinhas eleitoreiros. "Não"!! Disseram os jacobinenses que como eu puderam ver, depois do poder nas mãos, quem realmente é Vossa Excelência!! Ou melhor, esse tratamento honroso já não lhe pertence mais. Você é a prova do fracasso eleitoral do PT na região de Jacobina. Outras "demissões" virão! Ainda bem!

terça-feira, 21 de outubro de 2014

O Rio da Integração!!

Ao pé da letra, é o nosso querido "Velho Chico"! Mas nesse caso específico, estou falando de outro rio que, como o "Velho Chico", agoniza. Sou saudosista assumido e por isso resolvi escrever ou descrever a saudade que me peguei sentindo esses dias, do meu querido Rio Jacuípe!! Numa dessas noites de insônia fiz uma viagem ao passado, como quem coloca uma velha película cheia de "cortes" e colada com fita "durex" pra continuar a assistir. Fiz isso: não utilizei "durex" mas os fragmentos de maravilhosas lembranças vividas no Poço do Angelim, onde, no verão, as populações de Mairi, Angico, Serrolândia e Várzea do Poço, como que combinado, encontravam-se lá. A agonia começava ainda no sábado na hora de comprar "as carnes do feijão" que preparávamos para levar pro rio, sob a organização do saudoso Chiquinho da Pipoca ou, mais tarde, Frans Pop Show!! Domingo cedo Neca Lavandeira, com a caminhonete de Zezito do Couro nos levava pra Manguinhas, nosso Paraíso. Antes de chegar no Jacuípe, uma passadinha em João Gabino, no Angico, pra "queimar o dente" com uma caninha das boas. "Anda, anda logo que quando chegar lá não vamos encontrar sombra..."! Sempre alertava Chiquinho, referindo-se à frondosa copa do Angelim que fornecia enorme sombra, mas devido ao grande movimento corria-se o risco de perder o "cantinho"! Eu levava um violão e era só descermos do carro pra nos atirar nas águas deliciosas do Poço do Angelim!! Havia como que um "acordo de cavalheiros" não escrito e nem verbalmente firmado, em que os rapazes de Várzea do Poço toleravam as paqueras das suas conterrâneas conosco, também porque fazíamos "vista grossa" para suas paqueras com nossas meninas. Perfeito! Sol escaldava e a gente na água. Aí a treita: quem se arrumava (com uma namorada) procurava sempre um lugarzinho um "cadim" mais fundo pra..., digamos, "fazer os corpos ficarem mais leves", por obra das duas "químicas": a corporal e a Química Ciência, Densidade dos líguidos..., por assim dizer!! E com o barulhinho das águas cúmplices do Jacuípe embalando dois corações em brasa, não havia nesse mundo de meu Deus quem fizesse maiores juras de amor! O mais engraçado é que, analisando hoje aquela situação, os "ficantes" atuais seriam considerados prostitutos! Estou falando da "liberdade" que não era tanta...! As garotas mais "espevitadas" permitiam, no máximo!!!!!,  que sua mão esbarrasse muito rapidamente nos seus seios!! Pureza total, pra agonia dos marmanjos que não se aguentavam. Às vezes me pergunto como vez por outra alguém aparecia ligeiramente..., quero dizer..., um tantinho grávida!!! "É coisa de "encanto" das águas ou Boto Cor de Rosa..."! Será que tem Boto no Jacuípe? Ôxe...!! Mas vá vendo...!! (kkkkk). Nos dias de festa em Várzea do Poço, aliás, é o melhor carnaval da região até hoje, sempre éramos bem recebidos: um amigo em comum que ainda hoje vive naquela cidade e que tive o prazer de reencontrar depois de décadas, Tio China, fazia qualquer coisa pra reunir a turma para uma boa roda de samba!! Minha primera cidade visitada foi Varzea do Poço. Meu pai, compadre de Mestre Silvino, cabeleireiro de mão cheia, toda sexta-feira me levava prá lá. Madrinha Biú, pequenina no tamanho e gigante na bondade, sempre me recebia com todo o carinho. Meus primos Nôca e Vado sempre me levavam pra "tenda" de padrinho Silvino onde havia também uma mesa de bilhar. Aí é que eu não deixava ninguém jogar! Tudo isso aos 5 ou 6 anos, já que aos sete mudei para Mairi. Lamentável ter passado recentemente pelo povoado de Manguinhas e em visita ao meu querido Poço do Angelim meu coração sentiu-se perfurado. No instante que olhei em volta e nada daquilo que vivi na minha adolescência estava lá, considerei-me um estranho, sem passado e sem futuro. Força nenhuma, nem a estúpida força humana vai me fazer desistir de considerar o Rio Jacuípe o Rio da Integração..., da minha integração, pelo menos. Ainda tenho o mesmo amor por Várzea do Poço, Angico, Manguinhas, Serrolândia, etc., justamente porque, graças ao Rio Jacuípe pude conhecer e conviver com as pessoas que como eu, buscavam a paz e a harmonia que só nosso saudoso Poço do Angelim nos proporcionava. Que consigamos salvar nossos rios e que as lembranças também não morram!!

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

A arrogância com o rabo entre as pernas!!

Essa eleição serviu demais para mostrar às pessoas que o deus molusco é uma tremenda farsa, ainda que muitos (farsantes) o endeusem!! Justamente no seu Estado de orígem, olhem o que o Augusto Nunes apurou e publicou na sua coluna em Veja.com:

07/10/2014
às 19:46 \ Direto ao Ponto

O naufrágio no estado onde nasceu e o fiasco no berço político avisam que vem aí a falência do fabricante de postes

LULA EM PETRO
O "fabricante de postes" falido!!
Em 2010, coligado com o PSB de Eduardo Campos, o PT de Pernambuco garantiu uma das duas vagas no Senado para o companheiro Humberto Costa (a outra ficou com Armando Monteiro) e elegeu quatro deputados federais. Animado com o desempenho do partido, Lula resolveu mostrar em 2012 que dava as cartas na capital do estado onde nasceu. Sem consultar ninguém, proibiu o companheiro João da Costa de concorrer à reeleição, ignorou os demais interessados e avisou que o prefeito do Recife seria Humberto Costa. Eduardo Campos sacou do coldre a candidatura de Geraldo Júlio, secretário do Desenvolvimento Econômico, e devolveu ao Senado o poste fabricado pelo ex-presidente.
Passados dois anos, Lula reprisou o show de arrogância. Novamente sem consultas aos sacerdotes, o único deus da seita ordenou ao rebanho pernambucano que se subordinasse à coalizão liderada pelo petebista Armando Monteiro, candidato a governador . O PT teve de conformar-se com a indicação de João Paulo, ex-prefeito do Recife ao Senado. A aliança forjada pelo genial intuitivo foi muito bem nos institutos de pesquisa. Pena que o eleitorado teime em discordar dos ibopes da vida. Escolhido por Eduardo Campos, o quase desconhecido Paulo Câmara massacrou Monteiro com um recorde nacional: 68% do total de votos.
O triunfo póstumo do governador abatido por um acidente aéreo foi ampliado pelos 64% do senador eleito Fernando Bezerra, que devolveu João Paulo às sessões de meditação, e pelo sumiço da bancada na Câmara: o PT não elegeu um único e escasso deputado federal. Pior ainda, o segundo turno da eleição presidencial pode tornar bem mais sombrio o opaco desempenho do PT em Pernambuco. Na primeira etapa, Marina Silva venceu com 48% dos votos, Dilma conseguiu 44% e Aécio amargou minguados 6%.  O apoio público de Marina e da família Campos deverá, na pior das hipóteses, aumentar substancialmente a votação de Aécio e, como efeito colateral, reduzir o raquitismo do eleitorado tucano no Nordeste.
Somado ao naufrágio de Alexandre Padilha e Dilma Rousseff nas urnas de São Paulo, o fiasco de Lula na terra natal informa que a fábrica de postes não sobreviverá à remoção do que escurece o Planalto há quatro anos. Por falta de fregueses, a produção já foi interrompida. A hora da falência chegou.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Quanto vale um "Muito Obrigado"?

Não me contive e por isso estou fazendo esse post. No vídeo abaixo, feito por uma instituição financeira do Canadá, dá pra gente ter noção do que um "muito borigado" pode representar para as pessoas. É um vídeo lindo e emocionante. Cada vez mais eu chego à conclusão de que os banqueiros brasileiros, inlusive o Governo Federal com os bancos oficiais, no lugar dos corações têm calculadoras de cem dígitos. São extremamente gananciosos e desumanos. Quando um banqueiro no Brasil terá uma atitude ainda que seja uma caricatura dessa contida nesse vídeo? Certamente nunca! Estão sentados sobre as cédulas de cem reais e das moedas de cinco centavos, para terem a certeza de que não perderão um centavo sequer das suas fortunas. A idade está me mostrando o que realmente é fortuna e riqueza. Certamente que os nossos banqueiros, são tão miseravelmente pobres que só têm dinheiro! Talvez um dia consigamos nos igualar ao Chile. Já seria um bom começo!!!


Uma surra e tanto!!

Essas eleições serviram, inclusive, pra confirmar de vez que os tais institutos de pesquisa são uma furada. A Diretora do Ibope alegou que a diferença se deu porque a pesquisa foi feita no sábado, dia 4 e que na hora de votar o eleitor muda de ideia. Duvido! Quem acompanha a chatice do horário político, desde cedo já sabe em quem votar. As exceções ficam por conta de tragédias como a que vitimou Clériston Andrade e, a última, ceifando a vida do Eduardo Campos. Por comoção até, a Marina foi vista num primeiro momento como a "mãe dos órfãos" eleitores do ex governador do Pernambuco. Passado esse momento de consternação, as pessoas se deram conta do vazio das propostas da Marina e a queda contínua nas pesquisas foi inevitável. A Ascenção do Aécio era certa. Até porque, mesmo com a "pesca" de tudo que foi feito ou, pelo menos a Presidente disse ter feito, titubeou sempre que era pra responder a qualquer pergunta. Só foi firme mesmo quando perguntaram sobre as prometidas ferrovias e disse: "...Veja bem: nós criamos o Pronatec..."(??) Pois é: neurônio manco dá nisso! Estava hoje em Feira de Santana e uma emissora comentou durante alguns minutos a eleição dos Deputados Federais e Estaduais. A gritaria foi enorme porque os vereadores fizeram campanha e elegeram os "estrangeiros". Bem feito!! Colbert Martins acha que a fidelidade dos votos do pai é eterna. Não é!! Precisa dizer a que veio, "correr atrás", como disse o radialista, em vez de aguardar os resultados se confirmarem! Bem feito também pro Paulo Souto!! Pela segunda vez o Ibope lhe sacaneia. Aliás, é pouco pra quem tanto sacaneou com o funcionalismo. Esse nunca mais ganha nada. Se duvidar, até no "palitinho" vai perder. Pois é: apanhou do Ibope e do ilustre desconhecido "Ruim" Costa!! E o arremedo de "coroné" de Jacobina? Esse teve de ficar murchinho e se acomodar na sua grandiosa insignificância!! Amauri Teixeira achou que estava com a reeleição garantida até 2090!! Esses caras ainda não aprenderam que o povo vota às vezes errado, mas também sabe não dar um voto na hora certa!! Pena que essa "hora certa" é de caju em caju! Mas tá indo! Agora é esperar o 2º turno. O serviço de meteorologia está anunciando nuvens negras ilustrando a campanha, em detrimento da apresentação clara de propostas reais e viáveis como plano de governo. Mas isso aí são outros quinhentos!!