sábado, 22 de dezembro de 2012

...E o mundo acabou!!!

Propositadamente fiquei "fora do ar" por alguns dias. Estava, como todo mundo, aguardando o desenrolar do "fim do mundo" dia 21/12. Esperei, fiz retrospectiva da minha vida, vibrei com algumas lembranças e me envergonhei com outras, enfim, agi como quem sabe que vai morrer e se lembra de pedir perdão por tudo de ruim que fez. Bom, o mundo realmente acabou!! Não pra nós que não temos ódio nos corações como as pessoas amargas e secas; não para nós que não usurpamos o pão de cada dia do trabalhador honesto; não para nós que não promovemos o Holocausto; não para nós que não patrocinamos genocídios mundo afora; não para nós que não atiramos crianças da janela de apartamentos; não para nós que, por causa de uma reles mesada enreda um crime até hoje envolvido em mistérios sem o aparecimento do corpo ou o que dele restou. Para esses que "estrelaram" esses fatos o mundo acabou realmente, como acabou para o jogador do Santos que fez aquelas declarações infelizes referindo-se aos torcedores do Corinthians que  se vocês se  lembram, fiz uma postagem perguntando o que ele diria se o Timão conseguisse ser campeão do mundo com um "gol de preso"? Para ele o mundo certamente acabou, como acabou para o Santos no ano passado ao tomar um passeio com olés do Barça disputando também o Campeonato Mundial Interclubes! O mundo também acabou para os figurões da política nacional e não foi Deus quem tomou essa iniciativa. Para o "mundo" dos políticos corruptos o Brasil teve e terá por muito tempo o seu "deus": ele se chama Joaquim Barbosa! O Deus do Universo certamente está mais uma vez decepcionado com a sua Criatura. Mas aqui na terra, no Brasil, quem está decepcionado com sua "criatura" é o PT. Digo "criatura" porque o Ministro Joaquim Barbosa foi indicação do Partido dos Trabalhadores que pensou fazer de todos os Ministros do STF cópias fiéis do Levandowski ou Dias Tofolli. Erraram feio como erraram nas atitudes de descaramento contra o povo brasileiro. Para esse e outros partidos, se o mundo  não acabou ainda, podem ter certeza que vai acabar! No âmbito da política local o mundo também acabou. "E acabou pra não prestar", como diria meu amigo Gustavo Araújo! A lição que a coligação vencida recebeu não deve ser tomada pura e simplesmente como derrota política. Se tiverem um pouco de bom senso, refletirão sobre as atitudes arrogantes e às vezes humilhantes tantas vezes demonstradas. Devem receber como lição de vida! Ninguém oprime o irmão por toda eternidade. Agora, andando pelas ruas, os semblantes outrora raivosos e arrogantes, mostram-se alquebrados e até com uma ponta de resignação. Esses "mundos" idiotas têm mesmo de acabar. Precisamos que o Mundo de Deus continue, como também precisamos entender de uma vez por todas: se o Mundo não acabou, que tal aproveitarmos mais essa oportunidade para cuidar bem dele? Fica aí o convite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário