quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

"Engula o choro, Presidenta!!"

A foto é de Helena Terra mas a cara é da nossa mais poderosa brasileira. Meus amigos, essa carta foi a carta que eu gostaria de ter escrito! Parabéns a essa senhora! Quanta sabedoria e quanta indignação nas suas colocações! Parabéns D. Marcella Martins, cidadã do Brasil e de Santa Maria (RS), onde mora!!


Vale a pena usar uma "nêsga" de seu tempo para ler esta carta de uma CIDADÃ BRASILEIRA!

Carta de Marcella Martins, Santa Maria - RS, à Presidente Dilma

Engula o choro, presidente. Engula o choro ao falar da tragédia de Santa Maria. Engula o choro e todos os problemas desse país que nele estão escancarados. Engula que o medo do segurança de ser demitido neste país é maior do que sua consciência de deixar as pessoas saírem sem pagarem suas contas para não morrerem. Engula a soberba dos donos de empresa desta nação que não estão nada preocupados com pessoas como eu e até mesmo como a senhora porque estão focados demais em lucrar, e preferem fechar as portas como numa câmara de gás a ter prejuízos. Engula a pressão que todos os seus funcionários sentem todos os dias. Engula que para arcar com seus altíssimos impostos, todos eles dão um jeitinho bem brasileiro de se desviar dos regulamentos e leis. Engula que os órgãos responsáveis por evitar que isso aconteça não funcionam. Engula que eles deixaram essa, entre tantas e tantas casas mais, funcionar sem licença. Engula que provavelmente alguém que também ganha pouquíssimo aceitou um suborno para que isso acontecesse. Engula que a senhora deu "é" sorte por ser apenas essa casa entre todos os tantos lugares que deveriam estar fechados, que caiu na boca da mídia. Engula a mídia que vai atacar com todo o sensacionalismo possível em cima das famílias que estão procurando celulares em cima de corpos para reconhecer seus filhos. Engula as operadoras que não funcionam e que provavelmente impediram uma série de vítimas a pedirem socorro. Engula que o socorro que chega para se enfiar em lugares como este, pegando fogo, cheio de corpos de jovens para serem resgatados, recebe um salário vergonhoso, com descontos ainda mais vergonhosos, e ainda assim executam um trabalho triste e digno antes de voltarem para a casa e agradecerem por seus próprios estarem dormindo.

Não, presidente. Não chore ao falar da tragédia. Faça! Faça alguma coisa. E pare de nos dar como exemplos uma série de catástrofes para tomar medidas idiotas que não valerão de nada alguns meses depois. Não se emocione. Acione! Acione a todos os órgãos públicos, faça uma limpa em sua maldita corrupção e devolva à segurança pública, às instituições sérias, aos professores, aos bombeiros, aos enfermeiros, aos seguranças, aos jovens, o mínimo de dignidade. Não faça um discurso. Mude o percurso. Mude tudo porque estamos cansados de ver nossos iguais pegando fogo, morrendo afogados, morrendo nas filas, morrendo no crack, morrendo, morrendo, morrendo, e tendo como última imagem aquela tv aos fundos anunciando o fim de mais uma bilionária obra de estádio de futebol.

Não, presidente. Desculpe, mas na minha frente, a senhora não pode chorar. Não pode chorar sua culpa. Não pode chorar sua inércia. Não pode chorar no Chile mas também não pode chorar em Santa Maria. Porque isso é muito maior do que só um acidente. Isso é muito maior do que só sua comoção. Engula o seu choro, presidente. O seu, o dos jovens que perceberam que não teriam mais o que fazer que não morrer, e em especial, o de seus amigos e familiares, que em um país como esse, não têm outra opção que não chorar. Engula o choro, presidente."

MARCELLA MARTINS.
Vale a pena usar uma "nêsga" de seu tempo para ler esta carta de uma CIDADÃ BRASILEIRA!

Carta de Marcella Martins, Santa Maria - RS, à Presidente Dilma

Engula o choro, presidente. Engula o choro ao falar da tragédia de Santa Maria. Engula o choro e todos os problemas desse país que nele estão escancarados. Engula que o medo do segurança de ser demitido neste país é maior do que sua consciência de deixar as pessoas saírem sem pagarem suas contas para não morrerem. Engula a soberba dos donos de empresa desta nação que não estão nada preocupados com pessoas como eu e até mesmo como a senhora porque estão focados demais em lucrar, e preferem fechar as portas como numa câmara de gás a ter prejuízos. Engula a pressão que todos os seus funcionários sentem todos os dias. Engula que para arcar com seus altíssimos impostos, todos eles dão um jeitinho bem brasileiro de se desviar dos regulamentos e leis. Engula que os órgãos responsáveis por evitar que isso aconteça não funcionam. Engula que eles deixaram essa, entre tantas e tantas casas mais, funcionar sem licença. Engula que provavelmente alguém que também ganha pouquíssimo aceitou um suborno para que isso acontecesse. Engula que a senhora deu "é" sorte por ser apenas essa casa entre todos os tantos lugares que deveriam estar fechados, que caiu na boca da mídia. Engula a mídia que vai atacar com todo o sensacionalismo possível em cima das famílias que estão procurando celulares em cima de corpos para reconhecer seus filhos. Engula as operadoras que não funcionam e que provavelmente impediram uma série de vítimas a pedirem socorro. Engula que o socorro que chega para se enfiar em lugares como este, pegando fogo, cheio de corpos de jovens para serem resgatados, recebe um salário vergonhoso, com descontos ainda mais vergonhosos, e ainda assim executam um trabalho triste e digno antes de voltarem para a casa e agradecerem por seus próprios estarem dormindo.

Não, presidente. Não chore ao falar da tragédia. Faça! Faça alguma coisa. E pare de nos dar como exemplos uma série de catástrofes para tomar medidas idiotas que não valerão de nada alguns meses depois. Não se emocione. Acione! Acione a todos os órgãos públicos, faça uma limpa em sua maldita corrupção e devolva à segurança pública, às instituições sérias, aos professores, aos bombeiros, aos enfermeiros, aos seguranças, aos jovens, o mínimo de dignidade. Não faça um discurso. Mude o percurso. Mude tudo porque estamos cansados de ver nossos iguais pegando fogo, morrendo afogados, morrendo nas filas, morrendo no crack, morrendo, morrendo, morrendo, e tendo como última imagem aquela tv aos fundos anunciando o fim de mais uma bilionária obra de estádio de futebol.

Não, presidente. Desculpe, mas na minha frente, a senhora não pode chorar. Não pode chorar sua culpa. Não pode chorar sua inércia. Não pode chorar no Chile mas também não pode chorar em Santa Maria. Porque isso é muito maior do que só um acidente. Isso é muito maior do que só sua comoção. Engula o seu choro, presidente. O seu, o dos jovens que perceberam que não teriam mais o que fazer que não morrer, e em especial, o de seus amigos e familiares, que em um país como esse, não têm outra opção que não chorar. Engula o choro, presidente."
MARCELLA MARTINS

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Você conhece a Faixa de Gaza mesmo?

Pessoal, nunca saí do Brasil, conheço apenas alguns Estados do nosso País, por isso NÃO me xinguem se as fotos não são do lugar de onde dizem ser. Recebi um e-mail com elas e repasso para vocês, indignado mais uma vez com as atitudes do "deus molusco". Se alguém mais "viajado" que eu puder identificar e confirmar as fotos, agradeço.


Parece mas não é Mundo Novo!!!!!!!!!
VOCÊ SABE DE ONDE SÃO ESTAS FOTOS ? 
Vá até o fim e tenha uma pequena surpresa!   
Descrição: Descrição: Descrição: 1.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 2.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 3.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 4.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 5.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 6.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 7.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 8.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com   
Descrição: Descrição: Descrição: 12.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com
 Descrição: Descrição: Descrição: 14.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 15.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 17.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 18.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 19.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 20.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 21.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 22.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 23.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 24.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 25.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 26.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 27.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com 
Descrição: Descrição: Descrição: 28.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com    
Descrição: Descrição: Descrição: 33.525719777@web120901.mail.ne1.yahoo.com  
Conseguiu adivinhar?Não?    
Pois fique sabendo que é da Faixa de Gaza!!!
  

Enquanto o Brasil não tem dinheiro para corrigir a mísera pensão dos aposentados e salário dos professores, para ampliar leitos nos hospitais públicos, para melhorar a Educação dos nossos jovens, para segurar nossos cientistas no nosso país, para aumentar a Segurança Pública e reduzir a bandidagem, etc.,
veja a lei que o Presidente Lula sancionou antes de deixar o governo.  
Presidência da República
Casa Civil 
Subchefia para Assuntos Jurídicos
                                                                           
 Autoriza o Poder Executivo a realizar doação para a reconstrução de Gaza.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1o  Fica o Poder Executivo autorizado a doar recursos à Autoridade Nacional Palestina, em apoio à economia palestina para a reconstrução de Gaza, no valor de até R$ 25.000.000,00 (vinte e cinco milhões de reais).
Parágrafo único.  A doação será efetivada mediante termo firmado pelo Poder Executivo, por intermédio do Ministério das Relações Exteriores, e correrá à conta de dotações orçamentárias daquela Pasta.
Art. 2o  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília,  20  de  julho  de 2010; 189o da Independência e 122o da República.
                                                                                                LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
Celso Luiz Nunes Amorim
Paulo Bernardo Silva
Este texto não substitui o publicado no DOU de 21.7.2010

Frases de efeito...Retardado!

Resolvi pegar carona mais uma vez na coluna do Augusto Nunes. Vejam algumas frases proferidas por figurões e por ele comentadas. Divirtam-se!


Sanatório Geral

30/01/2013
 às 16:20 \ Sanatório Geral

Comparsas exemplares

“Estamos fechados com Renan”.

Romero Jucá, senador pelo PMDB de Roraima, sobre a candidatura de Renan Calheiros à presidência da Câmara, garantindo que o bando continua unido e confiante na impunidade.

Sherloque malandro

“Até o momento não encontramos nenhuma prova de irregularidade nas acusações contra o senador Renan Calheiros”.

Valdir Raupp, presidente do PMDB, como se tivesse procurado

Haja tapete

“O Brasil durante muito tempo  botou tudo que era inconveniente debaixo do tapete, morador de rua, catador, hansenianos, mulheres escalpeladas do Pará, enfim, tudo que era pobre, tudo que parecia que atrapalhava era colocado embaixo do tapete”.

Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência, nesta terça-feira, explicando que, como Lula resolveu todos os problemas que estavam debaixo do tapete, sobrou espaço para os escândalos, roubalheiras e casos de corrupção varridos para baixo do tapete nos últimos dez anos.

Essa foi a mais interessante:

Quem dá mais?

“Não vamos fazer oposição, nem ser situação”.

Anthony Garotinho, novo líder da bancada do PR na Câmara dos Deputados, explicando que o partido vai decidir a cada caso, com a bravura e o patriotismo de sempre, qual é a posição mais rentável.

Amor à verdade

“É muito importante que a gente não baixe a cabeça, não aceite a pecha de que o PT é o partido que inventou a corrupção, governa mal ou é o partido da boquinha”.

Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência, instruindo a companheirada para jurar que o PT nunca se meteu em maracutaias, governa cada vez melhor e não tem um único militante pendurado no cabideiro de empregos públicos

Brasil Maravilha (252)

“O Brasil é um país habituado a realizar grandes eventos, com margem de segurança, de organização, e um acidente, por mais lamentável que seja, não vai alterar a imagem do país diante do mundo”.

Aldo Rebelo, ministro do Esporte, explicando que a tragédia de Santa Marianão vai afetar a imagem externa do Brasil em geral e, em particular, do governo federal, tido pelo restante do planeta como sério, moderno, exemplarmente civilizado, preocupado com a segurança de nativos ou estrangeiros, defensor intransigente da lei e ordem, incapaz de descumprir a palavra empenhada, avesso a práticas ilegais, inimigo jurado da corrupção e parcimonioso no uso do dinheiro público, como tem demonstrado com especial nitidez a preparação da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

Neurônio em ação

“Tragédias iguais a essa não mais se repetirão”.

Dilma Rousseff, sobre o incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, revelando que, como já inaugurou o trem-bala, entregou as 6 mil creches prometidas na campanha, concluiu a transposição das águas do São Francisco e liberou para pousos e decolagens o terceiro aeroporto de São Paulo, fora o resto, reservou a primeira quinzena de fevereiro para vistoriar pessoalmente todas as casas noturnas do Brasil

A hora é agora

“Ele poderá fazer uma gestão excelente se quiser entrar para a História”.

Michel Temer, sobre a volta de Renan Calheiros ao comando da Casa do Espanto, revelando que o nome escolhido pelo PMDB fez o que fez quando foi presidente do Senado porque achava cedo para entrar para a História

Puxou ao tio

“Dever ser algum vigarista, né? E lugar de vigarista é na cadeia”.

Agnelo Queiroz, governador do Distrito Federal, ao saber da prisão de um homem que se apresentava como seu sobrinho, afirmando que o falso parente deve continuar onde o tio deveria estar há muito tempo.

Neurônio temperamental

“Eu não falo do aumento do preço de gasolina. Falo da redução do preço da energia”.

Dilma Rousseff, que também não fala no pibinho porque só pensa no “Pibão grandão” que pediu a Papai Noel para 2013.

Um belo presente!!

A Presidenta Dilma Rousseff, em reunião com os novos Prefeitos e Prefeitas do País, garantiu em Brasília que todos os municípios com menos de 50 mil habitantes, cerca de 2.700, receberão uma Motoniveladora para otimizar os serviços de infraestrutura municipal. A máquina é a nossa conhecida "Patrol" que chega em boa hora. Como as máquinas do nosso município estão sucateadas e as peças de reposição que estavam no estoque "desapareceram", essa máquina já será uma grande ajuda. Há também a notícia de que novos ônibus escolares integrarão a frota já existente. Vamos esperar que o nosso município realmente entre nos trilhos novamente e que não fiquemos assistindo à ascensão dos municípios vizinhos, a exemplo de Ipirá que nos últimos anos deu um salto enorme ocupando posição de destaque entre os municípios mais empreendedores da Bahia. Se olharmos Baixa Grande hoje, notaremos um comércio muito mais aquecido que o comércio de Mairi!! Várzea da Roça, com seus projetos de irrigação então... nem se fala!! Acredito que a nova administração municipal vai tirar nossa cidade do marasmo em que se encontrava. Pelo menos os Deputados, Senadores, Ministros e a própria Presidenta já foram "cutucados" várias vezes pelo Prefeito e pelo Vice. Tomara que as coisas deem certo.










terça-feira, 29 de janeiro de 2013

A volta da Censura!!

No jornal O Estado de São Paulo, de domingo 23/12/2012 a Jornalista Dora Kramer fez um comentário sobre artigo escrito pelo Arnaldo Jabor e que por imposição do TSE foi proibido de ser divulgado na CBN, tirando-o do ar, a pedido do Lula!! Vejam a seguir:


Leia o comentário de Dora Kramer, Estadão de Domingo:
 
 
'A decisão do TSE que determinou a retirada do comentário de Arnaldo Jabor do site da CBN, a pedido do presidente 'Lula' até pode ter amparo na legislação eleitoral, mas fere o preceito constitucional da liberdade de imprensa.
'Não deixem de ler e reler o texto abaixo e passem adiante'!

A VERDADE ESTÁ NA CARA, MAS NÃO SE IMPÕE.
(ARNALDO JABOR) 
O que foi que nos aconteceu?
No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor,'explicáveis' demais.
Toda a verdade já foi descoberta, todos os crimes provados, todas as mentiras percebidas.
Tudo já aconteceu e nada acontece. Os culpados estão catalogados, fichados, e nada rola.
A verdade está na cara, mas a verdade não se impõe. Isto é uma situação inédita na História brasileira!!!!!!!
Claro que a mentira sempre foi a base do sistema político, infiltrada no labirinto das oligarquias, mas nunca a verdade foi tão límpida à nossa frente e, no entanto, tão inútil, impotente, desfigurada!!!!!!!!
Os fatos reais: com a eleição de Lula, uma quadrilha se enfiou no governo e desviou bilhões de dinheiro público para tomar o Estado e ficar no poder 20 anos!!!!
Os culpados são todos conhecidos, tudo está decifrado, os cheques assinados, as contas no estrangeiro, os tapes, as provas irrefutáveis, mas o governo psicopata de Lula nega e ignora tudo!!!!!
Questionado ou flagrado, o psicopata não se responsabiliza por suas ações. Sempre se acha inocente ou vítima do mundo, do qual tem de se vingar. O outro não existe para ele e não sente nem remorso nem vergonha do que faz!!!!!
Mente compulsivamente, acreditando na própria mentira, para conseguir poder. Este governo é psicopata!!! Seus membros riem da verdade, viram-lhe as costas, passam-lhe a mão nas nádegas. A verdade se encolhe, humilhada, num canto. E o pior é que o Lula, amparado em sua imagem de 'povo', consegue transformar a Razão em vilã, as provas contra ele em acusações 'falsas', sua condição de cúmplice e Comandante em 'vítima'!!!!! 
E a população ignorante engole tudo.. Como é possível isso?
Simples: o Judiciário paralítico entoca todos os crimes na Fortaleza da lentidão e da impunidade. Só daqui a dois anos serão julgados os indiciados - nos comunica o STF.
Os delitos são esquecidos, empacotados, prescrevem. A Lei protege os crimes e regulamenta a própria desmoralização Jornalistas e formadores de opinião sentem-se inúteis, pois a indignação ficou supérflua. O que dizemos não se escreve, o que escrevemos não se finca, tudo quebra diante do poder da mentira desse governo.
Sei que este é um artigo óbvio, repetitivo, inútil, mas tem de ser escrito...
Está havendo uma desmoralização do pensamento.
Deprimo-me:
Denunciar para quê, se indignar com quê? Fazer o quê?'
A existência dessa estirpe de mentirosos está dissolvendo a nossa língua. Este neocinismo está a desmoralizar as palavras, os raciocínios. A língua portuguesa, os textos nos jornais, nos blogs, na TV, rádio, tudo fica ridículo diante da ditadura do lulo-petismo.
A cada cassado perdoado, a cada negação do óbvio, a cada testemunha, muda, aumenta a sensação de que as idéias não correspondem mais Aos fatos!!!!!
Pior: que os fatos não são nada - só valem as versões, as manipulações.
No último ano, tivemos um único momento de verdade, louca, operística, grotesca, mas maravilhosa, quando o Roberto Jefferson abriu a cortina do país e deixou-nos ver os intestinos de nossa política.
Depois surgiram dois grandes documentos históricos: o relatório da CPI dos Correios e o parecer do procurador-geral da república. São verdades cristalinas, com sol a Pino.
E, no entanto, chegam a ter um sabor quase de 'gafe'.
Lulo-Petistas clamam: 'Como é que a Procuradoria Geral, nomeada pelo Lula, tem o desplante de ser tão clara! Como que o Osmar Serraglio pode ser tão explícito, e como o Delcídio Amaral não mentiu em nome do PT ? Como ousaram ser honestos?'
Sempre que a verdade eclode, reagem.
Quando um juiz condena rápido, é chamado de exibicionista'. Quando apareceu aquela grana toda no Maranhão (lembram, filhinhos?), a família Sarney reagiu ofendida com a falta de 'finesse' do governo de FH, que não teve a delicadeza de avisar que a polícia estava chegando....
Mas agora é diferente.
As palavras estão sendo esvaziadas de sentido. Assim como o stalinismo apagava fotos, reescrevia textos para contestar seus crimes, o governo do Lula está criando uma língua nova, uma neo-língua empobrecedora da ciência política, uma língua esquemática, dualista, maniqueísta, nos preparando para o futuro político simplista que está se consolidando no horizonte.
Toda a complexidade rica do país será transformada em uma massa de palavras de ordem , de preconceitos ideológicos movidos a dualismos e oposições, como tendem a fazer o Populismo e o simplismo.
Lula será eleito por uma oposição mecânica entre ricos e pobres, dividindo o país em 'a favor' do povo e 'contra', recauchutando significados que não dão mais conta da circularidade do mundo atual. Teremos o 'sim' e o 'não', teremos a depressão da razão de um lado e a psicopatia política de outro, teremos a volta da oposição Mundo x Brasil, nacional x internacional e um voluntarismo que legitima o governo de um Lula 2 e um Garotinho depois.
Alguns otimistas dizem: 'Não... este maremoto de mentiras nos dará uma fome de Verdades'!

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Minha reação "após a barba"!



Li no www.mairinews.com uma nota onde o diretor e roteirista mairiense, Aly Muritiba, através da sua página no Facebook, dá umas explicações a um certo rodrigo salem (propositadamente minúsculo como seu cérebro), da Folha de São Paulo, onde menciona o prêmio recebido pelo Aly e começa a desdenhar do conterrâneo! Depois das colocações perfeitas do Aly em sua resposta, acrescento mais alguma coisa:
1 - O "bilheteiro de trem" e "Agente Penitenciário" ilustram tão somente a vontade que as pessoas de bem têm de prosperar, 
mesmo que pra isso tenham de encarar opiniões imbecis de 
mauricinhos que tiveram de tudo, inclusive emprego em jornal de renome, mesmo que só escrevam asneiras;
2 - Será que esse "jornalista" já trabalhou efetivamente algum dia? Pelo nome deve descender de turcos ou árabes, sei lá... Nada contra esses povos, só contra essa gente que, como alguns brasileiros, não suportam o sucesso de pessoas de origem mais humilde, como se a cama onde nascemos fosse determinante para nossa condição social e intelectual!! O Diretor e Roteirista, Aly Muritiba, a despeito dos salem da vida está aí provando o contrário. O "jornalista" fala que o rapaz  cursou cinema em Curitiba "e nem se formou..." Não precisou: emplacou um filme que foi logo reconhecido e premiado pelo festival criado pelo Robert Redford!! Tá pouco sr. salem? Seria melhor você olhar ao seu redor. Você corre o risco de ficar só e vendo os outros seguirem sempre adiante!! O "bilheteiro" que ganhou R$500,00 por uma participação no filme De Passagem, que aliás nem apareceu  após a edição da película, segundo você mesmo informou, ganhou mais que você ganhará em toda sua vidinha: ganhou o reconhecimento do Mundo. E você, sr. rodrigo salem (minúsculo mesmo), o que vai ser quando realmente crescer? Bom, agora vou passar a loção após barba. Não me contive e deixei o trabalho por completar para dar uma resposta a esse "tarzinho" aí!! Parabéns Aly não só pelo prêmio mas, sobretudo, pela sua resposta a esse  invejoso. Sucesso sempre!


A lambança administrativa

Ninguém pode ficar satisfeito com os últimos acontecimentos em Mairi: obra que não cumpre sua finalidade (contenção de enchentes), famílias iludidas com a possibilidade de terem sua casa própria, estoque de peças de máquinas e caminhões furtado da Garagem Municipal, sumiço de computadores, "limpeza" dos estoques de remédios dos postos de saúde, etc. É muita irresponsabilidade! Tivemos essa semana três situações desagradabilíssimas envolvendo atos da administração passada - cessão de lotes de terras irregular feita após o pleito de 07 de outubro em duas áreas urbanas, obra do Canal do Cairu (Missionário) inacabada e prejudicando ainda mais os moradores da área por onde passa o canal, enfim, um final de gestão que causou indignação a todos os mairienses. Não precisaria ter terminado assim! Pessoas outrora reconhecidamente sérias não podiam, de forma alguma, permitir o estado de vandalismo que se instalou na Prefeitura e nos seus órgãos até o dia 31 de dezembro de 2012! Não entendi ainda porque tanta seriedade propalada aos quatro ventos permitiu os desmandos dos últimos meses. Ausência total? É o que imagino. Quem tem um nome a zelar não pode delegar poderes absolutos a outrem! Eu mesmo em conversa com o ex prefeito o adverti das decisões de alguns "assessores" seus que, em seu nome e sem ele saber, estavam tomando decisões importantíssimas! Lembrei-lhe de que bons assessores ajudam muito uma administração, ao passo que maus colaboradores podem levar essa bem intencionada administração ao fracasso. E fui profético, infelizmente. A história recente está repleta de fatos onde alguém entregou a direção de fábricas, lojas, fazendas, etc., a outras pessoas e essas promoveram o caos. Os piores inimigos são aqueles que estão, muitas vezes, colados em nós, sob a desculpa de nos ajudarem "no que for preciso" e se mostram o tempo todo muito solícitos! Aí é onde pode morar o perigo! Ao contrário do que podem pensar alguns leitores, não fico nem um pouco feliz com essas constatações. Minha cidade precisa da seriedade de todos os homens que tenham boas intenções, dedicação e seriedade na sua administração, independentemente de qualquer partido político ou coligação. Não precisamos de quem atire pedras no nosso telhado, mas de quem efetivamente o conserte.

Anúncio de namoro nos moldes cearenses!


O JORNAL CEARENSE RECEBEU ESSE PEDIDO DE PUBLICAÇÃO DE ANUNCIO E,

ACHANDO-O ENGRAÇADO,
PEDIU AUTORIZAÇÃO PARA COLOCA-LO EM LOCAL DE DESTAQUE,
SEM QUALQUER ACRÉSCIMO DE CUSTO.
AFINAL, ERA CÔMICO.
NÃO ESPERAVAM RESPOSTA.
MAS HOUVE A RESPOSTA E,
DA MESMA FORMA QUE O ANUNCIO INICIAL,
RECEBEU LOCAL DE DESTAQUE EM SUA
PUBLICAÇÃO DE ANÚNCIO PARA ARRUMAR NAMORADA.


Matéria publicada em um jornal de circulação diária do
Estado do Ceará
(Leia também a resposta da pretendente).

Homem descasado procura . . .
Homem de 40 anos, que só gosta de mulher,
após casamento de sete anos,
mal sucedido afetivamente,
vem através deste anúncio,
procurar mulher que só goste de homem,
para compromisso duradouro,
desde que esta preencha certos requisitos:

O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE tenha idade entre 28 e 40 anos,
não descartando,
evidentemente, aquelas de idade abaixo do limite inferior,
descartando as acima do limite superior.

Devem ter um grau razoável de escolaridade,
para que não digam, na frente de estranhos :
'menas vezes',
'quando eu si casar',
'pobrema no úter', 'eu já si operei de apênis',
'é de grátis',
'vamo de a pé',
'adoro tar com você' e
outras pérolas gramaticais.

Os olhos podem ter qualquer cor,
desde que sejam da mesma e olhem para uma só direção.
Os dentes, além de extremamente brancos,
todos os 32, devem permanecer na boca ao deitar e
nunca dormirem mergulhados num copo d'água.
Os seios devem ser firmes, do tamanho de um mamão papaia,
cujos mamilos olhem sempre para o céu,
quando muito para o purgatório,
nunca para o inferno.
Devem ter consistência tal que não escapem pelos dedos,
como massa de pão.
Por motivos óbvios,
a boca e os lábios, devem ter consistência macia,
não confundir com beiço.
A barriga, se existir, muito pequena e discreta,
e não um ponto de referência.
O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE seja sexualmente normal,
isto é, tenha orgasmos, se múltiplos melhor,
mas mesmo que eventuais, quando acontecerem,
que ela gema um pouco ou pisque os olhos,
para que ele sinta-se sexualmente interessante.
Independentemente da experiência sexual do PRETENDIDO,
este exige que durante o ato sexual a PRETENDENTE não boceje,
não ria, não fique vendo as horas no rádio relógio,
não durma ou cochile.
O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE não tenha feito nenhuma sessão de análise,
o que poderia camuflar,
por algum tempo, uma eventual esquizofrenia.
A PRETENDENTE deverá ter um carro que ande,
nem que seja uma Brasília, ou que tenha dinheiro para o táxi,
uma vez que pela própria idade do PRETENDIDO,
ele não tem mais paciência para levar namorada de madrugada para casa.

Enviar cartas com foto recente, de corpo inteiro,
frente e costas,
da PRETENDENTE,
para a redação deste jornal, para o codinome:

' CACHORRO MORDIDO DE COBRA TEM MEDO ATÉ DE BARBANTE ' .

Resposta da Pretendente, publicada dias após, no mesmo periódico Cearense:

Prezado HOMEM DESCASADO . . .
Li seu anúncio no jornal e
manifesto meu interesse em manter um compromisso duradouro com o senhor,
desde que (é claro) o
senhor também preencha outros 'certos' requisitos que considero básicos !
Vale lembrar que tais exigências se
baseiam em conclusões tiradas acerca do comportamento masculino
em diversas relações frustradas,
que só não deixaram marcas profundas em minha personalidade,
porque 'graças a Deus',
fiz anos de terapia,
o que infelizmente contraria uma de suas exigências !

Quanto à idade convém ressaltar que espero que
o senhor tenha a maturidade dos 40 anos e o vigor dos 28,
e que seu grau de escolaridade supere a
cultura que porventura tenha adquirido assistindo aos programas do 'Show do Milhão' ...! Seus olhos podem ser de qualquer cor desde
que vejam algo além de jogos de futebol e
revistas de mulher pelada.
E seus dentes devem sorrir mesmo quando lhe for solicitado que
lave a louça ou arrume a cama.
Não é necessário que seus músculos tenham sido esculpidos pelo halterofilismo,
mas que seus braços sejam fortes o
suficiente para carregar as compras.
Quanto à boca,
por motivos também óbvios,
além de cumprir com eficiência as funções a que se destinam,
as bocas no relacionamento de um casal devem servir,
inclusive, para pronunciar palavras doces e gentis e não somente:
' PEGA MAIS UMA CERVEJA AÍ, MULHER! '.
A barriga, que é quase certo que o senhor a tenha,
é tolerável, desde que não atrapalhe para abaixar ao pegar
as cuecas e meias que jamais deverão ficar no chão.
Quanto ao desempenho sexual espera-se que corresponda ao
menos polidamente à 'performance' daquilo que o senhor 'diz que faz'
aos seus amigos !
E que durante o ato sexual,
não precise levar para a cama livros do tipo:
' Manual do corpo humano ' ou ' Mulher, esse ser estranho ' !
No que diz respeito ao ítem alimentação,
cumpre estar atualizado com a lista dos melhores restaurantes,
ser um bom conhecedor de vinhos e toda espécie de iguarias,
além de bancar as contas, evidentemente.
Em relação ao carro, tornam-se desnecessários os trajetos durante a madrugada,
uma vez que, havendo correspondência nas exigências que por ora faço,
pretendo mudar-me de mala e cuia para a sua casa . . . .
meu amor ! ! !

ass:
A COBRA



domingo, 20 de janeiro de 2013

Gonzaguinha, de filho para pai!!



Assisti à série "Gonzaga, de pai para filho" e adorei! A história do Rei do Baião é fascinante sob dois aspectos: o primeiro foi a persistência e determinação em conseguir "ser gente", como o próprio Luiz Gonzaga falava. O outro foi a lição dada pelo seu filho Gonzaguinha. A gente sempre soube que houve entre os dois vários "arranca rabos" e que eles muito pouco se viam. Daí a grande revolta do filho: "Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, amado pelo povo não conseguiu amar o seu próprio filho", desabafou certa vez o Gonzaguinha. É certo que Luiz Gonzaga teve um pai cúmplice, no bom sentido, ao contrário do pai durão que imaginávamos pelos causos contados por Sêo Lua. Então, por que Gonzaguinha se sentia excluído da vida do pai? Parece-me natural, apesar de duro, quem vive de "déu em déu" fazendo shows em tudo que é canto, uma criança não seria fácil de cuidar. E provavelmente sem perceber, o Gonzaguinha foi sendo deixado com aquela família que o criou. A vontade do pai era que ele fosse "Doutor" e não cantor. E mesmo sem a presença física do pai, ele conseguiu. Claro que nada faltava ao garoto em termos de grana! Pode ser até que no íntimo, Gonzaguinha se formara para agradar ao pai, mesmo sem a consciência disto. Por isso mesmo é que nunca assumiu a profissão. O que me leva a crer nesse desejo íntimo é que, com toda a revolta pela falta do pai o Gonzaguinha leva-lhe o Anel de Doutor e o presenteia. Eram mundos diferentes: o do sertanejo pobre e humilhado e a dançarina do Rio de Janeiro, acostumada à vida urbana e a tudo que ela  pode oferecer. Ainda assim Luiz Gonzaga cuidou dela até sua morte e registrou o filho. Adorei o episódio que ele chega em casa de seus pais pela madrugada, chama, chama e só respondem quando ele faz o "prefixo": "Lovado seja nosso senhor Jesus Cristo!!" "Para sempre seja lovado", responde-lhe o pai. Lembro muito bem de quando fazia barzinho em Feira de Santana, a história de "Samarica Parteira" era contada várias vezes na noite. Até hoje aqui em Mairi sempre que estou com o violão ou a viola, alguém pede para contar a tal história. Muito legal. O ponto alto da minissérie, na minha opinião, foi a apresentação de Luiz Gonzaga à juventude, feita pelo Gonzaguinha em um show, marcando a volta do Rei do Baião ao sucesso novamente, com a música "Vida de Viajante" interpretada pelos dois. Como estava no Exu já sem dinheiro e fama, essa "volta" providenciada pelo filho foi a certeza de que, apesar da enorme mágoa, o Gonzaguinha amava seu velho e turrão pai. Que bom que o amor mais uma vez quebrou a barreira criada pela raiva, mágoa e revolta pela ausência. A parte ruim para os fãs dos dois foi que pouco tempo depois da morte do pai o filho foi ao seu encontro após um show no Paraná, na cidade de Pato Branco perto de Guarapuava, cidade que eu estava morando. Os relatos de conhecidos que foram a esse show, dão conta de que o Gonzaguinha, após o espetáculo, fez uma despedida como se estivesse realmente se despedindo da vida. Logo após a saída da cidade o carro capotou e ele veio a falecer. Foi impressionante.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

"A volta dos que não foram!"




O novo poder

A presidente Dilma Rousseff está sendo cercada por uma armadilha que comprometerá o seu poder de decisão nos dois anos restantes do mandato. Esse é o sentido da montagem dos novos comandos do Senado, da Câmara e da decisiva bancada de deputados do PMDB.
As revelações de ilegalidades, irregularidades e suspeitas (a variedade é mesmo grande) acumulam-se sobre os favoritíssimos candidatos a presidir o Senado e a Câmara.
Renan Calheiros, forçado a renunciar ao mandato em 2007 para evitar a cassação por improbidade, falsidade ideológica e outras características de sua atividade, reelegeu-se para continuar como um dos principais idealizadores e condutores, ou o principal, de tudo o que é reprovável no Senado.
Seu provável comando administrativo e político da Casa não admite a expectativa de coisa alguma diferente do que se conhece.
Quase desconhecido fora do Rio Grande do Norte e de parte do Nordeste (o mar ficou incólume), apesar das suas quatro décadas de parlamentar, Henrique Eduardo Alves é o típico peemedebista do PMDB de Calheiros & cia.: a política não é uma prática de conceitos doutrinários e de princípios, é um jogo de interesses fisiológicos e nada mais.
Daí que tanto esteve a favor como agiu contra Fernando Henrique, Lula e Dilma, ainda que integrando a "base aliada" dos três e disso tirando os múltiplos proveitos possíveis. São essas as suas credenciais para a presidência da Câmara.
Eduardo Cunha é, provavelmente, o mais original dos deputados. Neófito em Brasília, entrou no meio político com a sem-cerimônia e a audácia das chamadas velhas raposas. É presença permanente em transações cercadas de suspeitas.
Poucas pessoas podem ser tratadas com tanto cuidado pela frente e tão mal referidas pelas costas.
Explica-se: Eduardo Cunha é uma figura temida, pela certeza de que seus revides são adaptações da política feita ao tempo dos punhais, agudos e impressentidos.
Foi dado, por exemplo, como o controlador de um sistema de escutas telefônicas clandestinas que instabilizou a raia graúda do Rio durante anos. Não há indicação de que o sistema esteja extinto.
Há pouco, confusos negócios em torno da ex-refinaria Peixoto de Castro sofreram forte bombardeio do governador Sérgio Cabral, porque se trataria de uma transação de Eduardo Cunha, seu adversário. De repente, assunto encerrado. Como, por quê, não se sabe.
Agora, Cabral e o prefeito Eduardo Paes, subitamente, se saem com o único caso de apoio público a Eduardo Cunha, o inimigo, para líder do PMDB na Câmara.
Eduardo Cunha é cria de Paulo Cesar Farias, que o pinçou do vácuo para a presidência da então Telerj, telefônica do Rio.
Eleitos esses três, o Congresso estará absolutamente sob controle do PMDB. Do PMDB dos três, ao qual muitos poucos peemedebistas cometerão a exceção de continuar alheios. E se assim será com o Congresso, assim será do Congresso com o governo.
A combinação Calheiros-Alves-Cunha ditará as condições e os destinos das medidas e necessidades da presidente da República na Câmara e no Senado.
Dilma Rousseff apoia as eleições de Renan Calheiros e de Henrique Alves, e parece apenas neutra quanto à de Eduardo Cunha.
Daniel Marenco/Folhapress
Janio de Freitas, colunista e membro do Conselho Editorial da Folha, é um dos mais importantes jornalistas brasileiros. Analisa com perspicácia e ousadia as questões políticas e econômicas. Escreve na versão impressa do caderno "Poder" aos domingos, terças e quintas-feiras.