sexta-feira, 6 de abril de 2012

A Bahia e seu Governo

Meus amigos, durante décadas ACM foi tido e havido como o diabo que chicoteava os baianos. E isso era praxe nos discursos dos descarados que hoje deitam e rolam no Estado. É certo que ACM não gostava de pagar salários justos aos funcionários públicos da Bahia, mas nunca posou de salvador da pátria para a categoria como os enganadores de agora. Fazia o que tinha que ser feito e pronto. Pelo menos no seu entender. Jogava claro: "aos amigos, tudo. Aos inimigos, os rigores da Lei!!", era seu lema. E acho que ele estava certo. Por que vou retaliar contra um amigo se posso fazê-lo com meu inimigo? Lógico: meu inimigo, se puder, fará o mesmo comigo!! Agora, a triste constatação é que justamente o Partido dos Trabalhadores está com as costas voltadas à classe. É triste saber que os trabalhadores elegeram os  presidentes deste País por 3 vezes, elegeram o governador da Bahia por outras duas e o que nos sobra são chicotadas no lombo e pouco caso. Pelo menos ACM não "dava" nada aos servidores mas também não "tirava", como está acontecendo agora. Desde que Jacques Wagner assumiu os funcionários só tem prejuízos. Aliás, prejuízo não é bem a palavra: a palavra certa é ROUBADOS, literalmente. Para os senhores terem uma idéia do roubo dos salários dos funcionários praticados por esses moleques que governam o Estado, sabemos que o salário mínimo é atualizado em janeiro de cada ano. O que faz o nosso governo picareta? Simples: quem tem CET (Condições Especiais de Trabalho), uma gratificação com a justificativa de o Estado não poder pagar hora extra, de 100% (cem por cento) do salário base, no caso da minha categoria, R$622,00 hoje. Pois bem: vimos o Governador gastar milhões com a propaganda de que estava "dando" 6,5% (seis e meio por cento) de reajuste(?) a todo funcionalismo. E deu! Só que a mágica é a seguinte: em dezembro/2011 meu CET já estava em 84% e, em março último, com o reajuste do salário mínimo, nosso governador nos deu os 6,5% prometidos e retirou do CET de todos os funcionários que recebem essa gratificação, entre 10 e 14%! Eu mesmo de 84% passei a receber 71% do CET, numa perda de 13% ou o dobro, para baixo, do que recebi. "Te dou 6,5% e tiro 13%!" É assim que o PT governa nossa Bahia. Meus contracheques estão à disposição de quem os queira ver. Por essas e outras é que chego à amarga conclusão de que a Bahia está governada por um bando de "moleques com anéis nos dedos", como diria meu saudoso amigo feirense Ivan Garcia Sotto.

Conta para entender melhor:
(Se estivéssemos trabalhando com ACM e seu grupo):

Salário base......................... R$-622,00
CET (100%).......................   R$-622,00

(Com o PT de Wagner):
Salário base ....................... R$-622,00
CET (71%)........................   R$-441,62.

Dá para dizer que esse partido é dos trabalhadores mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário