sábado, 25 de junho de 2011

Cordel Encantado em Mairi!!

Não há como não associar personagens de novela com "atores" da vida real!! Ontem, 24/06, em pleno circuito do São João 2011, ao excelente som da banda Limão Com Mel mas com repertório ridículo, desviei a atenção para as pessoas caricatas do circuito. Primeiro, descobri que se você quiser pegar todos os flagrantes sensacionais, é preciso estar de "bico sêco". Foi o que aconteceu: sentado num canto privilegiado, observei um cidadão da zona rural de Várzea da Roça que é figurinha marcada nas festas populares. Não porque se divirta muito mas pelo porre que dá nas pessoas. Quando está trocando as pernas sai de mesa em mesa literalmente enchendo as medidas das pessoas. Absolutamente inconveniente. E tenta conversar com todos numa insistência irritante. Ontem, até quando observei, apesar de irritadas as pessoas relevaram a atitude do tal sujeito. E estava bem vestido: camisa amarela manga comprida, devidamente  colocada "por dentro" da calça, sapato limpo, mas parou aí. Suas atitudes tiraram o brilho da indumentária. E, observando, me veio à mente no mesmo instante a pergunta: "e se alguém com estopim mais curto acertar um murro no olho são desse moço, como ele fará para, depois de acordar, acertar o caminha de casa?" A pergunta tem respaldo porque nosso ator chato, tem, como diria minha mão D. Matilde, uma "VILIDE" no olho direito. É!! O cara tem catarata no bendito olho que está perdido, todo branco. Daí a minha preocupação em alguém acertar um "Olho de Tandera" no único olho são. Minha referência à novela Cordel Encantado é que, como Capitão Herculano não estava com o resto do bando para protegê-lo, contradigo o ditado popular "em terra de cego quem tem um olho é rei!" e modifico para "em terra de cego quem tem um olho é Zói Furado!!" Né não?

Nenhum comentário:

Postar um comentário