terça-feira, 18 de setembro de 2012

Bandalheira em Alta


Vi ontem a propaganda do PT de Salvador e o deprimente comício com a participação do maior Ali Baba da história do Brasil: Lulla!! Não entendo como as pessoas, com tanta informação disponível, ainda endeusam aquela figura ordinária sob o grito de guerra “Lulla é nosso pai” e outros absurdos mais! Por que será que ficamos 115 dias sem aulas na rede pública estadual? A resposta não é difícil: quanto mais ignorante mais fácil de manipular!! Fãs entusiasmados e extasiados choravam copiosamente no mais absoluto delírio como se estivessem à frente de uma figura da grandeza de um Joaquim Barbosa ou outro brasileiro que o valha. Na política, na música e na teledramaturgia, estamos invertendo os valores: o que outrora fora algo salutar para o entretenimento e engrandecimento cultural hoje não passa de fezes auditivas e visuais. A política então é a pior de todas as fezes porque do som e do vídeo você se livra sem escutar ou ver. Já a fedentina do grande esgoto a céu aberto que é Brasília e os Estados da Federação não passam desapercebidos ao nosso olfato, pelo simples fato de não conseguirmos viver sem respirar. E como cheira mal!! Nada tenho contra o Pelegrino a não ser a pergunta “Por que um cara limpo joga num time tão sujo”? Certamente porque como o “pai dos pobres” conseguiu enganar a maioria do eleitorado brasileiro, é o aliado mais importante para chegar à Prefeitura de Salvador. Se “quem se mistura com porcos farelo come” não há como deixar de pensar com tristeza, que o candidato baiano é mais um na enorme pocilga nacional. Que me perdoem os pobres porcos verdadeiros pela injusta comparação!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário