quarta-feira, 8 de junho de 2011

Se alguém se rebela...

É muita sacanagem com  o povo brasileiro: somos espoliados todos os dias, sustentamos ladrões de elite e, quando precisamos de uma coisinha básica como um simples parto, não conseguimos!! A quem esses governantes cretinos querem enganar? Onde está a Educação se querem nos dar "MENAS" chance de tê-la? E a Saúde? Ontem em Feira de Santana, mais exatamente no "matadouro" chamado Hospital Regional Clériston Andrade (coitado do homenageado!!), uma senhora prestes a dar à luz não achou vaga. As vagas existem! Eu afirmo porque trabalho na SESAB e sei das safadezas envolvendo Deputados, Vereadores, Diretores de outros órgãos públicos que, com apenas um  telefonema encontram quantas vagas forem necessárias para atenderem a seus apadrinhados. O "Zé da Silva", o "Zé Povão" sem padrinho que morra! Diante da negativa do HRCA o esposo da aludida senhora, indignado ao vê-la dando à luz ali mesmo na recepção, "chutou o pau da barraca", ou melhor, a porta de alumínio e vidro, danificando-a. Imediatamente a polícia foi acionada e o "criminoso" ouvido e posteriormente liberado. Vai responder pelo crime de "danos ao patrimônio público". "Patrimônio Público?" E o direito sagrado à vida e à assistência médica que está numa certa Constituição que foi promulgada com tanta presepada e foguetório, mas que até hoje os governantes, diuturnamente a atiram no lixo? E o direito dessa cidadã e seu rebento em serem devidamente atendidos nas suas necessidades? E os criminosos que fecham os olhos para situações como essa ocorrida em Feira de Santana e que gozam da impunidade que campeia no País? "Não há vaga", disseram. Mas foi só o cidadão se rebelar ao ver  seu filho começar a nascer como "filho de vira-lata" que a vaga surgiu. Vira-lata sim, porque é assim que todo brasileiro pagão se sente. Dá nojo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário