quarta-feira, 13 de agosto de 2014

A Maré de Azar do Brasi!!

Todos  os anos, em determinada época, normalmente no final/início do Ano Novo, acontece um sem número de desastres. Eu já fico esperando a Tv e os jornais mostrarem as manchetes trágicas. Fico "esperando" não por ser agourento! É que isso tem-se revelado pontual. Tivemos a covardia do Putin e seus bárbaros, tivemos outro acidente em Balsas, no Maranhão, morreram Ariano Suassuna, Rubem Alves, João Ubaldo Ribeiro, morreu também uma amiga minha em Mairi e agora, Eduardo Campos!! Enfim, esse final de ano tá meio puxado, como de costume. Não vou usar de gracejos como sempre faço porque o assunto é sério. O Brasil nunca se viu tão costurado numa rede de azar como nos últimos meses: denúncias de todos os tipos e que apontavam para gente de todo tipo; Copa do Mundo linda na acolhida aos turistas,  mas com bastidores tão fétidos quanto os banheiros públicos de muitas cidades que conheço; goleada humilhante, lágrimas em exagero ou pra demonstrar de vez a frouxidão dos nossos "craques", desalento e mais desalento. Justo agora que o Nordeste estava se preparando para dar uma votação expressiva ao candidato conterrâneo Eduardo Campos, vem essa tragédia!! "Somos fortes", como cantam os poetas populares e letrados. Mas, sinceramente, com toda essa maré de azar, nao há fibra que resista. Só nos resta agora esperar os 10 dias que a chapa tem para indicar o novo candidato. Segundo o TSE, a preferência é dada a alguém do mesmo partido. Vamos ver. Não sei se no partido do Eduardo Campos tem outra pessoa que possa substituí-lo com as chances reais de votação expressiva. Por outro lado, como Marina Silva tirou os correligionários da "Rede" e os jogou na "esteira", deixando-os órfãos, não sei se ela, com aquele discurso manjado de pessoa frágil e defensora da Ecologia, terá tanta força quanto no passado. Pelo menos, do meu voto ela estará
livre. Fica, portanto, essa lacuna no cenário político nacional. O outro azar do Brasil é com a falta de homens honrados. Estamos mergulhados numa crise sem precedentes de honra, ética, moralidade, decência, etc., etc. Olhamos pros quatro cantos e quem  se nos apresenta? Eu vejo o caso da Bahia onde o funcionalismo público na época do Paulo Souto, viveu os piores 18 meses de suas vidas: todos de nível médio tiveram seus salários rebaixados para mensos de um Salário Mínimo!! Passamos um ano e meio sendo pisados e desrespeitados. Agora, quem se apresenta como "salvador da pátria"? E olhe que tem reais chances de ganhar!! Aí vem os picaretas como o Da Luz que, torcendo para um segundo turno, poder vender uns votinhos, normalmente a quem estiver na frente. Vimos isso na campanha para prefeito em Salvador: ele, Márcio Marinho e o escroque do Mário Kertész venderam apoio ao PT. Bem feito: um "anão" derrotou os gigantes. É a repetição da história de Davi e Golias. Espero sinceramente que tudo transcorra com a tranquilidade que a situação precisa. Tomara também que a coligação que tinha à frente o candidato Eduardo Campos encontre uma forma de equacionar da melhor forma possível esse problema. Que Deus o receba com a sua Luz e que faça esse brilho atingir os nossos corações aqui na Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário