domingo, 23 de fevereiro de 2014

Um Exemplo de Amor Eterno!




Hoje amanhaceu como todo domingo de verão numa cidadezinha do interior: sol claro, ruas movimentadas, programação noturna envolvendo inclusive o lançamento do Cd de um amigo onde faríamos a abertura do show, enfim, seria um domingo perfeito!! Seria! A "moto-som" passa anunciando o sepultamento de uma grande amiga. Aí, aquele domingo de sol lindo fica cinza, chove entre as horas da manhã e começo da tarde, como se também os céus estivessem tristes com a irreparável perda e também chorasse. O tom cinza continuou mas as lágrimas dos céus cessaram para que o sepultamento fosse efetuado. Olhem que coisa incrível: hoje, justo hoje, minha amiga estaria aniversariando! E agora, dou-lhe os "pararabéns" ou manifesto-lhe meus sentimentos de pesar? Que irônico!! É: para nós, pobres mortais pecadores, os desígnios de Deus não são compreendidos. Por isso, resta-me o consolo de saber que, certamente, houve apenas uma transferência de "local" da sua festa de aniversário. Com a mais absoluta certeza nossos Irmãos de Luz prepararam uma linda festa para recebê-la. Afinal, ninguém mais que ela merece uma festa dessas. Ninguém, além dela, cumpriu a promessa que fizera aos pés de Jesus, no altar, no dia do seu casamento: a de formar uma família maravilhosa e fazer dessa família um grande motivo de orgulho para todos que a conhecessem. E assim o fez, com a sabedoria que poucas pessoas desenvolvem. E essa tarefa foi-lhe facilitada porque, sabendo que um grande coração precisa de outro grande coração, Deus colocou no seu caminho aquele que seria e será sua Alma Gêmea por toda a eternidade. Hoje eu acredito naquele símbolo do "amor eterno", que foi tema de novela recente. A receita do sucesso de D. Eurides é muito simples. Mas será que as outras pessoas sabem apreciar a real grandeza e beleza do "simples"? Ela, juntamente com o Companheiro Flamarion, souberam não só contemplar a beleza do singelo como também fizeram, com simplicidade e sabedoria, uma família absolutamente estruturada bela e unida, como vimos hoje na despedida da aniversariante do dia. Foi pesaroso. Muito pesaroso mesmo ver o abatimento dos "meninos", meus amigos de infância, das "meninas" que até ontem "pegavam fogo" nas brincadeiras de criança sob os olhares risonhos e felizes dos seus pais; como foi doído...!! Muito doído ver meu grande amigo Flamarion com tanta desolação pela perda. Muito embora ele saiba que o reencontro acontecerá, é sim uma eternidade um dia sequer longe da pessoa amada. Quem dera eu tivesse a capacidade de aglutinar pessoas queridas perto de mim como esse feliz casal conseguiu nesses anos todos. Peço a Deus e aos Irmãos de Luz que conduzam minha querida amiga à Luz Divina paa que descance na paz do Senhor. Prá finalizar, meus parabéns, sem festa, minha amiga Eurides. Fique com Deus!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário