segunda-feira, 2 de abril de 2012

Um aumento justíssimo!!

Estava hoje, ouvindo o Jornal do Meio dia da Mairi FM e escutei uma informação, dando conta de que a conta de água sofrerá um reajuste de 12%. Fiquei contente em saber da notícia. Sejamos justos: a Embasa nos deixou sem água por vários dias, o cidadão foi mandado "se virar e procurar Jesus Cristo", nenhuma perspectiva de resposta satisfatória para a resolução do problema mas, depois de dias de torneiras secas, a água de cor escura e salgada começou a cair. Ficamos ou não felizes? Por isso acho justo o reajuste em 12% na conta. Por mim seria até maior. Já pensaram na estratégia da Embasa? Certamente que não! Mas eu pensei e concluí: prá que tratar a água com cloro e outras baboseiras mais se o sal é mais barato? Por que não "ajudar" a população fornecendo uma água que não "gasta" sabão porque não espuma? Claro! Uma esfregada e pronto! Hoje, em Mairi, qualquer pessoa de baixa renda tem, como os ricos, sua roupinha lavada do mesmo jeito. Feijão insosso? Nunca mais!! Graças às providências da Embasa que investiu fortemente na aquisição de cloreto de sódio para adicionar à nossa água. Agora que começa a Semana Santa e o dinheiro está escasso, como as pessoas de baixa renda vão fazer para comprar o santo bacalhau da ceia, que custa em torno de R$20 a R$22 reais? Mais uma vez a solução está na providência da Embasa: pensando justamente nessa faixa da população a responsável pelo abastecimento de água no nosso município sugere uma receita para a ceia da Sexta-feira Santa:
Ingredientes:
1 - Tomando-se por base uma família com 5 pessoas; providenciar uma varinha de pescar, anzol médio, minhoca, se achar com a terra sêca, e;
2 - dirigir-se ao Tanque do Bonfim, antigo tanque de Aristides, pescar algumas tilápias que cheguem a uma moqueca de mais ou menos 1,5kg;
3 - Tratar os peixes (opcional), passar na farinha e, com aquele resto de óleo das frituras do mês passado, fritar. Como acompanhamento sugiro um "carotinho" daquela pinga ordinária. Aí está a ceia da família na Sexta-feira Santa. A grande dica do "chef" é deixar o peixe por 20 minutos na água da Embasa naquela bacia velha de lavar os pés. Vira ou não um "bacalhau mairiense?"Bon apettit!

Um comentário:

  1. Achei que essas coisas só aconteciam aqui no sul, mas me parece que vocês aí também sofrem do mesmo problema: a incompetência dos políticos na gestão da coisa pública. Um coisa acho que vocês são melhores aí, porque aqui se colocar sal na água, no lugar do cloro, o povo todo vai sofrer de pressão alta. No entanto acho que isso não acontece com vocês. É que convenhamos: vocês são bem mais fortes e robustos do que nós aqui do sul. Então quem cuida da coisa pública aí pode se dar ao luxo de fazer esses experimentos..............

    Zaca

    ResponderExcluir