quinta-feira, 2 de junho de 2011

O que vamos comer hoje?

Parece brincadeira, mas não é!! Uma certa Promotora de Justiça e a ADAB (Agência  de Desenvolvimento Agropecuária do Estado da Bahia) interditaram nosso matadouro. Estavam certos: era um horror a imundície que rolava, principalmente onde tratavam as vísceras. Novamente, acertaram na interdição. O grande barato é que não apresentaram uma proposta válida como contra-partida e os "marchantes" ficaram sem saber o quê fazer e o mairiense sem saber onde comprar carne. Como disse antes, o maior problema era na área destinada ao trato das vísceras; mas a rês estava lá, presa para você ver e avaliar. Daí, a nossa carne passou a vir de Rui Barbosa e Feira de Santana. Ótimo: carne resfriada e certificada, com o famoso carimbo azul: "Brasil, inspecionado SIF)", do Ministério da Agricultura. "SIFu..." mesmo!! Nos primeiros dias, funcionou. Depois, como tudo que acontece no Brasil de "MENAS" seriedade, virou esculhambação: a carne "certificada" chegava às 11:00hs da manhã em caminhão sem baú térmico e também sem refrigeração. Eu mesmo vi uma entrega com a carne vermelho-escuro, por estar há muito tempo sem resfriamento. Mas isso não é o pior. Hoje, sem a bendita fiscalização e sem a contra-partida para os açogueiros, nossa carne vem dos pastos e moitas existentes no município, ou seja, ficou muito pior: se antes era só uma questão de higiene agora é uma questão de polícia e de vigilância sanitária! Aliás, isso existe no município? No nosso antigo matadouro a rês estava lá e qualquer pessoa podia ver e se informar quem era o "marchante" que iria abatê-la! Menos mal. Agora, vemos as camionetes passarem com os animais esquartejados e colocados em balcões resfriados e tanques de fibra de 500 litros que servem de salgadeiras. Como essa rês foi abatida, onde e por quê, ninguém sabe. Outro dia, em Capim Grosso, encontrei uma equipe da ADAB num restaurante, relatei o fato e ouvi de um deles: "estamos a par da situação". Só isso, até hoje. Como diz o Abner da novela das 7, "tá puxado!!!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário