terça-feira, 23 de julho de 2013

As Manifestações no Brasil!

Todo mundo utilizou a internet e redes sociais para discutir, acertar e marcar os pontos de encontro para saírem todos pelas ruas, em manifestações contra o que há de podre no País. Tudo muito bom, tudo muito bem, mas, e de prático, o que se obteve de resultados? É certo que ali e acolá muitos empresários, prefeitos e concessionários de serviços públicos cederam. Podem não ter tido a flexibilidade que as vozes pediam, mas ainda assim cederam. Há quinze dias atrás, voltando de Mairi para Salvador, deparei-me com algo positivo: os dois pedágios da BR 324, sentido Feira/Salvador/Feira, estavam com as tarifas reduzidas. O automóvel que pagava R$1,80 passou a pagar R$0,90. As motos que pagavam R$0,90 passaram a pagar R$0,50. Foi bom enquanto durou!! Neste domingo, 21/07, em viagem oficial para Jequié, constatei que "tudo estava como dantes no quartel de Abrantes"! Os preços voltaram ao "normal", ou seja, R$1,80 e R$0,90, respectivamente. Portanto, cadê o resultado das manifestações? Será que teremos de ficar nas ruas os 365 dias do ano para que possam valer permanentemente as isenções ou reduções de tarifas? Não podemos deixar que nossas reivindicações se transformem em mero "fogo de palha", senão corremos o risco de perder o respeito (já tão ínfimo) dos nossos governantes. É preciso, além de reivindicar, ficar atento às possíveis reduções de tarifas e mudanças ou não de comportamento, para que todo esforço não tenha sido em vão!

Essa foto já correu o mundo!!

Jacobina merece ser conhecida pelo resto do mundo não pelos seus desmandos administrativos, mas pelos seus encantos, que são muitos e pela sua gente tão hospitaleira!! É triste quando aparecemos no cenário nacional ou internacional por motivos que nos diminuem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário