quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Coloquem as barbas de molho!!

Vejam a matéria abaixo. Ela foi produzida pelo site www.noticialivre.com.br e nos dá a exata dimensão do quanto o PT é "fechado" com os seus membros. Mesmo sem termos conhecimento de alguma falcatrua praticada pelo Pelegrino, o Notícia Livre aponta fortíssima ligação do candidato do PT à prefeitura de Salvador e o Dep. João Paulo Cunha, juntamente com o todo-poderoso José "Desceu", ou melhor, Dirceu!! Será que "debaixo desse pirão tem carne?"


ACM Neto aponta ligações entre Pelegrino e a turma do mensalão em debate

“Se tinha alguém indeciso aqui, depois desse debate, vai votar em ACM Neto”. Essa foi a avaliação de um importante empresário que participou, na manhã de hoje (17), do primeiro debate entre os “prefeituráveis” no segundo turno. O encontro aconteceu no belíssimo prédio da Associação Comercial da Bahia, no Comércio, e foi promovido pela entidade fundada há 201 anos em parceria com o jornal Tribuna da Bahia. 
ACM Neto e Nelson Pelegrino (PT) não fizeram perguntas entre si, mas puderam comentar as respostas de cada um a indagações feitas por membros da associação e jornalistas da Tribuna. A primeira parte do debate foi focada em propostas para as áreas do turismo e mobilidade urbana. No segundo momento, a política foi o tema predileto, e ACM Neto mostrou, com sobras, que é o candidato mais preparado. 
Diante de um adversário que precisou trocar de microfone duas vezes para se fazer entender e que demonstrou total desatenção ao exigir uma tréplica à qual não tinha direito, Neto apontou as ligações entre o petista e os mensaleiros que estão sendo condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF), quando o assunto foi corrupção. 
“O deputado João Paulo Cunha, condenado pelo Supremo, veio a Salvador prestigiar a posse de Pelegrino na Secretaria de  Justiça e Direitos Humanos. Toda vez que vem à cidade, José Dirceu, apontado pela Procuradoria Geral da República como chefe do maior esquema de corrupção da história do país, faz questão de fazer uma visita e é endeusado e festejado”, afirmou ACM Neto, que foi aplaudido quando tocou no tema. 
O candidato do PT tentou relacionar Neto aos escândalos envolvendo o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda e o ex-senador Demóstenes Torres, e recebeu de pronto a resposta. “Pelegrino me dá a oportunidade de mostrar aqui a principal diferença entre o Democratas e o PT. Nós expulsamos Arruda e Demóstenes. O PT até hoje celebra aqueles mensaleiros condenados pelo Supremo. Queria saber até se Pelegrino defende a expulsão de Dirceu, José Genoíno e João Paulo Cunha do PT”, questionou Neto, que ficou sem resposta.
Perseguição e tributos – Pelegrino também não respondeu quando ACM Neto perguntou se ele achava que, em caso de vitória do democrata, Salvador seria perseguida pelo governador Jaques Wagner e a presidente Dilma Rousseff. Neto também acusou o petista de ser contra a redução da carga tributária, já que votou pela manutenção da CPMF quando o assunto estava em pauta na Câmara.
A comentar uma pergunta feita pela jornalista Fernanda Chagas a Nelson Pelegrino, sobre se o petista iria dividir a prefeitura entre os partidos que o apóiam, Neto apostou que isso vai acontecer. “O PT fez isso no governo do estado, loteando os cargos. A prefeitura já está toda fatiada também para que o meu adversário tivesse o apoio de tantos partidos. Eu não farei isso. Vou valorizar a meritocracia. Vou governar ao lado dos melhores sem olhar a carteirinha do partido”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário