segunda-feira, 18 de março de 2013

Eu Me Divirto!!

A partir de hoje vou publicar postagens com as máximas proferidas ou vociferadas por "autoridades" e "celebridades" do Brasil. Pra variar, a estréia fica por conta da nossa Presid(anta)enta Dilma Roussef. Vem da coluna do Augusto Nunes e tem o sugestivo título "Cabeça em Decomposição". 17/03/2013 às 23:54 \ Sanatório Geral Cabeça em decomposição “Quando eu assumi o governo eu escolhi um lema, e eu não escolhi um lema porque diziam “mas esse lema que vocês escolheram, ele é muito estranho”… Eu não vejo nada de estranho. É assim: “país rico é país sem pobreza”. Parece que é uma obviedade, o óbvio ululante, parece que eu não estou dizendo nada. Pelo contrário, “país rico é país sem pobreza” significa que esse país jamais vai ser rico enquanto seu povo for pobre”. Dilma Rousseff, num discurso em dilmês puríssimo publicado sem retoques pelo site do Planalto, torturando a gramática e a paciência de quem tem mais de dois neurônios para explicar que quem é rico não é pobre e vice-versa. 17/03/2013 às 19:30 \ Sanatório Geral Milagre brasileiro “Não queremos ministério algum agora, porque não apoiamos a política do toma lá dá cá”. Gilberto Kassab, presidente do PSD, dividindo os brasileiros com mais de cinco neurônios entre os que acham que o ex-prefeito virou humorista e os que acham que, animado com a eleição de um papa argentino, resolveu candidatar-se a santo. 17/03/2013 às 9:30 \ Sanatório Geral São Paulo em perigo “Temos sido o partido que mais fez pelo Brasil. Está na hora agora de a gente fazer mais por todo o estado de São Paulo”. Lula, num comercial eleitoreiro do PT paulista, confirmando que, perto do que a turma fará se conseguir eleger o governador de São Paulo, o mensalão vai ficar parecendo coisa de gatuno aprendiz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário