sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

"Sem apurar, não confie"!!

Engraçado como a vida prega peças nas pessoas e nas empresas que posam de "absolutamente corretas"!! Estava vendo o acidente envolvendo o cinegrafista da Tv Bandeirantes, ontem e mais uma vez percebi que fatalidades existem mesmo. É claro que não era necessário o black block acender rojão algum para demonstrar sua insatisfação com os rumos da nossa política, ou da política de reajuste de preços das tarifas de ônibus ou coisas que o valham. Se todos os outros participavam da manifestaçao de forma absolutamente ordeira e pacífica, por que esse grupo de vândalos insiste em depredar e destruir o patrimônio físico das pessoas e das cidades? Aonde acham que vão chegar? Certamente a acidentes estúpidos como o de ontem, que vitimou o cinegrafista da Band. Revendo as fotos e os vídeos do momento que ele foi atingido, chego à conclusão de que ele estava no lugar certo no segundo errado. As fotos mostram o artefato no chão, começando a pegar fogo e o profissional da Band estava relativamente distante. O "rojão" NÃO FOI atirado contra o rapaz: como esses artefatos tem uma espécie de propulsor para fazê-los subir e depois, nas alturas, explodirem, assim aconteceu. Lamentavelmente o cinegrafista estava na trajetória do foguete. Vendo o Brasil TV de hoje, na Globo, o apresentador dá conta de que um reporter da Globo News que fazia a cobertura do evento, informou que o funcionário da Band fora  atingido "por uma bomba de gás lacrimogênio atirado pelos poloiciais"! O Brasil TV informou ainda que, após ver as fotos e imagens do acidente o jornalista da Globo News voltou atás e retificou sua declaração. Engraçado: justamente a Globo News que tem duas vinhetas, bem feitas por sinal, onde afirma que notícia é que nem comida ou água: precisa ser investigada para consumir!! Justamente um cara da Globo News que tanto prega a investigação e apuração da notícia para só então depois, divulgar, comete o pecado dos iniciantes
em busca de "furos"!! E olhem que o cara estava lá na hora do acidente! Será que estava mesmo ou fez a matéria usando algum dispositivo móvel no conforto de algum ambiente aconchegante? Paradoxal, no mínimo.



Ponto de partida do artefato.

Artefato pega fogo e dispara...

...para atingir o cinegrafista!

Nenhum comentário:

Postar um comentário