quarta-feira, 22 de maio de 2013

Que venham os 60!!!




Amanhã estarei completando 59 anos! E podem acreditar: vou comemorar muito! Não é todo dia que se alcança a casa dos 60 com saúde (espero, he he), bom humor e feliz da vida! Já estou ansioso para que chegue o 23 de maio de 2014. Quero só ver como serei tratado nesse Brasilzão de meu Deus. Brincadeiras à parte, gostaria de compartilhar com vocês esse momento de expectativa e também de retrospectiva. Quero emplacar os 60 sem "débitos" para comigo mesmo. Agradeço a Deus pelos pais que tive, pelos irmãos que tenho, pelas mulheres que me amaram e me odiaram, se o conseguiram um dia, agradeço às pessoas que me fizeram caminhar em direção ao amadurecimento, muito embora eu ache que, no máximo, estou "de vez", porque se amadureço estou por um triz para cair da árvore. Não!! Ainda tenho muitos erros a cometer, muitos acertos a comemorar e sobretudo muitos amigos a conhecer para admirar poucos e me decepcionar com muitos como, aliás, acontece na minha vida desde sempre. Ainda bem que não preciso ficar me policiando o tempo todo: quem é ordinário não consegue enganar por muito tempo. Ainda bem! Sei que ainda vou chorar muito mas peço ao Pai que permita não ser esse choro de dor. Teria até algumas sugestões para o Altíssimo: 1) Que eu chore de emoção ao abraçar minha filha Ariane Berger; 2) Que eu chore de alegria ao reencontrar meus amigos do Paraná, do Piauí e de São Paulo e de todos os lugares por onde passei; 3) Que eu veja minha outra filha Raphaela na plenitude da sua labuta;4) Que eu chore ao ver a caçulinha fazendo novos discursos como o que ela fez na sua formatura; 5) Que meu filho Cassimiro continue seguindo em direção à pessoa maravilhosa que ele está buscando conseguir ser e já está pertíssimo! Quero pedir desculpas às pessoas que um dia magoei. Espero que entendam que quando garoto cacei de estilingue pequenos passarinhos. Ignorância!! Pura ignorância! E aos ignorantes não se deve imputar nenhuma pena. Mas se quiserem me condenar assim mesmo, que me condenem a viver prisioneiro nos seus corações. Verão que não farei bagunça. Já estou de cabelos grisalhos e quero ver também qual será a reação dos jovens sentados nos bancos dos coletivos destinados aos da Terceira Idade, Melhor Idade... Esse troço aí. Certamente vou rir muito ao perceber que a minha presença causará bastante sono a esses moleques! Eu confesso que essas hipóteses me fazem rir, até porque não pareço ter 59 ou 60 anos. Sou moleque demais para entrar nessa faixa etária. Será que se eu pedisse ao Altíssimo ele me mandaria para meu quarto "Ponto de Restauração do Sistema"? Foi exatamente aí que fiz o "download"  de uma pessoa maravilhosa para meu coração e gostaria de ter esse lance "reiniciado". Esse "arquivo" se chama Maria Amélia, não é tão grande, mede mais ou menos 1,63 m, e é absolutamente ligth, sem o vírus do mau humor, da maledicência, etc. É meu "arquivo" preferido para ir comigo no "pen drive" imaginário que coloco no lado esquerdo do peito para pulsar sempre junto e conectado com meu coração. Então, por essas e outras é que digo: "Que venham os 60, 70, 80, sei lá..." O certo  é que para cada ano somado à casa dos 60 vou soltar fogos e correr feito menino, tomar banho de chuva como fiz no ultimo domingo, deixar a barriga crescer um pouco mais, vestir-me de forma "casual": bermuda velha sem passar ferro e camiseta toda furadinha. Quem se importará? "É só um velho", dirão alguns. E aí é que encontrarei motivos para alimentar meu bom humor e sacanear com esses possíveis tolos. Grande beijo e que eu tenha muitas felicidades. Parabéns para mim, afinal o aniversário é meu! Certo? 


Nenhum comentário:

Postar um comentário