quarta-feira, 18 de julho de 2012

"Os Predestinados"

Reparem as coincidências: nomes das cidades, partidos dos prefeitos e vices, vejam se não é uma coisa para predestinados? Westfália rima com o quê? Vendo ao fundo a foto da Presidenta, não se pode deixar de lembrar os "petralhas", canalhas, etc .

Divulgação/ Prefeitura de Westfália




  • O prefeito de Westfália (RS), Sérgio Marasca (à esquerda), do PT, ao lado de seu vice, Otávio Landmeier (PMDB). A dupla é candidata à reeleição sem adversários
    O prefeito de Westfália (RS), Sérgio Marasca (à esquerda), do PT,
     ao lado de seu vice, Otávio Landmeier (PMDB). A dupla é
    candidata à reeleição sem adversários








    • Nas eleições municipais de outubro os eleitores de Westfália (RS), município de 2.793 habitantes de acordo com o último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), não terão nenhuma dúvida na hora de escolher seu candidato à prefeitura da cidade. O único nome disponível será o do atual prefeito, Sérgio Marasca (PT), que repete a dobradinha vitoriosa em 2008 com seu vice, Otávio Landmeier (PMDB).
      De acordo com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 106 das 5.565 cidades brasileiras (ou 1,9% do total) terão candidato único nas eleições deste ano. A base de dados é a divulgada pelo TSE no dia 15 de julho. Nesses casos, além do nome de um candidato, restará ao eleitor apenas a opção de votar em branco ou anular o voto.
      Segundo a legislação eleitoral, para ser eleito prefeito, um candidato deve obter 50% de todos os votos válidos mais um voto, nas cidades com mais 200 mil eleitores. Nas cidades com menos eleitores do que este número, vence quem obtiver a maioria simples dos votos válidos. Nulos e brancos não são válidos. Assim, na prática, um candidato único só não é eleito se nem ele votar nele mesmo.                        
                                                                         ***********
      Esse é fatal: olhem o nome do município!!  Marmeleiro!!
      Nem o meu querido Paraná escapou.
      Em Marmeleiro, município do Paraná com 13.496 habitantes, a situação dos eleitores é a mesma. Na urna eletrônica, haverá apenas o nome do prefeito Luiz Fernando Bandeira, candidato à reeleição pelo PP.
      • O prefeito de Marmeleiro (PR), Luiz Bandeira, não tem adversários
      Ele disse não ter trabalhado pela candidatura única e que foi um encaminhamento natural.
      “A gente conversou com os partidos e fez sondagens antes de concluir que o melhor era eu ser o único candidato mesmo”, diz Bandeira.
      “É um sinal de que a administração é bem avaliada. Tentamos agradar a todos, e estamos conseguindo”, afirma o prefeito. “Agora, isso não significa que vamos relaxar no trabalho”, afirma Bandeira, ao admitir não existe nenhuma chance de não ser eleito.
      No Paraná, 16 cidades terão candidatos únicos a prefeituras. Em nove delas, os prefeitos tentam a reeleição.
      O Estado que mais terá candidatos únicos nas eleições municipais deste ano será Minas Gerais, com 21 munícipios.

      Nenhum comentário:

      Postar um comentário