segunda-feira, 17 de junho de 2013

É Nisso Que Dá!!

Essa notícia é do blog alertatotal.net. E isso é só o começo!


domingo, 16 de junho de 2013

Vaias para os vendilhões da Pátria

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão – 
serrao@alertatotal.net

A Presidenta Dilma Rousseff recebeu ontem, no Estádio Mané Garrincha, o mais evidente sinal de que sua reeleição está indo para o ralo, embora a propaganda governamental e petralha tente vender o contrário. Resta a Dilma o consolo de que, nas redes sociais, a ululante vaia que a torcida brasileira lhe presenteou ajudou o popularizar seu nome, mundialmente, graças à abetura da Copa das Confederações da Fifa, vista por todo o planeta. Legal, né, Dilma...

Para a petralhada, nada como um dia atrás do outro. Nesta segunda-feira está marcada mais uma manifestação de rua no centro de São Paulo. Desta vez, o PT pretende tirar proveito da confusão que se anuncia. Vai escalar sua militância aguerrida para aproveitar o embalo e concentrar as críticas e broncas no governador de São Paulo. O negócio é vaiar Geraldo Alckmin. Legal, né, Dilma...

Para a petralhada, Alckmin será apontado como o vilão que aumentou as passagens e que botou o PM para baixar o pau em quem protesta. A tática é esquecer aquele menino bonito, bacana, o companheiro Fernando Haddad e detonar o outro – inimigo político. O PT é tão pragmático nestas horas de crise que já ensaia até um apoio ao Gilberto Kassab, na luta pelo Palácio dos Bandeirantes em 2014, só para desaninhar os tucanos. Legal, né, Dilma...

No campo radicalóide, a passeata promete uma novidade antipatriótica. Os estudantes da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas - FFLCH-USP – inventaram uma maneira criativa de neutralizar a quase certa repressão policial na hora da baderna. Eles espalharam nas redes sociais a seguinte recomendação:

“Usem a bandeira brasileira como manto em volta do corpo, qualquer ato contra uma pessoa que esteja com a bandeira sobre o corpo é um ato contra a bandeira nacional. Isso é crime conforme o art. 44º do Decreto-lei nº 898, de 29 de setembro de 1969: "Destruir ou ultrajar a bandeira, emblemas ou símbolos nacionais, quando expostos em lugar público. Pena: detenção, de 2 a 4 anos."

A grande dica de tática de protesto prossegue: “Os policiais provavelmente não vão respeitar isso devido à seu péssimo treinamento e pouco amor à pátria. Isso vai fazer eles se atacarem, pois vão ser feitas fotos com policiais atirando contra a bandeira, atirando spray de pimenta e bombas. Mesmo se nesse momento a imprensa não ficar a nosso favor, vai atrair a atenção da imprensa internacional. Não apenas pelo fato do ataque à bandeira, mas também porque o dever de policias/bombeiros e médicos é servir a sua pátria”.

Na conclusão dos sábios estudantes, adeptos de ideologias internacionalistas e agentes conscientes à serviço do globalitarismo patrocinado pela Oligarquia Financeira Transnacional contra o Brasil, eis a mensagem que retrata a inutilidade destas figuras para o Brasil. Escreveram os gênios da USP, que estudam de graça ao custo da sociedade brasileira: “Não somos patriotas, eu sei, porém é uma tática boa contra a Tropa de Choque."

A PM de São Paulo que se cuide. Sua imagem sofrerá mais um ataque, enquanto o braço operacional do crime organizado lhe prepara mais uma armadilha fatal. Em todo o ano eleitoral, por coincidência que não existe, o PCC promove seus atos de terrorismo. Vide o que o Alerta Total denunciou ontem: Alckmin e comando da PM-SP ignoram ameaça feitapor traficantes de degolar policiais que os reprimirem

O Brasil merece tanto lixo ideológico produzido pelos sociopatas no poder e seus agentes conscientes ou inconscientes?

Como diria o Joseph Blatter, chefão da FIFA, haja “fair play”...


Nenhum comentário:

Postar um comentário