segunda-feira, 30 de setembro de 2013

O Ipê "Ladrão"?

Assisti, na semana passada, um episódio gratificante e ao mesmo tempo curioso. Gratificante porque foi um colírio para os olhos tanta beleza num lugar só! O curioso é que essa beleza fica no centro da roubalheira que enfeia nossa História. Estou falando do Ipê Branco que, sozinho, fez parar Brasília ou, para ser mais exato, uma das esplanadas dos ministérios do Ali Ba..., bom, deixa pra lá. Segundo explicação da repórter, o Ipê Branco é o último da espécie a florar. Tem o Roxo, Amarelo, Vermelho e o Branco. Eu mesmo já vinha observando essa árvore majestosa por conta das minhas andanças pela Bahia. A curiosidade é que qualquer das espécies flora sozinha, majestosa, absoluta, ao lado das outras árvores com suas flores ainda em botão. Não sei se o Ipê é apressado ou vaidoso. Aliás, deve ser por vaidade mesmo, até porque ele é visto de longe, justamente por ser mais alto que a maioria das suas "concorrentes". Pode ser egoísta, vaidoso, o que ele quiser ser: mas é lindo inegavelmente. Eu não podia deixar de fazer esse registro, até porque o curioso é que, em Brasília, até o Ipê é "ladrão"!!! Só que a bela árvore só rouba a CENA!! Até porque, por ser vaidosa, logo logo suas flores caem da copa e passam a enfeitar o chão. Mas, como sabemos, tudo pode acontecer no Planalto Central; até uma árvore "roubar" a atenção das pessoas!!



Senhores, apresento-lhes o "meliante"!!


Ipê Amarelo, região de Nova Itarana - Ba.



Nenhum comentário:

Postar um comentário