segunda-feira, 14 de abril de 2014

Alerta: Estamos nos matando!!!

Participei recentemente em Jacobina, de uma verdadeira Força-Tarefa coordenada pelo Ministério Público Estadual, onde vários órgãos fiscalizadores se juntaram para identificar problemas cosiderados graves, na região. Os problemas iam desde Saneamento Básico a garimpos clandestinos que devastam tudo ao seu redor, porque usam dinamite para a atividade criminosa. Algumas equipes como Ibama e Mineração necessitavam de maior proteção, devido aos riscos das suas incursões pelos locais previamente identificados. Houve, por parte do Ibama, a apreensão de vários "canarinhos da terra" em casa de um criador credenciado pelo órgão!! O cidadão conseguiu a licença para criar pássaros e assim se tornar um Educador, para conscientizar seus conterrâneos. Quando o Ibama chegou à sua casa, o flagrante. Aí o crime é pior porque o cidadão tem ciência total do risco. Cana na hora e apreensão dos animais. Outro ponto interessante diz respeito aos lixões. Sabemos que 2014 é o ano limite para os Prefeitos organizarem seus lixões. Não vejo bons resultados vindouros, visto que a maioria dos municípios, sozinhos não têm condições de construir aterro sanitário. Então, qual seria a recomendação? Para os mais pobres, pelo menos fazer uma espécie de compostagem do lixo, ou seja, abrir valas e enterrar. Na minha opinião a situação vai piorar. O solo e quiçá o lençol freático no entorno dos lixões já estão contaminados! Fazer valas e enterrar o lixo e deixar por um tempo, vai faltar espaço para depositar novas quantidades coletadas. Tenho visto no interior, prefeituras tapando buracos de estradas menos importantes com a terra tirada justamente dos lixões! É comum a gente ver pedaços de sacos plásticos aflorando a terra da estrada, como um aviso de que ali está plantada a morte do Planeta. Essa saída só faz piorar a situação: pegam a terra contaminada e levam para outros recantos do município, cotaminando outras áreas!! Não entendo nada de meio ambiente mas entendo muito de Jenipapo e Lagoa de Arnor em Mairi, onde uma nascente de riacho e um "caldeirão" foram assassinados pela contaminação! Pelo visto, se não tivermos cuidado, é melhor a gente começar a acostumar o intestino com solução de bateria e "caldo de pilhas Ray-o-vac "!! Fica o alerta. Vejam as fotos abaixo e tirem suas conclusões. Esse lixão é de uma cidade de aproximadamente 30 mil habitantes. Já imaginaram uma cidade bem maior?

Isso é o que mais sabemos fazer: Destruir!!!

A "Festa" e seus "convidados" de Black Tie!!



Como não deve estar esse solo e subsolo?


Um "mar" de lixo!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário